24 de mai de 2012

Cagepa entra em greve na próxima terça-feira e serviços estarão suspensos; saiba mais


Os trabalhadores da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) paralisam suas atividades a partir da próxima terça-feira (29). A decisão foi tomada pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas da Paraíba (Stiupb) após fracasso em três tentativas de negociação.


Com a greve vários serviços prestados pela empresa serão suspensos, entre os quais, leitura, corte, religação, instalação de hidrômetro, atendimento comercial e os serviços administrativos. Irão funcionar só os serviços essenciais à população como o reparo em vazamentos nas redes de distribuição de água.


Entre os principais pontos reivindicados pelo Stiupb estão à contratação imediata dos concursados, melhores condições de trabalho, ações contra o sucateamento terceirização e privatização, autonomia política administrativa e financeira da Cagepa, melhoria nos serviços prestados aos paraibanos, além de um reajuste de 15% nos salários e a elevação do ticket alimentação dos atuais R$525 para 650 reais.


O presidente do Stiupb, professor Wilton Maia Velez, afirmou que a diretoria da Cagepa vem fazendo uma verdadeira palhaçada com a categoria, visto que, o acordo coletivo está em negociação com propostas claras e concretas e, em três oportunidades marcadas para que os diretores da empresa comparecessem a Delegacia Regional do Trabalho (DRT) para selar a negociação foi enviado apenas um representante jurídico sem nenhum poder de negociação.


"Isto que está acontecendo é um puro desrespeito a categoria e a sociedade e, a arma que temos neste momento é a greve, por isso estamos mostrando a população os motivos pelos quais estamos tomando esta decisão de forma muito clara, pra que ela seja nossa parceira nesta luta", concluiu Wilton maia.


Stiupb/vozdepedra

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.