12 de jul. de 2012

Descontente com baixo salário, jovem põe veneno em café de empresa

Funcionários passaram mal e foram parar no hospital por causa do veneno



Pelo menos dez funcionários de uma confecção de enxovais de Santa Bárbara d'Oeste (a 138 km de São Paulo) passaram mal e foram parar no hospital na manhã desta quarta-feira (11) depois de tomarem café com veneno de rato. Segundo a polícia, um adolescente de 17 anos que trabalha na empresa há cinco meses confessou que colocou o veneno na garrafa térmica como forma de vingança. Ninguém corre risco de morte.


De acordo com o escrivão Alef de Jesus, o jovem, que não pode ter o nome revelado por ser menor de idade, contou que queria assustar o dono da empresa porque recebeu um salário mais baixo este mês.


“Ele alegou que faltou alguns dias ao trabalho, e por isso seu ordenado foi muito baixo. Decidiu colocar veneno na garrafa térmica para se vingar dos chefes, mas a ideia deu errado. Todas as pessoas que tomaram o café que estava na garrafa envenenada passaram mal”, afirmou o escrivão.


“Ele disse que ficou com raiva porque outros funcionários também faltaram nos mesmo dias, mas receberam mais que ele. Ele teria recebido pouco porque não é querido pelo chefe", disse ainda o escrivão.


As vítimas foram levadas para o Hospital Afonso Ramos, onde passaram por exames e foram medicadas. O escrivão não soube informar se o dono da confecção está entre os que tomaram o café.


O adolescente já prestou depoimento no 2º Distrito Policial da cidade, onde o caso foi registrado, e será encaminhado à promotoria, que decidirá seu destino. Ele pode ser indiciado por tentativa de homicídio. Procurado, o responsável pela empresa não foi encontrado.




Uol

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.