16 de jan de 2013

Campeão, boi Backup tem 480 mil filhos sem nunca ter 'namorado'


Campeão mundial na produção de sêmen, o boi Backup, criado numa fazenda de Sertãozinho (333 km de São Paulo), nunca manteve relações sexuais com vacas.
Com 12 anos de idade e com 480 mil filhos espalhados pelo Brasil e outros países da América Latina, o bicho já produziu 600 mil doses de espermatozoide, cujos preços variam de R$ 60 a R$ 150 cada. Backup é submetido à produção de sêmen duas vezes por semana. 
Ele produz 800 doses por vez.
Segundo Cristiano Leal, 33, zootecnista da CRV Lagoa, empresa belgo-holandesa que é dona do animal, o boi, quando vai fornecer espermatozoide, é estimulado por uma vaca. Mas, assim que monta na parceira, rapidamente os funcionários desviam o aparelho reprodutor para uma vagina artificial coletora.
Quando essa tática não dá certo, os funcionários da empresa lançam mão de um plano B. Nesse caso, que é menos frequente, é introduzido um eletroejaculador no ânus do boi. A próstata é massageada, e o animal acaba fornecendo a matéria-prima.
A raridade genética de Backup tornou seu valor incalculável, segundo o zootecnista Leal. Em novembro, o bicho recebeu um prêmio pelo fato de ser recordista mundial na produção de sêmen. A cerimônia, em Sertãozinho, contou com a presença de membros da realeza da Holanda.   
De acordo com o zootecnista, Backup leva uma vida de causar inveja a muita gente na CRV Lagoa, na qual permanece o tempo todo num piquete sob os cuidados de um nutricionista. Com 1.250 quilos, ele consome diariamente 23 quilos de ração balanceada. "Até eu queria ter uma vida como a dele", brinca Leal.

Fim da vida


Os bois da empresa que deixam de produzir esperma normalmente são soltos junto a rebanhos no final da vida. Nessa fase, eles chegam a manter contato sexual com as vacas. Mas esse não parece ser o destino de Backup. "A demanda por esperma dele é muito alta. Ele provavelmente não terá esse destino."
Se o contato com as vacas no fim da vida está fora dos planos dos criadores, Backup tem pelo menos um consolo: não será enviado ao açougue quando estiver velho. A exemplo de outros animais de sua estirpe, ele chegará ao fim da vida cercado de cuidados, em reconhecimento pelo serviço prestado. Não foi informado a expectativa de vida de Backup.
UOL

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.