3 de jun de 2012

Quem rouba é...

Por Roberto Solon
Estamos vivendo tempos estranhos.


Está difícil até para definir quantos gêneros existem na espécie humana. Até conceitos que antes eram inquestionáveis como ser homem ou mulher, estão plenamente desatualizados e não condizem com a realidade da sociedade contemporânea.


Tendo isso em vista, apresentarei a seguir, algumas Situações-Problemas para tentarmos elaborar algumas definições para nos auxiliar e orientar nesse novo e moderno mundo.




Sigam-me os bons!


Funcionário que leva merenda escolar para sua casa é...


- Quem dirige carros é motorista.


Quem abastece seu carro com autorizações de órgão público para viagem particular é...


- Quem dá aulas é professor.


Quem leva computador de órgão público para sua casa para fazer atividades de cunho pessoal e não devolve mais é...


- Quem dança é dançarino.


Quem leva material escolar(de escola pública ou secretaria de educação) para seu usufruto e de seus amigos e familiares para atividades não relacionadas à prática escolar daquela instituição é...


- Quem ama é amoroso.


Quem usa veículo público ou a serviço de órgão público em viagem particular é...


- Quem tem paixão é apaixonado.


Quem vende a coisa pública e usa o dinheiro para proveito próprio (ou para os ‘seus’) é...


- Quem tem moral é ‘moral’.


Quem usa o dinheiro público para financiar viagens particulares é...


- Quem viaja é viajante.


Funcionário público que contrata uma banda para uma festa pública e recebe uma comissão (10 ou 20%) é...


- Quem reza é rezador.


Funcionário público que contrata uma banda para atender ao pedido de um árbitro de futebol, onde esse irá apitar um jogo do time desse mesmo funcionário é...


- Quem dá coco é coqueiro.


Quem compra apoio político com dinheiro público é corrupto e...


- Quem mente é mentiroso.
- Quem rouba é ladrão.
- Quem canta é cantador.
- Quem conta é contador.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.