30 de jun de 2011

Caminhão da Itatiaia carregado de móveis tomba entre a Cidade de Cubati e Sossego


Ontem dia 29/06/2011 por volta das 11:00 Hs da manhã, um caminhão baú da Itatiaia que transportava móveis para a cidade de Sossego, Esperança, Nova Floresta, Natal, entre outras cidades tombou entre a cidade de Cubati e Sossego próximo ao sitio Belo Monte, o caminhão vinha de Ubá - Minas Gerais.
O motorista informou que passou mal após tomar um remédio que o mesmo não quis informar qual teria sido esse tal remédio. O motorista ainda disse que quando voltou à tona o caminhão já havia tombado. o prejuízo está avaliado em 30 mil R$. O local atraiu muitos curiosos.

Confira  as fotos:



Sossegonews com Sétima Regional

Agora o pote seca: Cagepa entra em greve segunda feira por tempo indeterminado

Hum mil e 800 funcionários da Cagepa entram e breve na próxima segunda-feira (4),  Dos municípios atendidos pela companhia, apenas João Pessoa não será afetado. 

A categoria reivindica reajuste de 7%,  melhores condições de trabalho e a recuperação da empresa, que segundo a categoria está sucateada.“O objetivo é sensibilizar a opinião pública contra o sucateamento da empresa, a direção da Cagepa e o Governo”, disse Wilton Maia, presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Urbanas da Paraíba (Situp). No último dia 20, os funcionários paralisaram as atividades por 24 horas em forma de protesto.

Dos serviços prestados pela Cagepa, apenas o abastecimento de água não será afetado. Já os serviços de leitura, corte, ligação, vazamento de pequenas proporções e o atendimento comercial ficam sem funcionar. Em relação aos grandes vazamentos, o presidente do Situp informou que uma equipe da Cagepa ficará responsável para solucionar o problema. “Não queremos que ocorra desperdício de água”, disse.

Blog do Tião Lucena

PICUÍ: Agricultora morre vítima do rompimento de uma Variz

Veio a óbito nesta quarta-feira, 29/06/2011 por volta das 10:00hs, a senhora Joselita dos Santos, com 52 anos, filha de João Francisco dos Santos e de Angelina Maria da Conceição, a mesma vivia no sítio Cirugião, zona rural de Picuí. A mesma estava cuidando de seus afazeres domésticos quando começou a passar mal, com uma artéria ou veia rompida (varizes) na perna vindo a jorrar sangue o qual não foi estancado a tempo até a chegada de socorro.

Já era de conhecimento de familiares e amigos que a mesma tinha problemas de circulação nas pernas e que também sempre estava no hospital de Picuí para tratamento, mas infelizmente isso não foi o suficiente para a mesma receber um laudo cadavérico na cidade sendo necessário acionar a Polícia Civil para encaminhar o corpo ao NUMOL de Campina Grande para realização do laudo. Foi dado início ao Exame por volta das 18:00hs, no intuito de agilizar o caso já que a Causa Mortis era visível.

Nas próximas horas o corpo estará na casa de parentes para o funeral.


Clickpicui com Blog da 7ª DRPC Picuí PB

Empresário Saulo Júlio é condenado a pagar mais de 1 Milhão por Ato de Improbidade Administrativa

Ex-prefeito de Barra de Santa Rosa e o Empresário Saulo José de Lima São condenados a pagarem mais de R$ 2 milhões por improbidade administrativa

Dinheiro desviado era para reconstrução de casas de famílias de baixa renda

A Justiça Federal condenou o ex-prefeito de Barra de Santa Rosa (PB) Alberto Nepomuceno e o empresário Saulo José de Lima pela prática de atos de improbidade administrativa. Cada um foi condenado a pagar R$ 1.186,384,62.

A condenação é decorrente de ação proposta pelo Ministério Público Federal em Campina Grande (MPF) por irregularidades na execução e na prestação de contas dos Convênios nº 1988/2001 e nº 427/2001, que foram firmados entre o referido município e o Ministério da Integração Nacional para a reconstrução de unidades habitacionais de famílias de baixa renda.

O valor de condenação de mais de um milhão de reais para cada foi atingida da seguinte forma: ressarcimento do dano causado de R$ 294.825,43, atualizado até 30 de dezembro de 2007, em razão do Convênio nº 1988/2001; pagamento de R$ 298.366,88, atualizado até 31 de agosto de 2006, referente ao Convênio nº 427/2001; e fixação de multa civil equivalente ao valor do dano causado ao erário (a soma dos dois), ou seja, R$ 593.192,31. Ambos tiveram os direitos políticos suspensos por cinco anos e cada um ficou proibido, pelo mesmo prazo, de contratar com o poder público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário.

Na sentença, afirma-se que os Convênios nº 1988/2001 e 427/2001 “não foram cumpridos em sua integralidade em relação ao plano de trabalho original e não atingiram o seu objeto, mas o município de Barra de Santa Rosa (PB) efetuou os pagamentos dos valores contratados, o que caracteriza a realização de pagamento antecipado”. Além disso, que é evidente a fraude à licitude dos procedimentos licitatórios (Carta-Convite nº 013/2002 e Carta-Convite nº 016/2002), já que as empresas vencedoras eram representadas pela mesma pessoa, isto é, o réu Saulo José de Lima.

A decisão foi proferida em 22 de junho de 2011, pela 4º Vara da Justiça Federal. É possível consultá-la através do endereço http://www.jfpb.jus.br, bastando, para tanto, colocar o número da ação (0003798-13.2009.4.05.8201). Alberto Nepomuceno e Saulo José de Lima também foram condenados, em 18 de março de 2011, na ação de improbidade administrativa nº 0000740-36.2008.4.05.8201, igualmente de autoria do MPF.

Tomada de contas especial

No Relatório de Tomada de Contas Especial nº 70/2007, referente ao Convênio nº 1988/2001, e no Relatório de Tomada de Contas Especial nº 041/2006, relativo ao Convênio nº 427/2001, consta que a conclusão do Relatório de Avaliação Final – RAF/MI, elaborado pela Caixa Econômica Federal, foi no sentido de que o percentual executado do objeto foi de 0,00% e que as metas não alcançaram o benefício social esperado.

Em razão disso, o ex-prefeito de Barra de Santa Rosa (PB) foi inscrito na conta Diversos Responsáveis Apurados no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) nos valores de R$ 294.825,43, atualizado até 30 de dezembro de 2007, e de R$ 298.366,88, atualizado até 31 de agosto de 2006.

Da Assessoria

Disponível no maispb.com.br

Caso de paraibano morto pelos próprios cães é notícia na Folha de S. Paulo

O corpo do vendedor autônomo Wesley Correia Simões, 40, que morreu após ser atacado pelos próprios cães da raça pitbull, foi enterrado na manhã desta quinta-feira (30), em João Pessoa (PB).

Simões morreu na tarde de ontem, no Hospital de Emergência de Trauma, após passar por diversos procedimentos cirúrgicos. O Centro de Zoonoses de João Pessoa espera autorização da família da vítima para decidir o destino dos cachorros, mas a família já declarou que o casal de cães não será sacrificado.

O ataque aconteceu na manhã da terça-feira (28), quando Wesley Simões voltava de uma festa alcoolizado e pulou o muro da casa, após esquecer as chaves. O casal de pitbulls não reconheceu o dono e o atacou por cerca de 20 minutos.

A ação dos cães só foi interrompida quando vizinhos da vítima escutaram gritos e tentaram conter os animais. Sem êxito, eles acionaram os bombeiros, que precisaram de dez homens para resgatar o dono dos cães.

Carnes e fogos de artifício foram utilizados no resgate do proprietário, que, após o ataque, foi retirado inconsciente do jardim da casa, no bairro de Jaguaribe, na região central de João Pessoa. Bombeiros e vizinhos levaram cerca de duas para resgatar o homem de dentro da casa.
O proprietário dos cães passou cerca de 24 horas internado em estado grave e foi submetido a diversas cirurgias, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. Simões chegou a ter uma das bochechas arrancadas durante o ataque.

Vizinhos relataram que este é o terceiro registro de ataque dos cães, mas o primeiro ao dono. Em outras duas ocasiões, os cachorros teriam frustrado uma ação de assaltantes que tentavam invadir a residência.

Da Folha de São Paulo

JUNINA FILHOS DE PEDRA 2011

Junina Filhos de Pedra 2011

Desde outubro de 2010 a coordenação da Quadrilha Filhos de Pedra se organiza e traça os planos para o projeto 2011, depois de uma série de conquistas importantes no ano passado, bastava agora saber o que fazer para superar o sucesso do ano anterior?

Depois de muitas reuniões, papéis riscados e planos desfeitos, chegamos a um consenso, apoiando-se na temática desenvolvida por Helder Cordeiro decidimos homenagear as mulheres. Homenagem essa feita não apenas para exaltar a figura feminina, mas sim, para mostrar o seu desenvolvimento histórico, seu crescimento dentro da sociedade e a sua importância para o desenvolvimento do mundo atual.

Assim chegou em 2011 o tema da Junina Filhos de Pedra: “És filho da vida, pedra do amor, na batida do meu coração, surge a linda flor do sertão. És tu MULHER rainha do nosso São João”. A parti da definição desse tema começamos a trabalhar dentro coreografia, cenário, figurino, adereços, encenação teatral, etc.

É com muito orgulho que dizemos “deu certo”, alcançamos nossos objetivos, estreamos na nossa cidade fizemos um lindo espetáculo e partimos para os concursos cheios de esperança que tivéssemos resultados positivos, e tivemos.

Participando a oito anos consecutivos pela primeira vez na história ganhamos o Concurso de Quadrilhas de Cubati que está na sua 11ª edição, ainda levamos os prêmios individuais de Melhor Marcador, Melhor Rainha e Melhor Noiva. Já não bastasse tanta euforia, conseguimos manter o título de campeã Regional representando o CCS (Cariri, Curimataú e Seridó), agora já somos a Bi-campeã Regional. Então pela segunda vez vamos ao campeonato paraibano de quadrilhas representar não mais Pedra Lavrada, mas, sim nossa região.

Esse ano o paraibano de Quadrilhas aconteceu em Guarabira e as apresentações foram dividas em dois dias (25 e 26 de junho) onde estavam presentes apenas as campeãs das oito eliminatórias regionais que ocorreram em toda a Paraíba, totalizando treze quadrilhas concorrentes. Filhos de Pedra dançou no dia 26 e foi a primeira a se apresentar na noite, fomos bem aplaudidos e devido a distancia voltamos para casa antes mesmo de saber o resultado. Ainda dentro do ônibus recebemos o telefonema de Pacelly Vinícius representante da nossa região junto a Federação Paraibana comunicando o resultado: Filhos de Pedra é a 6ª melhor quadrilha da Paraíba. Para gente foi um orgulho grande ter chegado tão longe, disputar entre as maiores da Paraíba e ficar nessa colocação, isso, nos faz lembrar a história de Davi x Golias, uma pequena quadrilha se destacando no meio das gigantes é um orgulho para nossa cidade e para nossa região.

Só nos resta agora agradecer a todos que fizeram esse sonho se tornar possível, aos nossos dançarinos, equipe de apoio, coordenação, patrocinadores, comunidade lavradense em geral. Deixar nosso carinho especial a nossa equipe de produção e dizer que temos orgulho em saber que tudo que foi feito dentro de Filhos de Pedra foi produzido por artista da nossa cidade: nossas costureiras: Duluz, Guia, Socorro, Tânia e Kinquinha, João sapateiro, Davi da metalurgia, Alex pintor e seus ajudantes Marquinhos e Vigário, Alexandre e Júnior que fizeram todos os nosso adereços e Anderson Eliziário compositor da nossa música tema “Eu sou o teu filho”.

Obrigado a todos pelo carinho que sempre tiveram com os Filhos de Pedra, fizemos o nosso melhor e temos a certeza que nossa cidade e nossa região foi bem representada, ainda temos o concurso de Picuí e de Juazeirinho para participar e esperamos também obter êxito nos mesmos. Um abraço especial a todos que fazem a família Filhos de Pedra, terminamos esse texto com uma frase que já virou o nosso lema: “A dança é uma arte que sempre deve ser valorizada, somos filhos da vida, somos filho da arte, somos FILHOS DE PEDRA”.


Coordenação da Quadrilha Filhos de Pedra: Priscila Dias, Helder Cordeiro, Everaldo Mendes, Alexandre Gomes e Jean Lucena. 


STJD declara o Treze como campeão do Campeonato Paraibano 2011


O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) declarou na tarde desta quinta-feira (30) o encerramento do Campeonato Paraibano 2011.
De acordo com a decisão do STJD, todas as partidas do Campeonato estão validadas, inclusive a realizada no dia 8 de maio.
Confira a decisão na íntegra:



POR UNANIMIDADE DE VOTOS, DECLARADA A PERDA DO OBJETO DO PROCESSO 36/2011, E PROIBIDA A REALIZAÇÃO DE OUTRAS PARTIDAS ALÉM DAS JÁ REALIZADAS NO CAMPEONATO PARAIBANO; VALIDAR TODAS AS PARTIDAS REALIZADAS, INCLUSIVE A DO DIA 8 DE MAIO, ENTRE TREZE E CAMPINENSE, DECLARANDO ENCERRADO O CAMPEONATO PARAIBANO DE 2011. AINDA DETERMINA QUE A FEDERAÇÃO PARAIBANA DE FUTEBOL PROCLAME O CAMPEÃO COM BASE NESTES JOGOS, OU SEJA, O TREZE.
O PROCESSO 51/2011 FOI DECLARADO PREJUDICADO E ARQUIVADO. POR FIM FOI DETERMINADO QUE O PRESIDENTE DO TJD/PB REMETA TODOS OS PROCESSOS MENCIONADOS PARA O STJD EM 48 HORAS, A PARTIR DA INTIMAÇÃO DA SECRETARIA, SOB PENA DE DESOBEDIÊNCIA.

ClickPB

Cícero Lucena vai responder à ação penal

O Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou, nesta quinta-feira (30), denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra o senador Cícero Lucena (PSDB-PB), atual primeiro-secretário do Senado. Com a aceitação da denúncia, o inquérito será transformado em ação penal, e Lucena passará a ser réu no processo.


Lucena é apontado pelo Ministério Público Federal como responsável por fraude em licitações de obras conveniadas entre a Prefeitura de João Pessoa e órgãos federais. As supostas fraudes teriam ocorrido no período em que Lucena foi prefeito de João Pessoa, entre 1997 e 2004. 


O G1 entrou em contato com o gabinete de Lucena e com a Primeira Secretaria do Senado e aguarda resposta.


A denúncia cita uma "possível organização criminosa" constituída para praticar fraudes nas licitações, superfaturamento na execução das obras, “sobrepreço” praticado nos serviços contratados, alterações no contrato de obras com prejuízo ao objeto do convênio, pagamento por serviços não realizados e pagamentos em duplicidade de diversos serviços, desviando verbas públicas.

Do G1

29 de jun de 2011

Senado aprova perda de mandato para quem deixar partido; decisão atinge Rômulo e PSD

O Senado aprovou nesta quarta-feira (28), dentro da reforma política, a perda de mandato para políticos que deixarem o partido com o objetivo de fundarem uma nova sigla.

A decisão pode atingir políticos paraibanos que já sinalizaram saída de seus partidos e ingresso e até mesmo fundação de uma nova legenda, como por exemplo, o vice-governador Rômulo Gouveia, a vereadora de João Pessoa Raíssa Lacerda e o deputado estadual, Manoel Ludgério que já declararam a migração para o novo partido político fundado pelo prefeito de São Paulo Gilberto Kassab, o PSD (Partido Social Democrata).

Para a vereadora Raíssa Lacerda, a decisão do Senado não a atinge: “É um terrorismo emcima de um partido novo que está em ascensão, estão criando factóides. Somos protegidos por uma resolução do TSE. O PSD está incomodando muito”.

O advogado da vereadora, Roberto Aquino falou sobre a decisão e afirma que ela não atinge a lei de fidelidade partidária: “O partido não pode acioná-los na Justiça , não fere a lei de fidelidade partidária. Esta decisão talvez funcione apenas em 2012. O político tem o prazo de 30 dias após a criação do partido para migrar para a nova legenda, caso exceda esse prazo, aí sim o partido pode cobrar”.
Se a regra for mantida pela Câmara, os detentores de cargos eletivos que se desfiliarem para incorporar ou fundir o partido, assim como criarem uma nova sigla, vão automaticamente perder os mandatos para os quais foram eleitos.

O projeto foi aprovado em caráter terminativo pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, por isso não precisa passar pela análise do plenário da Casa --segue diretamente para a Câmara se não houver apresentação de recurso que leve a votação ao plenário.

O texto estabelece a fidelidade partidária, já em vigor no país, mas inclui como uma das "justas causas" para a perda do mandato a mudança de sigla para a criação de um novo partido. Também estão entre os motivos que permitem a perda de mandato a incorporação ou fusão do partido, a mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário e grave discriminação pessoal.

Autor do destaque com a mudança, o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) disse não ver motivos para a criação de novas siglas, por isso a punição deve ser a perda do mandato. "Com tantos partidos, não há razão de se criar uma nova motivação para alguém que for eleito."

Relator do projeto na CCJ, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) disse que o texto incorpora à lei dos partidos políticos a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) de que os mandatos eletivos pertencem aos partidos --por isso eles têm o direito de preservar as vagas quando houver o cancelamento da filiação ou a transferência para outra sigla.

"A permanência do parlamentar no partido pelo qual se elegeu é imprescindível para a manutenção da representação partidária do próprio mandato, com exceção de circunstâncias que configuram justa causa para a desfiliação", afirmou.

Eunício tentou aprovar emenda para permitir a transferência do candidato para outro partido que integrou a sua coligação nas eleições, mas a mudança não teve o apoio da maioria dos integrantes da comissão.

Entenda a resolução TSE n. 22.610/2007

O TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL, no uso das atribuições que lhe confere o art. 23, XVIII, do Código Eleitoral, e na observância do que decidiu o Supremo Tribunal Federal nos Mandados de Segurança nº 26.602, 26.603 e 26.604, resolve disciplinar o processo de perda de cargo eletivo, bem como de justificação de desfiliação partidária, nos termos seguintes:

Art. 1º - O partido político interessado pode pedir, perante a Justiça Eleitoral, a decretação da perda de cargo eletivo em decorrência de desfiliação partidária sem justa causa.

§ 1º - Considera-se justa causa:

I) incorporação ou fusão do partido;

II) criação de novo partido;

III) mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário;

IV) grave discriminação pessoal.

§ 2º - Quando o partido político não formular o pedido dentro de 30 (trinta) dias da desfiliação, pode fazê-lo, em nome próprio, nos 30 (trinta) subseqüentes, quem tenha interesse jurídico ou o Ministério Público eleitoral.

§ 3º - O mandatário que se desfiliou ou pretenda desfiliar-se pode pedir a declaração da existência de justa causa, fazendo citar o partido, na forma desta Resolução.

Art. 2º - O Tribunal Superior Eleitoral é competente para processar e julgar pedido relativo a mandato federal; nos demais casos, é competente o tribunal eleitoral do respectivo estado.

Art. 3º - Na inicial, expondo o fundamento do pedido, o requerente juntará prova documental da desfiliação, podendo arrolar testemunhas, até o máximo de 3 (três), e requerer, justificadamente, outras provas, inclusive requisição de documentos em poder de terceiros ou de repartições públicas.

Art. 4º - O mandatário que se desfiliou e o eventual partido em que esteja inscrito serão citados para responder no prazo de 5 (cinco) dias, contados do ato da citação.

Parágrafo único - Do mandado constará expressa advertência de que, em caso de revelia, se presumirão verdadeiros os fatos afirmados na inicial.

Art. 5º - Na resposta, o requerido juntará prova documental, podendo arrolar testemunhas, até o máximo de 3 (três), e requerer, justificadamente, outras provas, inclusive requisição de documentos em poder de terceiros ou de repartições públicas.

Art. 6º - Decorrido o prazo de resposta, o tribunal ouvirá, em 48 (quarenta e oito) horas, o representante do Ministério Público, quando não seja requerente, e, em seguida, julgará o pedido, em não havendo necessidade de dilação probatória.

Art. 7º - Havendo necessidade de provas, deferi-las-á o Relator, designando o 5º (quinto) dia útil subseqüente para, em única assentada, tomar depoimentos pessoais e inquirir testemunhas, as quais serão trazidas pela parte que as arrolou.

Parágrafo único - Declarando encerrada a instrução, o Relator intimará as partes e o representante do Ministério Público, para apresentarem, no prazo comum de 48 (quarenta e oito) horas, alegações finais por escrito.

Art. 8º - Incumbe aos requeridos o ônus da prova de fato extintivo, impeditivo ou modificativo da eficácia do pedido.

Art. 9º - Para o julgamento, antecipado ou não, o Relator preparará voto e pedirá inclusão do processo na pauta da sessão seguinte, observada a antecedência de 48 (quarenta e oito) horas. É facultada a sustentação oral por 15 (quinze) minutos.

Art. 10 - Julgando procedente o pedido, o tribunal decretará a perda do cargo, comunicando a decisão ao presidente do órgão legislativo competente para que emposse, conforme o caso, o suplente ou o vice, no prazo de 10 (dez) dias.

Art. 11 - São irrecorríveis as decisões interlocutórias do Relator, as quais poderão ser revistas no julgamento final. Do acórdão caberá, no prazo de 48 (quarenta e oito) horas, apenas pedido de reconsideração, sem efeito suspensivo.

Art. 12 - O processo de que trata esta Resolução será observado pelos tribunais regionais eleitorais e terá preferência, devendo encerrar-se no prazo de 60 (sessenta) dias.

Art. 13 - Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, aplicando-se apenas às desfiliações consumadas após 27 (vinte e sete) de março deste ano, quanto a mandatários eleitos pelo sistema proporcional, e, após 16 (dezesseis) de outubro corrente, quanto a eleitos pelo sistema majoritário.
Parágrafo único - Para os casos anteriores, o prazo previsto no art. 1º, § 2º, conta-se a partir do início de vigência desta Resolução.

Marco Aurélio - Presidente. Cezar Peluso - Relator. Carlos Ayres Britto. José Delgado. Ari Pargendler. Caputo Bastos. Marcelo Ribeiro.

Brasília, 25 de outubro de 2007.

Portal Correio

Saiba origem de ‘criatura’ que assombrou internet

Ultimamente tem corrido a internet uma notícia dando conta da descoberta de uma criatura que poderia ser filho de inseto com humano. Texto e foto, divulgados por um portal de notícias do Ceará, foi replicado em vários sites do País, inclusive o Portal Correio.
Na matéria, o portal garante que a ‘criatura’ foi descoberta na cidade de Brejo Santo, interior do Ceará.
Na realidade, os dados foram retirados de uma notícia que já havia circulado pelo País em 2008 (veja ilustração do google), retirada de sites árabes.

Mas na verdade o que seria essa criatura que parece ser filho de um inseto com um humano?
A resposta é simples: trata-se de um boneco feito a partir de um fóssil de macaco com um peixe, cuja face foi devidamente moldado com massa para se assemelhar as feições humanas.
Veja a matéria noticiada pelo site cearense:
"Foi encontrada na cidade de Brejo Santo, Ceará, uma criatura que deixou todos os moradores espantados. O ser, que parece uma mistura de humano com algum inseto, foi encontrado no sítio dos pequenos agricultores, Raimundo e Maria Augusta. Ao avistarem a criatura, ligaram para a Polícia Ambiental."
Em nota oficial, divulgada à imprensa, o reitor da universidade informou o seguinte: ´Não sabemos direito o que este ser é ou representa. Aparentemente é resultado de uma relação sexual entre um humano, e um inseto. Pode parecer constrangedor, mas isto ocorreu no nosso estado.
Portal Correio

PODE? No governo, Serra pediu ajuda aos EUA contra PCC


Novos documentos coletados pelo Wikileaks foram divulgados pela agência A Pública na madrugada desta quarta-feira (29). Segundo o material veiculado, o ex-governador de São Paulo José Serra teria pedido ajuda aos Estados Unidos para lidar com "facção criminosa", que vinha promovendo ataques terroristas nas redes de metrô e trens.
Assim que assumiu o governo do Estado, em janeiro de 2007, Serra, segundo os documentos do Wikileaks, procurou o embaixador dos Estados Unidos no Brasil Clifford M. Sobel para pedir orientações sobre como lidar com os ataques, à época atribuídos ao Primeiro Comando da Capital (PCC). Ainda conforme o material coletado, Serra demonstrou muita preocupação com o desenvolvimento do PCC nas cadeias paulistas.
O encontro foi o primeiro de uma série em que Serra buscou parcerias na área de segurança pública, negociando diretamente com o Consulado Geral dos Estados Unidos, em São Paulo, sem comunicar ao governo federal, conforme apontam os relatórios enviados à época pela representação diplomática a Washington, e divulgados agora pela agência A Pública, em parceria com o grupo Wikileaks.
Após tomar posse como governador, a primeira reunião de Serra com representantes dos Estados Unidos, realizada em 10 de janeiro de 2007, é descrita em detalhes em um relatório no dia 17:
"Na conversa, que durou mais de uma hora, Serra apontou a segurança pública como prioridade de seu governo, em especial na malha de transporte público, disse o Estado 'precisava mais de tecnologia do que de dinheiro' para combater o crime e indagou sobre a possibilidade de o DHS (Departament of Homeland Security) treinar o pessoal da rede de metrô e trens metropolitanos para enfrentar ataques e ameaças de bombas", relata Pública/Wikileaks.
Semanas antes, três bombas haviam explodido, afetando o sistema de trens, conforme noticiado à época.
Em 23 de dezembro de 2006, um artefato explodiu próximo da estação Ana Rosa do Metrô. No dia 25, outra bomba explodiu dentro de um trem da CPTM na estação Itapevi, matando uma pessoa, e uma segunda bomba foi encontrada e levada para um quartel. Em 2 de janeiro de 2007, um sargento da Polícia Militar morreu tentando desarmar o dispositivo.
O documento diplomático dizia: "Membros do governo (de São Paulo) acreditam que o Primeiro Comando da Capital (PCC) pode ser o responsável pelos episódios recentes".

TERRA

Preso acusado da morte de Luciana de Oliveira Silva; O Nego de Zé Borges

Após um ano e um mês foragido, Nego de Zé Borges é preso pela polícia civil de Picuí, por ter ceifado a vida de Luciana de Oliveira Silva próximo a igreja Matriz de Cuité/PB.

Policiais civis da 7ª Delegacia Regional de Picui-PB, sob o comando do Delegado Regional JOÃO JOALDO FERREIRA, na cidade de Natal-RN, efetuaram na noite desta terça-feira(28.06.2011), por volta das 19:30 horas , a prisão do réu ADEILDO MESSIAS DOS SANTOS DE ASSUNÇÃO, de 39 anos de idade, conhecido por NEGO de Zé Borges, foragido da Justiça da Comarca de Cuité-PB, acusado de ter assassinado a jovem LUCIANA DE OLIVEIRA SILVA, com 23 anos de idade, crime ocorrido no dia 26.05.2010, por volta das 21:00 horas ao lado da Igreja Matriz de Cuité-PB, cuja vítima foi alvejada por um tiro na cabeça na presença de duas crianças de oito e sete anos de idade. O crime ocorreu pelo fato da vítima ter posto fim ao relacionamento amoroso. Na época, o homicídio causou comoção e revolta popular naquela cidade.

Durante as buscas pelo acusado na cidade de Natal, São Gonçalo do Amarante, Riachuello todas no Estado do Rio Grande do Norte foi realizado diligências em várias localidades em que a setimaregional por meio de telefonemas e denuncias deixadas no blog apontavam pontos em que o mesmo trabalhava entre Pedreiras, zona rural, área metropolitana de Natal. Foram duas viagens feitas até aquela localidade; mapeado zonas onde o mesmo tinha familiares, onde tinha trabalhado, nomes que já há utilizado a exemplo de Alex, Antonio, Fernando e o próprio apelido Nego. Nesta última investida havíamos recebido informes de que o mesmo estava vendendo milho nas redondezas de casa de familiares, aproveitando os festejos juninos.
A prisão foi realizada na feira pública do Carrasco, onde o mesmo sem perceber começava a vender milho para um policial disfarçado, quando os demais se aproximaram foi dado voz de prisão, o qual não reagiu. Após a sua prisão o mesmo foi conduzido para cidade de Cuité na Paraíba, onde ficará aguardando julgamento na cadeia pública de cuité/PB.

A revolta era tanta que populares ficaram sabendo da prisão do mesmo e já esperavam o carro da polícia passar pela cidade de Jaçanã, afim de poder ver ou fazer algo contra o Nego de Zé Borges, sendo necessário se deslocar com mais velocidade até Cuité onde o delegado Regional solicitou apoio da Companhia de Cuité para poder realizar o exame de corpo delito no Hospital daquela cidade, pois havia várias motos seguindo o carro e poderiam atentar contra a vida do réu.

Participaram da operação os Comissários de Polícia: Franklin Basilio, Luiz Xavier, Vernaldo e Gilvan Fernandes, sob o comando direto do delegado Regional João Joaldo Ferreira.


Clickpicui com 7ª DRPC Picui PB

AGORA: homicídio em Picuí

Veio a óbito a caminho do hospital em Campina Grande, o senhor BENEDITO JOSÉ DA SILVA, mas conhecido por Galego de Nayara, residente na rua José Rosendo de Oliveira, 407- Limeira- Picuí/ PB, com 32 anos, filho de Manoel José da Silva e de Benedita Maria da Silva, natural de União dos Palmares-PB, o qual na noite desta terça-feira, 28/06/2011, foi alvejado por disparos de arma de fogo após uma emboscada realizada por um adolescente, o qual em outra oportunidade já havia tentado tirar a vida de seu próprio irmão com uma facada nos peitos no bairro Limeira.




Galego de Nayara
Segundo testemunhas o acusado o chamou para conversar num local próximo a casa da vítima numa área escura dizendo que estava fugindo da polícia, quando a vítima se aproximou o acusado disparou vários tiros contra Benedito, o qual foi socorrido para o hospital de Picuí e levado as pressas para Campina grande mas não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho.

Segundo as primeiras informações tanto a vítima como o acusado eram envolvidos com drogas e poderia ter partido dai alguma desavença que os mesmos tinham.

Foi expedido o Exame Cadavérico para constatar quantos disparos o mesmo levou e as causas da morte.


Clickpicui com 7ª DRPC Picui PB

Wilson Santiago diz não estar preocupado com situação de Cássio e critica governador

O senador afirmou também que vai ajudar a administração de Carlos Rafael em CZ e do Governo do Estado. Veja vídeo!Wilson Santiago, senador da república da PB.

O senador sertanejo, Wilson Santiago (PMDB), declarou nesta terça-feira (28), que cumpre seu mandato sem se preocupar com situação jurídica de ninguém, se referido ao ex-governador Cássio Cunha Lima, que travou uma verdadeira batalha jurídica para assumir o cargo, desde o início deste ano.

“Eu faço meu trabalho sem levar em conta situação jurídica de ninguém”. Disse o senador
Santiago afirmou que não está preocupado com o caso, pois, são poucos os políticos da Paraíba que não respondem ou esperam alguma decisão judicial e ele está nesta seleta lista.

“Meu compromisso é com o povo. É retribuir com trabalho a votação que recebi dos paraibanos" afimou Santiago.

Governo Ricardo

Quanto à administração de Ricardo Coutinho (PSB), Santiago disse que o governador tem colecionado erros. “Ele errou principalmente quando mexeu com as pessoas, pois temos que trabalhar na política tentando acomodar as pessoas e não mexendo com elas”, frisou.

Santiago informou que ajudou Ricardo Coutinho na administração municipal de João Pessoa, quando assumia o cargo de Deputado Federal e vai ajudá-lo agora também, porque sua missão é trabalhar em favor da Paraíba, independente de quem seja o governador.

Novo prefeito de Cajazeiras

O senador revelou que já conversou com o prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael (PTB) e reafirmar seu compromisso com a cidade.

“Vou ajudar o prefeito de Cajazeiras no que eu puder. Ajudaria qualquer gestor da cidade e ajudarei Rafael também, até porque ele é um aliado nosso”, frisou o peemedebista.

Estradas

Ele lembrou ainda, da construção da BR, que interliga a cidade de Uiraúna a Poço Dantas, informando que a obra está bastante avançada e os recursos estão garantidos para conclusão dessa importante obra para os sertanejos, podendo ser inaugurada no final deste ano.

Veja o vídeo!






Diário do Sertão

Cumprir metas do PNE vai custar R$ 17,6 bi aos municípios

A CNM (Confederação Nacional dos Municípios ) apresentou estudo hoje (27) sobre o impacto financeiro do PNE (Plano Nacional de Educação) nas contas municipais. De acordo com a entidade, os municípios teriam de investir R$ 17,6 bilhões de um total de R$ 52 bilhões previstos. O Fundeb (Fundo de Desenvolvimento e Manutenção da Educação Básica), que é composto também por verbas da União e dos estados, cobriria os 66% restantes. O cálculo é feito considerando-se apenas as metas relacionadas à ampliação do atendimento escolar.
O novo PNE estabelece 20 metas educacionais que o país deverá atingir na próxima década. O documento está em tramitação na Câmara dos Deputados.
O PNE prevê que até 2020 50% das crianças com menos de 3 anos de idade sejam atendidas em creche. Hoje, esse percentual não chega a 20%. Os municípios precisariam investir R$ 9,9 bilhões para cumprir a meta. O plano também estabelece que a matrícula na pré-escola, para crianças de 4 e 5 anos, seja universalizada até 2020. isso significa, segundo a CNM, incluir mais 1 milhão de alunos na rede de ensino, com custo adicional de R$ 700 milhões às prefeituras, além da complementação do Fundeb.
Outra mudança prevista no plano é a de que 50% das escolas do ensino fundamental ofereçam ensino em tempo integral. A ampliação da jornada, modelo que hoje atende aproximadamente 10% dos alunos das redes municipais, teria um custo de R$ 30,9 bilhões, com participação de R$ 7 bilhões dos municípios.
A entidade defende um aumento da participação da União no financiamento da educação básica, pois hoje a maior parte das despesas é custeadas por estados e municípios. Para isso, apresentou emendas ao projeto de lei do PNE que está em análise por uma comissão especial da Câmara. A matéria recebeu quase 3 mil emendas. A previsão é que o texto seja aprovado na até novembro, para então seguir ao Senado.
Agência Brasil com UOL

ACIDENTE: 4 pessoas ficam feridas em colisão no Sertão

Uma das vítimas

Um grave acidente aconteceu por volta das 19h desta terça-feira (28) na BR-230, entre Marizópolis, e o Distrito de São Gonçalo, deixando três pessoas gravemente feridas e uma presa nas ferragens do veículo. 
Um Fiat, na cor branca, com placa MNW 8374, de Marizópolis, colidiu frontalmente, com um Vectra, de placa KIB 0160 de João Pessoa.

Colisão (Foto: Folha do Sertã)Entre as vítimas deste acidente, estava uma senhora presa nas ferragens com fratura exposta na perna. Ela era uma das passageiras do Fiat, felizmente o Corpo de Bombeiros agiu rapidamente e conseguiu tirá-la do veículo.
Ainda ficaram feridas mais duas pessoas, que apresentavam fortes pancadas pelo corpo, e na cabeça, inclusive o Motorista do Vecta.
As vítimas foram socorridas para o Hospital Regional de Sousa.
As primeiras informações dão conta que o proprietário do Vecta é taxista, natural de Marizópolis, mas reside atualmente em João Pessoa. Também os ocupantes do Fiat são todos moradores de Marizópolis.
Ainda não se sabe ao certo, o que ocasionou o incidente frontal.
Folha do Sertão