1 de jul de 2012

OXENTE: Gervasinho alega motivos financeiros e desiste de ser vice de Maranhão


Depois de realizadas as convenções que definiram o quadro político para as eleições de outubro, um fato novo muda o rumo da campanha para a Prefeitura de João Pessoa.
Por volta das 21h00 deste sábado, 30, o deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB) confirmou que desistiu de concorrer às eleições como vice-candidato na chapa encabeçada pelo ex-governador José Maranhão (PMDB).
Gervasinho alega motivos financeiros como o fato que o levou a desistir da candidatura e disse que não teria estrutura suficiente para compor uma chapa majoritária e sair candidato como vice de José Maranhão.
Familiares de ex-governador resistem em aceitar os nomes do vereador Aristávora Santos (PTB) e do deputado estadual Caio Roberto (PR), filho do deputado federal Wellington Roberto, como substitutos de Gervasinho na chapa majoritária do PMDB. A esposa do ex-governador, Fátima Bezerra Cavalcanti, ainda tenta convencer Gervasinho a rever sua posição e aceitar a candidatura.
Assim como aconteceu com o PMDB, algumas chapas formadas nas convenções desta sexta-feira ainda podem ser desfeitas. Os partidos e coligações tem até o dia 5 de julho para homologarem junto ao Tribunal Regional Eleitoral as chapas que deverão concorrer às eleições para prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.
Algumas coligações anunciadas hoje poderão sofrer alterações e o quadro político deverá mudar até a próxima semana. O candidato a vice-prefeito Nonato Bandeira (PPS) na coligação com o PT, que tem como candidato Luciano Cartaxo, disse que "aguarda surpresas até a próxima segunda-feira". Segundo ele, a coligação PT-PPS deverá anunciar novas adesões de partidos que foram citados, mas tiveram representantes nas conveções deste dia 30.
Portal Correio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.