3 de jul de 2012

Polícia identifica autor dos disparos que mataram criança de 4 anos

"Bode Zé" é apontado com autor dos disparos contra a criança de quatro anos



José Gilvandro dos Santos Barbosa, 19 anos. Esta é a identificação do principal suspeito de ter comandado a invasão a comunidade Cabral Batista, no bairro dos Novais, em João Pessoas e ter assassinado o garoto Jonathan Henrique dos Santos Ferreira, de 4 anos.


Jean Félix e Felipe foram presos e alegam inocência
O corpo da criança será velado na Funerária Paraíso, na avenida Cruz das Armas e será sepultado no cemitério São José, no mesmo bairro.


“Bode Zé”, como Gilvandro é conhecido, foi denunciado por Jeferson Jean Felix de França, o “Caçula”, 19 anos e Felipe dos Santos Trajano, de 20, presos na manhã desta segunda-feira, 2, como envolvidos na invasão da comunidade.



“Caçula”, Felipe e um adolescente de 16 anos foram detidos na comunidade Renascer I, no Distrito Mecânico em João Pessoa e afirmaram que “Bode Zé” havia ido a comunidade Cabral Batista para matar o pai do garoto, Josélio Ferreira de Melo apontado como autor do assassinato de um jovem na véspera de São Pedro, primo de Gilvandro.


O delegado Wagner Dorta, da 1ª Região Metropolitana de Polícia Civil, disse que mesmo com a detenção dos três acusados tanto a Polícia Civil como Polícia Militar continuam em diligências na tentativa de localizar outros envolvidos.


Jonathan Henrique dos Santos Ferreira foi morta com dois tiros na noite de sábado, na comunidade Cabral Batista, quando cerca de cinco homens invadiram a localidade, sob o comando de Bode Zé” a procura do pai do garoto e como não encontraram mataram a criança e ainda feriram mais duas pessoas.


WSCOM

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.