28 de nov. de 2012

Felipão é o novo técnico da Seleção Brasileira

Mesmo após a queda do Palmeiras do Brasileirão, que teve participação importante como treinador, a Copa em casa e o carisma de Felipão após o penta em 2002 podem fazer a diferença a seu favor.


O técnico Luiz Felipe Scolari, favorito para ser o novo técnico da seleção brasileira, será realmente efetivado no cargo, de acordo com o jornal O Estado de S. Paulo. O assessor do treinador, contudo, não confirma a informação, por não ter falado com o treinador.

Após a surpreendente demissão de Mano Menezes na última sexta-feira, Scolari surgiu como nome forte para substituí-lo, ao lado de Tite e Muricy Ramalho. Mesmo após a queda do Palmeiras do Brasileirão, que teve participação importante como treinador, a Copa em casa e o carisma de Felipão após o penta em 2002 podem fazer a diferença a seu favor.

Acaz Fellegger, assessor de Felipão, afirmou que só falou com o treinador nesta terça-feira (27), no sul do país. Assim, não pode confirmar se houve desdobramentos nas últimas 24 horas. De qualquer forma, ele também não negou a informação.

O técnico que assumir a seleção brasileira terá uma grande pressão a administrar. Com cerca de 20 meses para a Copa, o novo treinador terá de formar uma base capaz de conquistar a torcida e acabar com as dúvidas quanto à qualidade da equipe. Mano Menezes foi demitido justamente no seu melhor momento na seleção, após o título do Superclássico das Américas, em plena La Bombonera.

Inicialmente, o presidente da CBF, José Maria Marin, havia dito que o anúncio do novo treinador só seria feito em janeiro. Depois, recuou e anunciou que a escolha seria divulgada na semana que vem. Agora, a tendência é que saia nesta quinta-feira (29).

A antecipação é amplamente atribuída a uma tentativa da CBF em desviar o foco das investigações contra o presidente da Federação Paulista de Futebol e vice-presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que nesta semana teve computadores apreendidos em sua casa e precisou prestar esclarecimentos na Polícia Federal.

Portal Correio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.