30 de jan de 2013

Absurdo em praça pública: Crianças dançam em cima de 'paredão' na companhia de pessoas consumindo bebidas

Pedra Lavrada(PB): O município de Pedra Lavrada, localizado no Seridó Oriental Paraibano, realiza desde a última sexta-feira(25) a tradicionalíssima Festa de Nossa Senhora da Luz, a padroeira local.

Desde o início do evento, algumas ocorrências policiais vêm ocorrendo.

A mais grave até então, foi a destruição da fonte que fica no centro da Praça Eugênio Vasconcelos, como noticiado aqui no vozdepedra.com, e segundo informações preliminares, com identificação dos causadores ao dano público. Não sabemos ainda, se a Prefeitura Municipal de Pedra Lavrada já registrou a ocorrência na polícia local. Sendo esse o primeiro passo a ser dado para que os responsáveis sejam severamente punidos e o patrimônio público devolvido à comunidade.

Entretanto, para o espanto de muitos internautas de Pedra Lavrada, um vídeo foi postado no Facebook, onde mostra duas crianças dançando em cima de um carro com um som conhecido como "paredão", e adultos bebendo e dançando em volta, na Praça Eugênio Vasconcelos. As crianças parecem ter, no máximo, 8 anos de idade. Uma menina e um menino, esse sem camisa, fazendo a famosa "dancinha rebolando até o chão". Por vezes, o menino parece fazer gestos que indicam que poderá tirar seu "short". Tudo isso, em plena praça pública e sobre os olhares complacentes da sociedade lavradense.

O vozdepedra.com não divulgará o vídeo para não expor as crianças.

As crianças parecem imitar "dançarinos" de bandas de forró, que dedicam grande parte de seus shows, a fazer danças de forte apelo sexual.

O jovem(também menor de idade) que fez o vídeo e postou no seu Facebook, já o deletou. Todavia, o vozdepedra.com recebeu cópia desse desrespeito ao Estatuto da Criança e Adolescente e encaminhará ao Conselho Tutelar de Pedra Lavrada. Que, certamente ficará atento a essas atitudes, pois é de sua responsabilidade zelar pela segurança dessas crianças.

COM A PALAVRA O CONSELHO TUTELAR DE PEDRA LAVRADA.

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.