28 de jul. de 2012

Funcionário de hotel rouba Rolex de R$ 30 mil de Michel Teló

Um homem foi preso acusado de furtar um relógio da marca Rolex que o cantor Michel Teló esquecera em um hotel de Marabá, no sudeste do Pará.



Um homem foi preso acusado de furtar um relógio da marca Rolex que o cantor Michel Teló esquecera em um hotel de Marabá, no sudeste do Pará. A Polícia Civil avaliou o relógio em aproximadamente R$ 30 mil e disse já tê-lo enviado de volta à assessoria do cantor.


Uma equipe de agentes foi ao local e identificou um funcionário da lavanderia do hotel como o autor do crime. O homem, segundo a polícia, encontrou o relógio perdido em meio à roupa de cama utilizada pelo cantor e o subtraiu.


"O relógio foi encontrado na casa dele, escondido dentro de uma mala. Ele recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante por furto qualificado", informou o delegado Thiago Rodrigues. O delegado afirmou que depois de descobrir o nome do empregado, a polícia esperou para ver se ele se apresentaria espontaneamente, o que não aconteceu.


O funcionário trabalhava havia um ano e oito meses na empresa. Empregados do hotel ouvidos pela equipe policial afirmaram que ele sempre agira de forma correta. De acordo com a polícia, o acusado disse não imaginar que o relógio tivesse valor tão alto e que pensou que ninguém fosse perceber o sumiço.


A reportagem encontrou em contato com a assessoria do cantor, mas não obteve resposta até a publicação deste texto. Procurada, a gerência do hotel preferiu não se manifestar.


Esta não foi a primeira vez que o cantor foi furtado. Sua equipe teve valores subtraídos em março, na Espanha, segundo um jornal local.


UOL

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.