28 de fev de 2013

Preso responsável por roubo de equipamentos de provedor de Internet


A prisão aconteceu após polícia analisar imagens do circuito interno

O motorista de um transporte alternativo Adriano Ribeiro da Silva, 32 anos, natural de Puxinanã e atualmente residindo no Distrito de Catolé de Boa Vista, Campina Grande, foi detido na tarde de quarta-feira, 27, sob acusação de ser o responsável pelo furto dos aparelhos de Internet pertencente à empresas Ondanet E Linknet, que estavam instalados às margens da BR-412, próximo ao Distrito de Santa Luzia, município de Serra Branca, fato ocorrido na última sexta-feira (22).

Com as imagens do furto a Polícia Civil de Serra Branca, tendo a frente o delegado Rodrigo Monteiro, instaurou Inquérito Policial, ouviu testemunhas e, após analisar com detalhes as imagens conseguiu chegar a Adriano Ribeiro da Silva, que foi preso no momento que prestava depoimento.

Segundo o delegado as investigações devem prosseguir no intuito de identificar possíveis receptadores, como também demais pessoas que teriam auxiliado Adriano. Ainda segundo o delegado, outros três arrombamentos estão sendo investigados para se confirmar ou não a participação ou envolvimento do preso.

Objetos apreendidos na cidade de Boa Vista - Segundo Rodrigo Monteiro, além de pedir à justiça a prisão do acusado, também foi solicitado um mandado de busca e apreensão domiciliar na residência de familiares do acusado na cidade de Boa Vista.

Alguns equipamentos foram apreendidos e serão, oportunamente, devolvidos aos proprietários. A operação contou com a colaboração de policiais da 4ª DRPC e das delegacias de Sumé e São João do Cariri.

Da Redação com Cariri Ligado
WSCOM Online

Pesquisa realizada pelo IPEA aponta que nordestino é o povo mais feliz do Brasil


A felicidade do nordestino se destacou em uma pesquisa internacional. Entre 147 países estudados, o Brasil ficou em 16º lugar. Entre as cinco regiões, o Nordeste foi a de maior pontuação em uma escala de zero a dez – 7,8.

Os moradores do Sudeste são os que se consideram menos felizes – 6,68. O levantamento apontou também que quem ganha acima de dez salários mínimos se julga mais feliz (8,36) do que as pessoas que vivem com um salário mínimo (6,53).

RANKING DAS REGIÕES

1º – Nordeste 2º – Centro-Oeste 3º – Sul 4º – Norte 5º – Sudeste

Se o Nordeste fosse um país, estaria classificado na pesquisa em 9º no ranking global da felicidade, entre dois dos países mais desenvolvidos do mundo: a Finlândia e a Bélgica. A pesquisa constata que quem tem mais dinheiro se considera mais feliz. Contudo, no nosso caso, revelou também que riqueza não é o único fator de felicidade.

Com ou sem dinheiro, o nordestino tem uma característica peculiar: o bom humor. “É essa ideia, basicamente, de não levar as coisas tão a sério. Acho que é uma linguagem universal, todo mundo tem que muito a aprender com isso”, diz o professor universitário Márcio Acserlrad.


G1

Dinheiro realmente compra felicidade, diz pesquisa


Um em cada cinco milionários reconhece que o dinheiro compra a felicidade, de acordo com relatório da consultoria americana Spectrem Group divulgado na quarta-feira. Segundo o relatório, conforme o dinheiro aumenta, sobem também os níveis de felicidade.

Enquanto cerca de 25% dos indivíduos com um patrimônio líquido de US$ 100 mil (cerca de R$ 200 mil) se descreveram como muito felizes, 44 % das pessoas com patrimônio líquido de US$ 5 milhões a US$ 25 milhões (R$ 10 milhões a R$ 50 milhões) se colocaram na mesma situação. A consultoria entrevistou 1.200 pessoas e questionou o nível de satisfação em relação a trabalho, casamento, hobbies, entre outros.

Terra

Copa do Mundo incentiva migração de prostitutas para São Paulo em 2014


Sede da abertura da Copa do Mundo de 2014, São Paulo deve receber mais de 500 mil pessoas no mês do Mundial. São esperados torcedores, jornalistas, comerciantes, além das próprias seleções que disputarão o torneio. Mas a capital paulista também contará com um fluxo bem maior de profissionais de outro ramo: a prostituição. A expectativa do aumento no turismo sexual durante o evento chamou a atenção de diversas acompanhantes do interior e de fora do Estado, que se preparam para visitar e ter um período lucrativo na capital paulista no ano que vem.

A movimentação para a Copa despertou o interesse de garotas dos mais diversos estilos, sejam acompanhantes de luxo que cobram R$ 800 por programa ou meninas mais simples, que pedem R$ 50 por relação. A capixaba Brenda, por exemplo, é uma das prostitutas que já tem até flat reservado para vir com um grupo de nove garotas de Vitória, somente para o mês do Mundial. Além disso, elas planejam criar um blog em inglês para divulgar seus serviços.

"Vamos alugar três flats e contratar até motorista para buscar os clientes no hotel, se precisarem. O programa por aqui [Vitória] sai por volta de R$ 150, mas podemos cobrar até três vezes mais na Copa. A procura será absurda, mais do que em qualquer outro evento", destacou a jovem de 20 anos em entrevista por telefone.

A bauruense Juliana é outra profissional do sexo que viajará com um grupo de amigas para São Paulo durante a Copa. Mas ao contrário da capixaba, ela tem ambições bem mais simples e ainda não tem ideia de onde irá trabalhar durante os jogos.  

Juliana cobra R$ 50 reais por programa no interior, mas é obrigada a dividir os lucros com a casa em que trabalha. A acompanhante de 24 anos afirma que não terá nenhuma condição de investir em planos mirabolantes na capital do Estado e que, por isso, não vai nem procurar um local para ficar quando o torneio se aproximar.  

"Vamos chegar e ir para a [rua] Augusta mesmo. Sei que o pessoal todo vai para lá. Só não me pergunte aonde vamos dormir, isso a gente vê quando chegar. Mas já pensou se consigo sair com um jogador? Faço de tudo pra ele casar comigo e me tirar daqui! Já pensou se eu consigo?", sonhou Juliana.


Vale lembrar que São Paulo é uma cidade acostumada a receber grandes eventos, como a Fórmula 1 e convenções internacionais. Porém, a expectativa entre as profissionais do turismo sexual é que a Copa do Mundo ultrapasse de longe qualquer um destes acontecimentos graças à maior importância e exposição dos jogos, além de acontecer ao longo de um mês, período maior do que qualquer outro evento deste porte no país.

Estudante de odontologia no Paraná, Karina também visitará São Paulo exclusivamente para a Copa do Mundo. Mas ao contrário das outras duas acompanhantes, ela já fechou um programa fixo de duas semanas com um empresário alemão que estará na cidade para o Mundial.

Experiente em viagens internacionais ao lado dos clientes, a paranaense embolsará nada menos do que R$ 10 mil para dar atendimento exclusivo ao alemão, além de ter todas as suas despesas pagas.

"Ele virá para trabalhar nas duas primeiras semanas da Copa e depois deve viajar para acompanhar a Alemanha. Só fechamos o primeiro período, por enquanto. Se não der certo o resto, ficarei em São Paulo até o fim fazendo programas, já tenho flat disponível para mim", afirmou Karina.

Mas não são apenas as acompanhantes em si que estão se preparando para a movimentação durante a Copa. Algumas das casas de prostituição mais conhecidas da capital também estão investindo em infraestrutura e buscando a contratação de profissionais que falam inglês e espanhol.

É o caso de uma casa de massagem próxima ao aeroporto de Congonhas, que irá disponibilizar até 50% a mais de garotas para a clientela durante o evento. Além disso, a casa também contará com uma limousine para buscar os interessados nos hotéis no ano que vem.

"O importante é ter uma boa comunicação com os hotéis, pois são eles que nos indicam para os hóspedes. Já temos uma boa experiência pela Fórmula 1 e Indy, mas na Copa tudo deve ser maior. Por isso, vamos selecionar várias garotas de fora de São Paulo para podermos atender a todos", ponderou o gerente da casa.

UOL

Homem é agredido em ônibus após pedir a passageiro para baixar volume de som


José Paulo da Silva, 39 anos, foi agredido no início da noite desta quarta-feira (27), dentro de um transporte coletivo após solicitar que um dos passageiros baixasse o volume da música que estava tocando em seu celular. O caso foi registrado dentro de um ônibus da empresa TransNacional – linha 302/ Cidade Verde, que trafegava pelo Centro de João Pessoa.

De acordo com relatos de José Paulo, ele se sentiu incomodado com a música tocada no aparelho celular de um jovem que seguia viagem no banco posterior ao seu e após solicitar que o passageiro reduzisse o volume do som, ele foi agredido pelo rapaz e cerca de cinco colegas que o acompanhavam.

“Ele colocou o som bem no meu ouvido e quando eu me levantei, ele partiu para cima com os amigos”, informou José Paulo. Por conta do tumulto, o motorista do ônibus parou o veículo na Avenida Dom Pedro II, para que a vítima acionasse a polícia.

Temendo serem presos, o agressor e os colegas fugiram e ainda não foram localizados. A vítima ficou ferida no rosto e seguiu para prestar queixa na Delegacia. 

Portal Correio

27 de fev de 2013

Tiririca, ‘o palhaço que perdeu o sorriso’.

Deputado federal, Tiririca (PR-SP) está
descontente com a política 



Jornal inglês acompanha a rotina do deputado federal mais votado do Brasil

RIO - A decepção do palhaço e deputado Tiririca (PR-SP) com o Congresso Nacional foi assunto nesta terça-feira de reportagem publicada pelo jornal inglês "Financial Times". O texto, cujo título é "Palhaço e político brasileiro perde seu sorriso", aborda a experiência do parlamentar na Câmara dos Deputados. A curta trajetória política de Tiririca é descrita como uma das evidências da "desfuncionalidade da política" no Brasil.

- Quando eu ainda estava fora daqui, achava que chegaria (à Câmara) e faria muitas coisas, mas não é assim que funciona - disse ele ao jornal, que não deixou de citar seu mote de campanha: "Você sabe o que faz um deputado federal? Na realidade eu não sei. Mas vote em mim que eu te conto".

Apesar de estar desestimulado, o jornal cita o fato de que Tiririca foi um dos poucos que nunca faltaram às sessões legislativas.

- Você passa o dia inteiro fazendo nada, só esperando para votar alguma coisa enquanto as pessoas discutem e discutem - diz o deputado, que depois complementa:
- O que faz um deputado federal faz? Ele trabalha muito e produz pouco. Essa é a realidade.
O humorista disse ao jornal que ninguém tentou suborná-lo, “mas que a corrupção é uma realidade da instituição, apesar do caso do ano passado mensalão, em que importantes dirigentes do PT foram condenados à prisão por compra de votos”.

Tirirca disse ainda ao jornal que pelo menos 150 pessoas, todos os dias, visitam seu gabinete para tirar fotos ao seu lado:

- Há dias em que nós temos que chamar a segurança para nos ajudar a sair do escritório.
Tiririca é comparado com o humorista e blogueiro italiano Beppe Grillo.

O Globo

Melancia em forma de bunda vira atração no sertão


Uma melancia de aproximadamente 18 quilos, em forma de bunda, foi colhida em uma propriedade na zona rural de Pombal, próximo ao rio Piancó, no sertão da Paraíba. Exposta em um comércio no centro do município, a fruta chamou a atenção dos paraibanos na manhã desta terça-feira.
“Ganhei de um amigo hoje pela manhã. Ela deve pesar em torno de 18 quilos, porque a minha balança pesa até 15 quilos e ela passou disso”, conta o comerciante Chico de Souza Ferreira, dono de uma peixaria no local.
O peso médio de uma melancia varia entre 5 e 10 quilos. Além do tamanho, o contorno da fruta, em forma debunda, também despertou o interesse das pessoas. “Depois de exibir a melancia para os curiosos, ela foi consumida”, diz Chico. Ou seja, comeram a bunda da melancia de Chico.

Diário do Sertão

"ESCAPOU FEDENDO": Homem leva choque e fica agarrado a transformador


Após sofrer uma descarga elétrica, um homem ficou agarrado a um transformador de um poste no Centro da cidade de Parnamirim, na Grande Natal, na manhã desta terça-feira (26). Segundo informações da Prefeitura, ele trabalhava na instalação do transformador. “O homem ainda não foi identificado, mas passa bem", disse Vicente Neto, ouvidor do município, antes dele ser resgatado.

Ainda segundo o assessor, o poste fica próximo ao prédio do Executivo Municipal, em frente a um laboratório de análises clínicas. O trabalhador, disse Vicente, “teria sido contratado. No entanto, no momento em que iniciava o serviço, sofreu um choque”.

O assessor contou que o homem, mesmo após sofrer a descarga, ainda conseguiu pular para o transformador, que não estava ligado e não foi afetado pela corrente elétrica.

Vicente Neto confirmou que o homem ficou no local por aproximadamente 40 minutos aguardando o socorro do Corpo de Bombeiros, que chegou por volta do meio-dia. O homem foi retirado do poste e levado para uma unidade médica da cidade.

G1

Municípios deixam de utilizar R$ 30 milhões do governo federal para o transporte escolar


Os municípios brasileiros deixam de utilizar cerca de 30 milhões de reais por ano em recursos que deveriam ser investidos no transporte escolar mas que voltam ao cofres do governo federal. O dado foi repassado pelo técnico do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Sílvio Alves Portilho, durante palestra ministrada na audiência pública com prefeitos promovida nesta terça-feira (26) pelo Ministério Público da Paraíba.

            O técnico do FNDE explicou aos prefeitos e secretários presentes os programas do governo federal relacionados ao transporte escolar: o Caminho da Escola e o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate), que visam atender alunos moradores da zona rural. Em 2011, foram destinados só ao Pnate aproximadamente R$ 644 milhões, mas nem todos os recursos são utilizados.

            Segundo Sílvio Portilho, o Pnate foi instituído com o objetivo de garantir o acesso e a permanência nos estabelecimentos escolares dos alunos do ensino fundamental público residentes em área rural que utilizem transporte escolar. "O programa consiste na transferência de recursos aos municípios em nove parcelas de março a novembro de cada ano", explicou.

            Outro ponto do Pnate é que os recursos devem ser usados para custear despesas com reforma, seguros, licenciamento, impostos e taxas, pneus, câmaras, serviços de mecânica em freio, suspensão, câmbio, motor, elétrica e funilaria, recuperação de assentos, combustível e lubrificantes do veículo. "O dinheiro não pode ser usado para compra de veículo, só para custeio", destacou.

            De acordo com Sílvio Alves, para aquisição de veículos para transporte escolar foi criado o programa Caminho da Escola que consiste na concessão, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), de linha de crédito especial para a aquisição, pelos estados e municípios, de ônibus, miniônibus e micro-ônibus zero quilômetro e de embarcações novas.

            O técnico do FNDE também expôs sobre a aquisição do barco escolar e da bicicleta escolar e como adquirir outros recursos e materiais disponibilizados pelo Ministério da Educação. Ele ainda tirou dúvidas dos agentes públicos sobre prestação de contas e pendências dos municípios com o governo federal.

Assessoria MPPB

Barra de Santa Rosa - 9° BPM recupera mais duas motos roubadas


Por volta das 23h40 desta segunda-feira, 25, a guarnição de Radiopatrulha do município de Barra de Santa Rosa composta pelos Soldados PM Robério e Freire recebeu a denúncia de que seis elementos armados e utilizando-se de motocicletas haviam invadido a residência do Senhor Márcio Câmara da Silva, 37 anos, comerciante, localizada à Rua João Mendes, s/n, na cidade de Barra de Santa Rosa e subtraído do mesmo duas motos, celulares e a quantia em dinheiro de R$ 2 mil e quinhentos reais.

De imediato os militares se dirigiram ao local da ocorrência e se depararam com os suspeitos que, observando a presença policial, abriram fogo, vindo a atingir a viatura policial em diversos locais. Visando reagir à injusta agressão, os militares dispararam na direção dos acusados que fugiram em direção à zona rural do município de Barra de Santa Rosa, embrenhando-se em mata fechada nas proximidades do sítio Cuiuiu.

Na perseguição os acusados abandonaram as duas motocicletas roubadas de placas NQE 7783 e MNX 8823. Os veículos foram apresentados à autoridade policial competente que instaurou os procedimentos legais. Deu apoio à guarnição o Soldado Adijair que – mesmo estando de folga – corroborou com os companheiros saindo em perseguição aos criminosos.

“Em menos de um mês esta é a quarta moto roubada apreendida pelos nossos militares. Quero de antemão parabenizar aos policiais envolvidos na ocorrência. Nos próximos dias estaremos inaugurando um Pelotão Policial Militar no município de Barra de Santa Rosa, visando intensificar o policiamento no município com a realização de operações periódicas, inclusive nas cidades adjacentes”, afirmou o Comandante do 9° Batalhão de Polícia Militar, Major PM Galvão.   

ASCOM

26 de fev de 2013

LAVRADENSE: Paulo Bezerra recebe Medalha Pushkin


Durante a sua visita de trabalho ao Brasil, o Primeiro-Ministro da Rússia, Dmitri Medvedev, premiou a diretora artística do Coral Melody, Galina Shevchúk, e o professor e tradutor brasileiro, Paulo Bezerra, com a condecoração Medalha Pushkin.

Eles receberam a honraria pela contribuição para o desenvolvimento das relações culturais com a Federação Russa e pela preservação da língua e cultura russa no exterior.
O professor Paulo Bezerra recebeu a Medalha Pushkin das mãos de Dmitri Medvedev
Dmitri Medvedev destacou que as traduções brilhantes de Paulo Bezerra introduziram milhões de falantes de português à literatura clássica russa, incluindo autores como Fiodor Dostoievski, Nikolai Gogol, Osip Mandelshtam, Alexander Solzhenitsyn, além do teórico teatral Konstantin Stanislavski e o cientista Andrei Sakharov, entre outros.

Quanto a Galina Shevchuk, Medvedev observou que ela viveu no Brasil há muitos anos, mas permanece fortemente ligada à cultura russa. Segundo ele, a tradutora merece o mérito de dirigir o Coral Melody, o que vem realizando há 20 anos. Segundo o primeiro-ministro russo, este grupo introduziu muitas gerações à cultura russa.

O primeiro-ministro ainda ressaltou que “estes excelentes exemplos de amizade internacional só podem ser possíveis quando os países e seus povos têm bons sentimentos um para com o outro”. Ele citou a escola do Teatro Bolshoi, em Joinville, e uma escolinha de futebol brasileira na região de Moscou como importantes exemplos dessa amizade entre os países.

http://www.diariodarussia.com.br/

Criança de 8 anos é forçada a participar de orgia com 11 pessoas no Agreste

A polícia deteve dois adolescentes e um menor e está a procura de mais 8 rapazes de Remígio.


“Repugnante”. Esse foi o termo usado pelo delegado de Polícia Civil, Lamartine Lacerda, para descrever as imagens gravadas em vídeo que mostram uma criança de 8 anos participando de um orgia com outros adolescentes e um jovem, na cidade de Remígio ( localizada no Agreste paraibano a 157 km de João Pessoa ). Um maior e dois menores foram detidos, na tarde desta terça-feira (26). Oito adolescentes estão sendo investigados na participação do crime.

O delegado informou que a mãe da criança denunciou o crime à Polícia Civil após constatar que um vídeo estava sendo compartilhado na cidade, onde seu filho aparece fazendo sexo oral com um rapaz. “As imagens são repugnantes. O menino fazendo sexo oral em um rapaz e sendo ditas palavras de baixo calão”, narrou o delegado.

Ainda de acordo com Lacerda, a criança revelou durante depoimento, que ela estava sendo forçada a praticar sexo com os adolescentes já há algum tempo. O último ato teria ocorrido na semana do Carnaval, às margens de um açude.

“O depoimento do garoto é muito contundente. Ele tem um poder de discernimento e não entra em contradição. O menino disse que estava sendo abusado há cerca de dois anos e não tinha denunciado por ter medo de ser morto. Um dos envolvidos é primo da vítima. Os outros são vizinhos e amigos do garoto. A criança disse que na semana do Carnaval fez sexo com os rapazes”, comentou Lamartine Lacerda, revelando que um dos adolescentes detidos confessou participação na orgia.

O delegado adiantou que a vítima será encaminhada para exames. Os adolescentes envolvidos no crime poderão responder à medida socioeducativa e o maior ser preso por pedofilia.

Portal Correio

Nova Palmeira: 7ª DRPC e 9º BPM realizam blitz em boate

Nova Palmeira(PB): Denuncia de tráfico de drogas e presença de motos roubadas.

Por volta da meia noite deste domingo, 24 de fevereiro Policiais Civis Sob o comando dos Delegados João Joaldo, Edson de Vasconcelos e Lamartine Lacerda, juntamente com policiais militares do 9º BPM de Cuité, sob o comando do Tenente F.Dantas realizaram uma blitz na boate de Nova Palmeira na tentativa de localizar ilícitos denunciados.

Após averiguar todos os presentes na localidade e adjacências foram apreendidas três veículos por falta de placas, 01 moto por falta de documentos, 01 Honda Biz com o chassi com sinais de adulteração.

Vejam o vídeo:


Novas blitz serão realizadas em outras cidades em datas não divulgadas, quem tiver pendências com seus veículos regularize.

setimaregional.com.br

2014: CÁSSIO É CANDIDATO!


Por João TRINDADE

O tabuleiro de xadrez da sucessão 2014 já está montado. Mas, ao contrário do jogo normal, as peças estão sendo montadas de forma diferente. O normal é que se coloque a torre direita, o cavalo, o bispo e assim por diante; colocando-se as peças maiores, e os peões vêm depois. Desta feita, a coisa é diferente; estão-se colocando primeiro os peões.

O Rei, que geralmente é colocado na primeira coluna, dessa vez deixou para ser colocado depois. Primeiro, estão vindo os peões; depois, as outras peças; e o Rei está só aguardando para bem próximo do começo da partida.

O Rei a quem me refiro é o do tabuleiro do PSDB, senador Cássio Cunha Lima.

Claro que ele vai disputar a governança. E também é claro que só vai anunciar de última hora, no último prazo eleitoral; e vai continuar afirmando que apoiará Ricardo. Não apoiará! O mundo político paraibano conhece os Cunha Lima e sua prática política. Juram apoios, mas, na hora H...

Cássio será candidato, sim; embora jure de pés juntos que vai ficar com Ricardo, E o mais importante: qualquer estudante de Direito sabe que não há qualquer óbice jurídico à candidatura dele.

Ricardo Coutinho, que não é menino besta, já está tentando ampliar contatos, promovendo encontros com prefeitos, visitando cidades... Tanto como eu, ele sabe que Cássio não vai apoiá-lo, embora jure “de pé junto”.

Todos sabem que quem decide campanha na Paraíba é Campina Grande. E o que fez Cássio? Colocou na prefeitura daquela cidade um primo como prefeito e um irmão dele, Cássio, como vice. É preciso ser muito inocente para achar que esse homem vai apoiar Ricardo para governador...

Cássio é candidato, sim!

O tucano não “engole” haver sido substituído por José Maranhão, por via judicial. E quer voltar, como teria querido Jânio, um dia, “Pelos braços do povo”. Se vai, só o tempo dirá. Mas que é favorito, é...

Cássio e Ricardo têm uma grande rejeição em João Pessoa, mas o último revelou força e determinação, dando uma votação estupenda a Estelizabel. Quanto a Cássio, o apoio de Cícero Lucena e Ruy Carneiro garantem a vitória, somando-se os votos de João Pessoa e Campina Grande.

Por fora, corre Veneziano, que já brilhou mais. Ultimamente, anda um pouco apagado.

Só se sabe ma coisa: Vai ser a eleição mais bela e mais disputada da Paraíba: Cássio x Ricardo x Veneziano.

E o PT? Não acredito que lance candidato próprio. Se lançar, o melhor nome é Anísio Maia; um bom candidato e de peso. Mas, diante dos adversários que tem, não deve lograr êxito.

caririligado.com.br/

Municípios podem apoiar músicos locais por meio do Prêmio Funarte


A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que estão abertas as inscrições para a edição 2013 do Prêmio Funarte de Apoio a Bandas de Música. O prêmio é promovido pela Fundação Nacional das Artes (Funarte) e irá contemplar cerca de 150 projetos com a distribuição gratuita de instrumentos de sopro.

Podem participar da seleção grupos musicais tais como: Banda de Música, Banda Municipal, Banda Sinfônica, Banda de Concerto, Banda Filarmônica e Sociedade Musical.

As bandas devem ser constituídas como instituição pública ou privada sem fins lucrativos, cadastradas na Receita Federal no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) há pelo menos seis meses, e em efetivo funcionamento. As inscrições podem ser efetuadas até o dia 21 de março pelo site da Funarte.
Incentivo

A CNM explica que o prêmio representa um incentivo importante, principalmente para aqueles Municípios que não possuem condições de arcar com investimentos em Cultura. Além disso, pode servir para revitalizar grupos municipais sem condições de renovar seus aparatos técnicos.

Seleção

O processo de seleção dos projetos compreende três fases: a primeira habilita os projetos de acordo com as exigências previstas no edital; a segunda é feita pela avaliação da comissão de seleção e a terceira etapa é a análise documental.


CNM

NOVA PALMEIRA PODE FICAR SEM ÁGUA; VEJA


Açude Caraibeiras - Picuí

Aesa aponta 50 açudes com baixo volume de águas na Paraíba.

Levantamento indica que 16 reservatórios estão em risco de colapso.

Período de chuvas continua previsto para o início no mês de março.


Levantamento da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) constatou nesta segunda-feira (25) que 50 açudes estão com volume abaixo de 20% na Paraíba. Segundo a gerência de recursos hídricos, os reservatórios podem ter o abastecimento suspenso e em alguns casos já estão com o fornecimento interrompido, para evitar que entrem em colapso. O órgão monitora 121 açudes no estado.

Açude Engenheiro Ávidos, em Cajazeiras, está com
15,8% da capacidade.
De acordo com a Aesa, existem atualmente 34 mananciais em observação, com volume abaixo de 20%, e 16 em situação considerada crítica, abaixo de 5% da sua capacidade. Conforme a medição pluviométrica da agência, até a manhã desta segunda-feira nenhuma chuva significativa foi registrada nas 269 estações monitoradas na Paraíba desde sábado (23).

Em cinco dos 10 maiores açudes paraibanos, só foi encontrada situação similar há exatamente uma década. Conforme gráficos da Aesa, em 2003 apresentaram pela última vez as mesmas condições observadas atualmente de baixo volume de recursos hídricos, nos açudes de Coremas, de Acauã em Itatuba, açude Capoeira em Santa Teresinha, o Gramame no município do Conde e o açude São Gonçalo, em Sousa.

Estão em situação crítica o açude Bichinho em Barra de São Miguel; açude Albino, no município de Imaculada; açude Carneiro em Jericó; açude do Serrote em Monteiro; o Caraibeiras, no município de Picuí; o Chupadouro I em São João do Rio do Peixe; açude Novo II, em Taperoá; mananciais de Bastiana, Sabonete e São Francisco II, todos em Teixeira; além dos açudes de Prata II, Serra Branca I, São José do Sabugi IV, Várzea e São Mamede, nos municípios de mesmo nome.

Ainda conforme a medição mais recente da Aesa, a barragem de Acauã está com 40,3% de sua capacidade máxima, o açude Epitácio Pessoa em Boqueirão está com 56% de seu volume, o Engenheiro Ávidos em Cajazeiras está com apenas 15,8% e o açude de Coremas está com 40,5% do volume.

De acordo com estudo climático da meteorologia da Aesa, a previsão de escassez nas chuvas em todo o estado da Paraíba se encerra este mês de fevereiro e deve ser registrado a partir de março o início do período chuvoso que deve durar até o mês de junho. “Nossa previsão continua a mesma, não houve mudanças climáticas e o início das chuvas deve se dar no mês de março”, afirma a meteorologista Marle Bandeira, da Aesa.

G1PB

Ação conjunta desarticula esquema de clonagem de veículos


Veículos eram roubados no estado de São Paulo e repassados na PB e RN

Uma ação conjunta das delegacias de Defraudações do Rio Grande do Norte e de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas de João Pessoa desarticulou, nesta segunda-feira (25), um esquema de roubo e clonagem de veículos. David Cléber de Lima, 34, foi preso em flagrante em Natal (RN) e com ele foram encontrados dois veículos roubados.

A polícia chegou ao acusado depois de uma prisão realizada em João Pessoa no último dia 18 quando Micelina Machado de Melo, 24, foi presa em flagrante com um veículo roubado. “Presa, ela nos contou que conseguiu o veículo com Cléber. Após investigações, conseguimos localizar o acusado”, explicou o titular da delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas, Canrobert Rodrigues.

De acordo com o delegado, os veículos eram roubados no estado de São Paulo e repassados na Paraíba e no Rio Grande do Norte com placas clonadas. As duas pessoas presas serão indiciadas por receptação de veículo roubado.

Secom PB

INCRÍVEL: Broto de goiaba nasce dentro do dente cariado de um chinês


Dente deteriorado abrigou semente, que germinou em sua boca.

Um homem chinês de 36 anos, que não teve o nome revelado, procurou um dentista ao sentir fortes dores em um de seus dentes.

Seu processo diário de higienização era péssimo, o que levou ao desenvolvimento de algumas cáries. O dente que apresentava dor possuía cárie em estágio avançado, formando uma cavidade acentuada.

Ao comer um pedaço de goiaba, uma semente foi empurrada para essa cavidade e ali permaneceu por não ter sido realizada a escovação correta. Após algum tempo, a semente germinou e um pequeno broto de goiabeira nasceu.

Para que uma semente possa germinar, alguns elementos são necessários. O paciente, por não possuir nenhuma higienização adequada, possivelmente favoreceu a germinação por permitir que ácidos presentes em alimentos e enzimas digestivas da saliva destruíssem os tecidos vegetais da semente.


R7

Em Nova Palmeira-PB: Mofado é preso numa ação policial

Uma ação policial na cidade de Nova Palmeira na noite de Domingo dia 24/02/2013 resultou na prisão de Jose Carlos de 18 anos de idade, vulgo Mofado, da cidade de Cubatí.

Segundo o sargento Alam Berg, mofado estava na companhia de um menor de idade e que na cidade de Nova Palmeira eles estavam praticando desordem com uso de uma arma de fogo calibre 38, agora mofado está preso em Picuí a disposição da Polícia Civil que já tem várias denúncias contra Mofado.

Cubati Notícias

25 de fev de 2013

MAGISTÉRIO: Para CNTE, reajuste do piso é insuficiente

Como previsto, o Ministério da Educação acaba de anunciar o reajuste de 7,97% para o piso do magistério em 2013, totalizando R$ 1.567. Além de representar o menor índice dos últimos 3 anos, o valor não corresponde ao que foi proposto pela CNTE.

A entidade lembra que o MEC se baseia no parecer da Advocacia Geral da União, com o qual a CNTE não concorda. O parecer leva em conta o percentual do reajuste do custo aluno do Fundeb nos dois anos anteriores ao exercício vigente. A CNTE entende que o artigo 5º da Lei que criou o Piso é muito claro e estabelece que o custo-aluno é prospectivo. Se o custo-aluno está sendo reajustado em 2013 em 20,16%, esse deveria ser o reajuste do Piso.

Além disso, a CNTE considera que deveria ter havido um reajuste do Piso de 2008 para 2009. O MEC, levando em conta a interpretação do acórdão do STF quando do julgamento da primeira ação de inconstitucionalidade movida pelos governadores, entende que o Piso só passou a vigorar em 2009 e não em 2008. Para a CNTE, é uma interpretação sem lógica, já que a Lei do Piso é de 2008 e passou a vigorar assim que foi sancionada.

"Esse ano é um exemplo claro disso, houve um rebaixamento do Custo-Aluno estimado no início do ano. O índice estava previsto para ser reajustado em 21,75% e terminou sendo ajustado em 7,97%, o que também contribui para essa diferença de valores entre o Piso do MEC e da CNTE. Nossa análise é a seguinte: o Governo, ao anunciar o percentual de reajuste, deve ter mecanismos que banquem esse percentual de reajuste até o final, para não acontecer o que acabou de acontecer", afirma o presidente da CNTE, Roberto Leão.

A grande maioria dos Estados e municípios não cumpre a Lei, que inclui a jornada de trabalho, composta de 1/3 de hora atividade. Praticamente nenhum Estado cumpre a Lei do Piso na íntegra, alguns estão com negociações avançadas com os sindicatos, mas a CNTE lembra que a maioria insiste em desconsiderar esse artigo da Lei.

CNTE

Sinpuc se reúne com gestores e servidores da prefeitura de Frei Martinho


Na última quinta-feira, 21, dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais do Curimataú (SINPUC), se reuniram com a secretária de educação de Frei Martinho, Agfaneide Gondim, o tesoureiro Francisco Moura e o assessor jurídico, Wanderley Dantas.

Além da equipe da prefeitura, servidores também compareceram ao encontro. A professora Guia Morais e o monitor do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) Ozivânio Azevedo, acompanharam os trabalhos dos sindicalistas Sebastião Santos, Elisabete Dantas e Roselita Silveira.

Os delegados de base Sérgio Oliveira e Francisca Lima estiveram presentes na reunião.

Pauta

Os dirigentes sindicais levaram uma pauta de reivindicações, contendo seis pontos, para a gestão de Frei Martinho: fortalecimento da gestão democrática junto à sociedade; adequação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da Educação (PCCRE) à lei do piso nacional; implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração da Saúde (PCCRS) no município; cumprimento da Política Nacional de Saúde do Trabalhador em conformidade com as diretrizes do Plano Nacional de Saúde e Segurança no Trabalho; fornecimento de kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) para servidores do quadro efetivo e isonomia salarial para as categorias de servidores que recebem acima do salário mínimo.

O prefeito de Frei Martinho, Agfaíldo Lira, esteve ausente por motivos de agenda, mas deu poderes à comissão gestora que se reuniu com os dirigentes do SINPUC para tomar decisões frente às demandas apresentadas pelo sindicato.

Encaminhamentos

Os secretários e o assessor jurídico da prefeitura reconheceram a representatividade do SINPUC e garantiram uma relação democrática no trato com os seus dirigentes.

Sobre a adequação do PCCRE à lei do piso, ficou acordado que a jornada de trabalho dos professores passará para 30 horas semanais e, em outro encontro, será discutido o reajuste salarial.

Em relação ao PCCRS e ao cumprimento da Política Nacional de Saúde do Trabalhador, os gestores garantiram iniciar uma discussão técnica a fim de avaliar as implicações da medida para a administração. Nesse caso, o SINPUC se responsabilizou em contactar o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST) para iniciar os procedimentos necessários à implantação destas políticas públicas em Frei Martinho.

O fornecimento de kits EPI está garantido para os agentes de limpeza pública, agentes de saúde e coveiro. Para outras categorias profissionais, o assessor jurídico sugeriu que as secretarias façam as solicitações à administração.

Quanto à isonomia salarial, o problema será estudado com o prefeito. Houve o reconhecimento da defasagem na remuneração dos que recebem acima do mínimo e será feita uma avaliação na folha para definir o reajuste.

Folha de dezembro

Os servidores de Frei Martinho enfrentaram problemas com o pagamento da folha de dezembro. O antigo gestor, Francivaldo Araújo, descumpriu prazos, efetuou descontos no décimo terceiro e deixou algumas categorias sem os salários.

Os professores que recebem pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB), dentro do percentual de 60%, e alguns servidores dos programas da saúde, já tiveram a situação regularizada.

Quanto às outras categorias, ainda não há previsão de pagamento. Os secretários informaram que ainda não receberam a prestação de contas de dezembro, por isso não podem informar uma data precisa para sanar o problema.

Tião Santos, presidente do SINPUC, informou que assim que a prefeitura receber a prestação de contas de dezembro vai avisar ao sindicato. “A partir da avaliação do quadro, o SINPUC será convocado para negociar a forma de pagamento dos servidores que estão com seus vencimentos atrasados”, declarou.

Avaliação

Os dirigentes do SINPUC avaliaram a reunião em Frei Martinho como muito positiva para os servidores. “A reunião foi melhor do que imaginávamos, o pessoal foi muito receptivo à nossa luta e reconhece nossa importância na representação da categoria”, disse Tião Santos.

Ele ainda ressaltou que o diálogo foi facilitado pelo fato de a nova secretária de educação ter formação sindical. “Pra nossa surpresa a secretaria militou no movimento sindical e nos movimentos sociais do estado de Tocantins antes de vir para Frei Martinho”.

SINPUC

Defunto vai ter que indenizar estrago causado no carro do filho de Eike Batista


Após uma séria investigação financiada pelas empresas de Eike Batista, a perícia que analisa o atropelamento de um ciclista na BR-040 em março de 2012 por Thor Batista chegou a conclusão de que o morto é o principal culpado pelo acidente: segundo especialistas, o ciclista usou a cabeça propositalmente para amassar o capô do carro e as mãos para quebra os vidros. Depois de morto, ainda ficou impedindo o caminho do jovem motorista.
Thor Batista - filho de Eike

O morto terá que pagar os danos feitos ao carro em uma pequena quantia de 12 milhões de Reais, correspondente ao vidro e ao capô, além dos danos morais, é claro. O caixão e a cova em que está enterrado o corpo já foram penhorados, porém como a quantia não chega nem a um por cento do valor, a família terá que arcar com as despesas por pelo menos umas cinco ou seis gerações.

Blog do Tião Lucena

MPPB vai fechar o cerco nos 223 municípios contra transporte escolar em 'paus de arara'

Ainda dentro da questão do transporte escolar, o Ministério Público e o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Comunicação da Paraíba, vão promover uma campanha de esclarecimento à população e às prefeituras.


O Ministério Público assina, nesta terça-feira (26), termo de cooperação técnica com 223 municípios para proibir o transporte escolar "em paus de arara". A fiscalização envolverá também o Departamento de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), o Departamento de Estradas e Rodagem (DER-PB) e o Comando da Polícia Militar.

O MPPB atuará através do Centro de Apoio Operacional às Promotorias da Educação (Caop da Educação). Nesta terça-feira fará uma audiência pública com prefeitos, secretários de educação e de transporte dos 223 municípios paraibanos para conscientização dos deveres do poder público quanto ao transporte escolar. O evento será realizado no auditório o Unipê, em João Pessoa.

A coordenadora do Caop da Educação, promotor Fabiana Lobo, explicou que fiscalizações realizadas pelo projeto “MP pela Educação” em diversos municípios do estado têm constatado estudantes sendo transportados em “paus-de-arara”. “Na Paraíba sabemos que a situação é muito grave. Temos verificado alunos, crianças sendo transportadas em caçambas de caminhões e camionetes sem nenhuma estrutura e sem nenhuma segurança”, informou.

Programação

A abertura do evento será às 8h com pronunciamento do procurador-geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho. Às 9h, será realizada a apresentação dos procedimentos de vistoria e fiscalização do transporte escolar no Estado da Paraíba, pelo superintendente do Detran-PB, Rodrigo Augusto de Carvalho Costa.

Logo após, haverá a exposição dos resultados nos trabalhos de vistoria e fiscalização do transporte escolar realizados pelo Detran de Goiás em parceria com o Ministério Público daquele estado. A exposição será feita pelo gerente de Fiscalização e Segurança do Detran-GO, major Márcio Vicente da Silva, e pelo diretor de Operações do órgão, Sebastião Vaz da Silva. Ainda está programa um painel sobre o Programa Nacional de Transporte Escolar (Pnate), pelo técnico do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Sílvio Alves Portilho.

Campanha

Ainda dentro da questão do transporte escolar, o Ministério Público e o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Comunicação Institucional da Paraíba (Secom-PB), vão promover uma campanha de esclarecimento à população e às prefeituras sobre os riscos do transporte irregular e a utilização dos chamados paus-de-arara (caminhões e camionetes improvisadas) pelos estudantes das redes municipais e estadual de ensino no estado da Paraíba.

ASCOM

MÁ NOTÍCIA: Chuvas podem ficar abaixo do normal no semiárido nordestino


Estudo realizado por meteorologistas do Governo do Estado, em parceria com especialistas em análise e previsão do tempo de todo o país, concluiu que as chuvas podem ficar abaixo do normal no semiárido nordestino durante os próximos três meses. O relatório foi finalizado na sexta-feira passada (22), na Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte, em Natal.
De acordo com a meteorologista da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), Marle Bandeira, que participou do encontro por meio de vídeo-conferência, os resultados dos estudos são divulgados em forma de probabilidades.  "As chances das chuvas ficarem abaixo do normal são de 40%. Já a perspectiva das precipitações permanecerem dentro do padrão normal é de 35%. Há ainda 25% de probabilidade de chover acima da média histórica", informou, ressaltando que os números foram consenso entre os meteorologistas que produziram o relatório.
O relatório foi elaborado para o setor Norte da região Nordeste, que no caso da Paraíba, abrange o Sertão, Cariri e Curimataú.  "É importante destacar que não estamos falando da previsão para todo o nosso Estado. De modo geral, as outras regiões devem ter chuva dentro da média histórica, apenas no semiárido é que temos essa possibilidade de chover abaixo do normal", destacou Marle.
A média histórica de chuva em todas as regiões da Paraíba está disponível no site da Aesa (www.aesa.pb.gov.br), onde também podem ser encontradas outras informações sobre análise e previsão do tempo.
Instituições - O documento que atualizou o prognóstico de chuvas foi produzido em conjunto pelos técnicos do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (CPTEC/INPE), da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) e dos núcleos de meteorologia dos estados no Nordeste.

Secom

NOVA FLORESTA - Jovem morre eletrocutado quando instalava bomba dentro de cacimbão


Um jovem de 26 anos identificado como sendo Genilson da Silva Santos, 26 anos, morreu eletrocutado dentro de um cacimbão quando instalada uma bomba. O fato ocorreu neste sábado (23), na cidade de Nova Floresta, na região do Curimataú paraibano.

De acordo com a Polícia Militar, Genilson da Silva estava no poço instalando o equipamento quando pediu que um amigo ligasse a bomba.
No momento que a bomba foi ligada, a vítima recebeu uma forte descarga elétrica. Populares pediram socorro, mas Genilson da Silva morreu na hora.

O corpo foi encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande e, em seguida, liberado para família fazer o sepultamento.

Portal Correio

Governo do Estado distribui mais 10 mil toneladas de ração animal


A Secretaria de Estado da Infraestrutura, através da Defesa Civil Estadual, dá prosseguimento à distribuição de ração animal em vários municípios paraibanos. Nessa semana, a ação aconteceu nas cidades de Cachoeira dos Índios, São Mamede, São José de Lagoa Tapada, Princesa Isabel e São Francisco. Na ocasião, foram distribuídas aproximadamente 240 toneladas, atendendo mais de 800 famílias.
O Programa de Distribuição Animal Gratuita é uma iniciativa pioneira no país. O projeto teve início em julho de 2012 distribuindo 19 mil toneladas até dezembro. Em 2013, o programa ganhou mais incentivo e está distribuindo mais 10 mil.
A criadora Maria de Lourdes, 66, moradora do município de Cachoeira dos Índios, fala do programa com gratidão. “Agradeço ao Governo do Estado por essa atitude, não sei o que seria dos meus animais sem essa ajuda. Tenho 27 cabeças de gado, e graças à ração estou conseguindo salvá-los”, conta.
A distribuição segue, neste domingo (24). A cidade de Manaíra receberá a ração e durante toda a semana outrosmunicípios como Gurjão, Taperoá e Patos serão contemplados. A meta é distribuir as 10 mil toneladas até o final de março.
De acordo com o gerente de Apoio Logístico da Defesa Civil Estadual, George Sabóia, devido à falta de chuva, nos últimos meses, as entregas estão acontecendo todos os dias da semana. “Intensificamos a ação, desde o começo de janeiro, e estamos atendendo o máximo de pessoas. As entregas acontecem todos os dias da semana, o Governo do Estado está fazendo tudo que pode para minimizar os efeitos da estiagem no Estado”, finaliza.
SECOM-PB

Novos prefeitos dão empregos para seus adversários na eleição


Derrotados nas urnas, ao menos 16 candidatos que disputaram as prefeituras das capitais nas últimas eleições foram nomeados, neste ano, para cargos nos governos estaduais ou mesmo na gestão daqueles que, há alguns meses, eram os seus rivais.

Levantamento feito pela Folha encontrou dez ex-aspirantes a prefeito e seis a vice-prefeito que agora assumiram secretarias, fundações e assessorias especiais (veja no quadro ao lado).
Em pelo menos três casos, os candidatos derrotados foram chamados pelos antigos oponentes para integrar a administração municipal, mesmo após duros ataques durante a campanha eleitoral.

PAQUERA

Wambert di Lorenzo (PSDB), convocado para chefiar o recém-criado gabinete de assuntos especiais na Prefeitura de Porto Alegre, afirma que a "paquera" com o grupo de José Fortunati (PDT), reeleito no primeiro turno, começou em meio a provocações nos últimos debates.

"Fui sarcástico, que é meu jeitinho de ser de vez em quando. No debate posterior, ele agradeceu, acolheu a crítica e trouxe a resposta."
Segundo Lorenzo, a semelhança dos planos de governo colaborou para a reaproximação das duas legendas --embora o PDT apoie o governo de Tarso Genro (PT), maior adversário do PSDB.

"Voltar para casa sem mandato e com todas as informações que tenho sobre a cidade seria um desperdício", diz o agora chefe de gabinete.

SEM ELOGIOS

Alvo de críticas na campanha, o ex-aspirante a vice Rodolfo da Luz (PMDB) foi chamado pelo prefeito de Florianópolis, César Souza Jr. (PSD), para continuar à frente da Secretaria de Educação.
"Na campanha, você não pode elogiar o adversário", diz Luz, que afirma ter aceitado o convite pela oportunidade de continuar o trabalho. "Foi uma decisão técnica."

O apoio a Roberto Claudio (PSB) no segundo turno rendeu a André Ramos (PPL) o convite para assumir a chefia do Instituto de Pesquisa, Administração e Recursos Humanos, em Fortaleza.
Outras nomeações foram feitas levando em conta arranjos políticos para 2014.

RATINHO JR.

Em Curitiba, Ratinho Jr. (PSC) passou de adversário do grupo do governador Beto Richa (PSDB) --que apoiava o então prefeito Luciano Ducci (PSB), seu vice-prefeito até 2010-- no primeiro turno a secretário de Desenvolvimento Urbano do Paraná.

Nos bastidores, a decisão é interpretada como uma manobra de Richa para ter Ratinho Jr. como aliado na sucessão estadual de 2014.

PRÁTICA COMUM

Para Lúcio Flávio de Almeida, professor do departamento de política da PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo, a prática de nomeação de rivais derrotados tende a se generalizar. "Existe uma certa ideologia que legitima o chamado mandato livre, segundo o qual o papel do eleitor é votar, e o eleito faz o que ele quiser, inclusive nomear adversários", diz o professor.
"Alguns políticos se candidatam sabendo que dificilmente ganharão, mas serão valiosos à medida que possam agregar votos, apoio econômico e financeiro e, principalmente, minutos no horário eleitoral. Tudo isso é parte do sistema eleitoral brasileiro", completa Almeida.

Folha de São Paulo


Câmera flagra furto de equipamentos de internet no Cariri da Paraíba


Imagens de uma câmera de segurança, instalada em uma torre de transmissão de internet, flagraram a ação de um assaltante na zona rural de Serra Branca, no Cariri paraibano, nesta sexta-feira (22). De acordo com denúncia do fornecedor do sinal à Polícia Militar, na ação foram furtados da empresa cerca de R$ 12 mil em aparelhos de telecomunicação.Segundo a vítima, que divulgou as imagens à polícia, esta seria ainda a quarta vez que o crime é praticado, apenas nos últimos seis meses. Conforme relato da polícia, cerca de 25 cidades na região ficaram sem acesso ao sinal de internet devido ao furto dos equipamentos.

A TV Paraíba teve acesso ao vídeo de segurança de uma das torres, gravado nesta sexta-feira. As imagens mostram o momento em que o suposto assaltante arromba a porta utilizando um pé-de-cabra. Em seguida, ele percebe que está sendo filmado e tenta esconder o rosto com a mão, depois usando a própria camisa.

O criminoso então sai do local, pega um pedaço de madeira e utiliza para desviar o ângulo de filmagem da câmera para o teto. A Polícia Civil de Serra Branca deu início a um inquérito para apurar o caso, mas o suspeito ainda não identificado nem foi localizado até as 8h deste sábado (23).

DENUNCIE!!!

G1

Cubati: mais um acidente na terra do motocross


Na noite deste sábado(23), na cidade de Cubati-PB,  uma moto colidiu com um senhor morador do Sítio Santa Maria, Município de São Vicente do Seridó. Ele foi socorrido pelo o Samu de Soledade-PB . A segunda vÍtima é da cidade de Cubati e foi socorrida para o hospital da cidade e o seu estado de saúde não é grave .

A qualquer momento traremos novas informações desse acidente.

RADIALISTA SEBASTIÃO BARBOSA
Com informações do Cubati Urgente

Soledade: Menor é morto a tiros

Um menor foi morto a tiros na noite deste sábado, em Soledade, no bairro “o Gouveião”. De acordo com informações colhidas junto à equipe do SAMU, trata-se de jovem de apenas 17 anos.
 Segundo as informações iniciais por volta das 20 horas, o menor foi surpreendido por um elemento desconhecido, quando foi abordado e sofreu pelo menos dois disparos de arma de fogo.

 A equipe do SAMU 192 de Soledade foi acionada e prestou socorro a vítima que já chegou ao Hospital da cidade agonizando e logo veio a óbito.
A suspeita é que o crime tenha sido motivado por questões relacionadas ao tráfico de drogas. O menor tinha algumas passagens pela polícia e envolvimento com drogas. Nenhum suspeito foi localizado.

Com Soledade Noticias

Secretaria de Educação incia o ano letivo nesta segunda feira 25

Mais de 2 mil alunos da rede municipal aguardam início das aulas em Pedra Lavrada.

A Secretaria municipal de Educação está preparada para receber os mais de 2 mil alunos da rede municipal, com merenda de qualidade, infraestrutura que garante conforto e segurança e transporte escolar seguro. Diretores, professores e funcionários se dividem dentre várias funções para receber na próxima segunda (25), crianças e adolescentes, do jardim ao 9° ano. A creche da João da Mata Lucena "Proinfancia",. está preparando diversas atividades lúdicas e de recreação para o primeiro di de aula. A Escola Mria Elenita investe no acolhimento aos pais e alunos. A escola é pioneira no município em reunir os pais em um dia especial intitulado "Família a Escola", a iniciativa tem sido de grande importância para a socialização das crianças e adolescentes e na aproximação entre pais e filhos, os ganhos são enormes para a família e para a escola. Para os alunos da zona rural, mais um transporte escolar estará a disposição, o município em parceria com o Governo do Estado oferece mais um micro-ônibus. Hoje Pedra Lavrada contempla oito ônibus escolares, entre convênios com o Estado e Governo Federal. Da parceria com o Governo Federal, renderam seis ônibus doados ao município, já a parceria com o Governo do Estado são dois um de grande porte no ano de 2010, e recentemente um micro-ônibus, ambos em regime de sessão de uso por 10 anos. Todos os transportes doados e cedidos pelos governos Federal e Estadual, tem IPVA isentos, porém a manutenção e seguro do veículo são custeados pelo município.

Prefeitura de Pedra Lavrada
Facebook/SECOM

24 de fev de 2013

Começa especialização para servidores da Educação


O Curso de Especialização em Fundamentos da Educação: Práticas Pedagógicas Interdisciplinares, iniciado neste sábado (23), obteve presença maciça dos matriculados. No polo de João Pessoa, que funciona na Escola José Lins do Rego, no Cristo Redentor, as aulas foram ministradas em 12 salas com uma média de 55 alunos em cada uma, com aproximadamente 600 alunos. A secretária de Estado da Educação em exercício, Márcia Lucena, foi conferir o início das aulas e levou mensagem de incentivo aos participantes. Ela anunciou que serão abertas inscrições, a partir de abril, para os 5.180 professores e servidores aprovados nos últimos concursos.

Nos 12 polos do Estado, a especialização conta com 2.223 participantes. O curso é promovido pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Educação (SEE) em parceria com a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). No início das atividades, foram distribuídos com os alunos o primeiro dos cinco livros didáticos trabalhados durante o curso.

A capacitação acontece nos polos localizados nas cidades de João Pessoa, Campina Grande, Itabaiana, Cuité, Catolé do Rocha, Araruna, Guarabira, Monteiro, Princesa Isabel, Sousa, Itaporanga e Patos.

O professor de Biologia da Escola Estadual Débora Duarte, em João Pessoa, Kleber Vitor, disse que a especialização é uma oportunidade de capacitar o trabalho do professor e o entendimento sobre Educação. “Vemos como grande oportunidade que o Governo do Estado nos dá de valorizar nossa profissão”.

Ele também ressaltou a importância da parceria entre o Governo do Estado e a UEPB. “O sistema de parceria é o que há de melhor para a Educação, para que as pessoas possam reconhecer a si mesmo e ao outro e daí obter novas experiências. Essa troca é riquíssima para Educação e para sociedade”

A professora de História da Escola Estadual Dagmar Mendonça, Rogéria Flávia de Melo, avalia que “a especialização é tudo, pois nunca tinha tido essa oportunidade. Quando o Governo do Estado ofereceu não pensei duas vezes. Reconheço que está sendo um desafio para mim, pois não tenho muito conhecimento de Informática, mas estou disposta a me esforçar e aprender”.

Formato – O curso acontece aos sábados (das 7h30 às 12h30) e será formado por nove módulos, com previsão para término no dia 11 de março de 2014 com a defesa das monografias. A especialização contempla aulas presenciais e à distância. A grade curricular conta com os seguintes módulos: Identidade e Pluralidade Cultural, Tecnologias Educacionais, Processos de Cidadania e Relações Sociais, Comunicação e Linguagem, Trabalho e Sociedade, Mídia, Cultura e Imaginário Urbano, Teorias e Práticas de Pesquisa, Elaboração e Defesas de Monografias e Encerramento das Defesas de Monografias.

Com inscrições gratuitas, o curso tem como objetivo promover a formação continuada dos profissionais graduados e efetivos que atuam na rede estadual de educação básica.

De acordo com a secretária Márcia Lucena, no curso de especialização os profissionais terão a oportunidade de fazer a capacitação e uma reflexão sobre práticas pedagógicas interdisciplinares, na perspectiva de melhoria da qualidade do processo de ensino e aprendizagem dos estudantes. Tudo de acordo com as normas estabelecidas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional – LDB nº 9394/1996, em seu artigo 67, e a meta 16 do Plano Nacional de Educação (PNE 2011-2020).

“O Curso de Especialização em Fundamentos da Educação: Práticas Pedagógicas Interdisciplinares é parte integrante do Plano de Gestão Paraíba Faz Educação, lançado em agosto de 2011. Terá duração de 12 meses e será realizado em nove módulos, cujos conteúdos curriculares estarão voltados para os eixos temáticos norteadores da Educação no Estado da Paraíba: Educação e Identidade, Educação e Tecnologia, Educação e Campo, Educação e Cidadania, Educação e Cultura, Educação e Cidade, Educação e Comunicação, Educação e Trabalho e Educação e Pesquisa”, destacou a secretária.

SECOM-PB

23 de fev de 2013

Cagepa identifica ligações clandestinas em propriedades rurais e restaurante


A Gerência Regional da Cagepa no Brejo identificou cinco ligações clandestinas na adutora de água bruta da barragem de Canafístula II, no trecho entre os municípios de Pirpirituba e Sertãozinho. A fiscalização teve início nesta quinta-feira (21), após o órgão receber denúncias de que a adutora havia sido violada em vários pontos para abastecer residências e propriedades rurais para dar de beber ao gado e até irrigar plantações. 

Equipes do setor de Operação e Manutenção da empresa fizeram uma busca na adutora, acompanhados de uma viatura da Polícia Militar e de um advogado. Somente na quinta-feira (21) as equipes localizaram cinco ligações clandestinas. No Sítio Nica, zona rural de Pirpirituba, uma única ligação abastecia três residências. O proprietário de uma das residências admitiu a prática criminosa, mas disse que precisava da água para sobrevivência da família. Também foi encontrada ligação clandestina que abastecia um restaurante. 

Todas as ligações foram interrompidas e, de acordo com a gerente da Cagepa, Eulina Dantas Bezerra, o próximo passo será apresentar uma queixa na Delegacia contra os responsáveis, para que seja aberto um inquérito e eles respondam pelos seus atos. "A Cagepa não admite esse tipo de prática e vamos utilizar o que for necessário para coibir", afirmou, adiantando que, desde 1940, com a sanção da Lei nº 2848, furtar água é crime previsto no Código Penal Brasileiro.

SECOM-PB

Entrevista: “A arte de descascar abacaxis”, paraibano Aguinaldo Ribeiro é destaque em entrevista da Revista Rolling Stone


O ministro das Cidades Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) é o destaque de uma entrevista feita pela revista "Rolling Stone" esta semana. O paraibano falou de sua trajetória política e das ações de sua pasta, como: habitação, trânsito, saneamento básico e intervenções em infra-estrutura no Brasil.

 Confira a entrevista na íntegra:

 A Arte de Descascar Abacaxis

Além de abrigar um dos mais gordos orçamentos da Esplanada, o Ministério das Cidades enfrenta desafios que exigem paciência, improviso e doses exageradas de otimismo
 
Por Cristiano Bastos  - Ilustração Lézio Júnior
 
Criado em 2003, o ministério das Cidades tem como meta combater as desigualdades sociais, transformando os municípios em espaços mais humanizados, além de ampliar o acesso da população à moradia, ao saneamento e ao transporte. São, de fato, desafios com os quais o Brasil se depara há séculos. Quem, neste momento, está à frente dessas missões é o ministro Aguinaldo Ribeiro, que é egresso do Partido Progressista, o PP, atual aliado do governo, embora a sigla planeje afastar-se do PT e do governo Dilma Rousseff em 2014. O partido terá candidatos próprios a governador na Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Alagoas e Piauí. Mas, até lá, mantém-se obediente ao governo Dilma. Enquanto isso não acontece, as principais tarefas do ministro nascido em Campina Grande (PB) – atualmente um dos mais jovens da Esplanada (42 anos) – envolvem a coordenação, apoio, fomento e implementação de políticas relativas aos municípios brasileiros. “Desde a parte de planejamento urbano, embora essa atribuição seja municipal”, ele explica, didático, “mas também apoiamos na implementação de políticas de educação, saneamento, mobilidade urbana e infraestrutura como um todo.”


Formado em administração de empresas, Ribeiro tem uma trajetória relativamente curiosa para um político: já fez carreira como cantor de música gospel – “Guiga Ribeiro” era o nome artístico dele. Nos anos 80, chegou a enveredar pelo rock, tocando em duas bandas: Alta Tensão (“de rock pauleira”, define) e Clã de Atenas, mais inclinada ao rock progressivo, com a qual gravou dois álbuns. Na entrevista a seguir, concedida em Brasília, ele comenta o papel do Ministério das Cidades na quebra de velhos e insolúveis paradigmas nacionais, discute os planos para os eventos esportivos que o Brasil irá abrigar nos próximos anos e a criação de obras de prevenção de desastres naturais, além de opinar sobre o papel do governo em tragédias grandiosas que poderiam ser evitadas, como o incêndio na casa noturna Kiss, em Santa Maria (RS).

Quais são as principais missões do Ministério das Cidades?

Nossos maiores desafios são: implementar grandes ações de infraestrutura, cumprir nossa meta do [programa] Minha Casa Minha Vida e realizarmos todas as obras de mobilidade urbana em parceria com estados e municípios, assim como as obras que dizem respeito a saneamento. O objetivo é mudar toda essa infraestrutura em curto espaço de tempo. Ainda temos 2013 e 2014 para fazer isso. Mas é evidente que ninguém muda a infraestrutura do país da noite para o dia. É um desafio muito grande, mudar a cultura e a conscientização, porque nesse processo tentamos mudar a cultura do gestor público municipal. É a cultura de todo um país que avançou e conquistou muita coisa, mas que na área de infraestrutura ainda precisa mudar muito. E para isso precisamos que as parcerias e as ações sejam feitas de forma conjunta.  Sabemos, porém, que muitos gestores estão envolvidos em casos de corrupção. Nós temos um organismo de controle que nos ajuda muito nesse sentido.
 
Sobre as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), um dos tópicos essenciais é o saneamento básico, que contempla ações que, na verdade, não estão à mostra para a população.
O Plano Nacional de Saneamento foi discutido amplamente pela sociedade. Ele visa o saneamento no país com o horizonte de 20 a 25 anos, a partir de agora – da aprovação do plano até sua consecução. Definimos e estipulamos valores de investimento para cada ente federado, para cada ano, para chegar a essa universalização – levando em consideração, claro, o crescimento da população. No ministério,estamos fazendo muitos investimentos em parceria com os governos de estados. Temos hoje cerca de R$ 50 bilhões em contratos em andamento, e estamos concluindo novas seleções de projetos para investimentos para saneamento – tanto para esgoto sanitário quanto para produção de água potável. E, evidentemente, o sistema como um todo, como tratamento e coleta.
 
A questão do saneamento básico ainda é um paradigma na história do Brasil?

Acho que sim, mas estamos quebrando este paradigma. Eu diria que a própria população brasileira não se dava conta da importância do saneamento. Até pelas demandas mais prementes em outras áreas. Tínhamos tantas necessidades, como a fome, por exemplo, que, neste instante, o Brasil está investindo e retomando outras políticas. Uma delas é a de mobilidade urbana, de produzir transporte de qualidade. O Brasil passou muito tempo sem investir nesse tipo de política. Vencemos a questão da instabilidade econômica, a fome e a minoria da renda – hoje temos outro patamar. Houve uma mobilidade social. As pessoas saíram da miséria com poder de compra muito maior, com acesso aos bens de consumo, inclusive com mais conforto. E isso, evidentemente, implica em se ter uma boa infraestrutura. Este é o momento das obras de infraestrutura, de fazer habitação com qualidade, de pensar no Minha Casa Minha Vida como estratégia. É uma ferramenta importante, inclusive, para o planejamento e o crescimento das cidades.

Qual o tamanho do investimento a ser realizado no saneamento nos próximos 25 anos?

Existe uma estimativa do PAC de R$ 430 bilhões, mas não são apenas investimentos do governo federal mas dos governos estaduais e das prefeituras também. É uma cifra muito grande, porque, na verdade, também há uma demanda muito grande. O objetivo é cumprir o plano e ter esse serviço universalizado. Vai se melhorar muito na saúde e se poupar muitos recursos por causa da falta de saneamento. Estima-se que, para cada R$ 1 gasto em saneamento, economiza-se R$ 4 na saúde.
 
A promessa de entregar um milhão de chaves no Minha Casa Minha Vida foi cumprida?

Sim. Em dezembro, atingimos um milhão de chaves entregues. Desde 2009, com a existência do programa, foram contratados, de lá para cá, dois milhões de unidades. Há várias modalidades que contemplam pessoas com renda de R$ 0 a R$ 1.600, que atendem cerca de 60% de indivíduos. Os empreendimentos são concebidos de acordo com cada faixa de renda. A moradia também pode ser definida como um problema histórico que o Brasil carrega. O programa [Minha Casa Minha Vida] é extremamente importante, porque tem um viés de combate ao déficit habitacional, mas também de geração de emprego, de renda e de fortalecimento da economia. Ao contratar vagas, está se promovendo o estímulo à cadeia produtiva da construção civil. Em 2012, tivemos um impacto positivo de 0,8% no Produto Interno Bruto. É um dado muito representativo. Sem falar que estamos concretizando o velho sonho dos anos 70 e 80, da casa própria.

A geração de empregos também gera mudanças na economia local. Quais são os outros benefícios que acompanham esse processo?

São programas que geram emprego de forma imediata. A construção civil tem esse poder, diferentemente de outras estruturas em que se faz necessário preparar projetos antes. Na construção civil, começa-se imediatamente gerando empregos. Essa, eu diria, é a pulverização dos recursos, no sentido de regionalizar, chegar aos rincões mais distantes com tais investimentos. Como estamos presentes em todos os municípios brasileiros, então está se injetando [dinheiro] também na economia local. E assim fomentamos a cadeia produtiva como um todo. Ou seja, é mais fácil comprar no próprio lugar da obra do que trazer [material] de lugares distantes.

Quais são as ações do ministério em problemas que assolam o país todos os anos – como na questão das chuvas, por exemplo?

Nós entramos com o programa de prevenção de desastres naturais. Nossas intervenções são em obras de macrodrenagem e também microdrenagem, e nas intervenções em encostas. Ou seja, nas populações que moram em áreas de risco, para que possamos fazer a “produção habitacional”, que é realocar essas pessoas para lugares seguros.

 A situação da região serrana do Rio de Janeiro é delicada. As tragédias que ocorrem todos  os anos são praticamente anunciadas.
É, mas essas são obras que não são rápidas de serem realizadas. Elas possuem, por exemplo, um cronograma de 24 meses para serem feitas. Porém, várias estão em andamento no Rio. Nas encostas também: há várias obras com recursos disponibilizados  para poderem ser feitas. São intervenções para mitigar o efeito das chuvas na região.

 Mas “mitigar” resolverá o problema, que, possivelmente, se repetirá no ano que vem?

Muitas obras ainda não começaram, até em função da elaboração dos projetos que existiam para algumas intervenções. É esse, aliás, o papel do programa PAC Prevenção, o qual é de responsabilidade do Ministério das Cidades. A outra responsabilidade cabe ao Ministério da Integração. No Rio, a maioria das intervenções é feita pelo estado. A região serrana também tem obras advindas dessa mesma parceria.


E se outros desastres naturais ocorrerem enquanto essas obras estiverem em andamento?

Essa é uma medida de prevenção, uma coisa que tem um ciclo maior. Não é aquela coisa de “vamos resolver; amanhã está pronto”. Mas, ao mesmo tempo, foi feito o mapeamento das áreas de risco. Foi feita também a melhoria e o reforço do sistema de alerta e monitoramento. Em 2012, por exemplo, na área de Friburgo [RJ], o sistema de monitoramento funcionou e, por conta disso, as populações foram retiradas do local. Houve alguns deslizamentos, mas, nesses casos, não teve nenhuma morte. Foi uma ação tripartite: do Ministério da Integração, da Defesa Civil e da Ciência e Tecnologia, que possui os radares, os quais permitem monitorar para saber onde vai chover mais ou ter perigo de inundação.

 Então não seria uma questão de desapropriar as áreas de risco.
Na verdade, há um trabalho, muito importante, que é o social. As pessoas já têm uma cultura arraigada pelo fato de ali estarem morando. Não é, portanto, simplesmente fazer um decreto e tirá-las dali. É, evidentemente, também um trabalho de conscientização, que tem a obrigação de preservar a vida dessas pessoas. Elas podem ir dormir e não acordar no outro dia.

É difícil incutir essa mentalidade?

É um preço muito alto o de ensinamento dessas pessoas, mas o Brasil já assistiu muito a isso. É preciso explicar que se está preparando outra área, dando-se condição de habitalidade. Não é, realmente, um trabalho fácil. São pessoas que cresceram nesses lugares. É o mundo daquelas pessoas. É, no entanto, resultado de uma ocupação irregular. Precisa ser mudado e transformado.

Quais recursos o ministério tem para a questão da mobilidade urbana?

Em mobilidade, temos cerca de R$ 60 bilhões; para saneamento, temos, contratados, R$ 50 bilhões; e tem contratação, nesse instante, também, para o Minha Casa Minha Vida, na ordem de R$ 125 bilhões. Só em prevenção, são cerca de R$ 3,7 bilhões em recursos. Quando falo “contratar”, quero dizer que a obra já está prevista, existe dinheiro reservado e empenhado para isso, mas que ainda não foi liberado pelo governo. O recurso é liberado de acordo com a execução da obra.

 Por falar em mobilidade, o Brasil está prestes a abrigar três megaeventos esportivos – a Copa das Confederações, em 2013, a Copa do Mundo, em 2014, e as Olimpíadas, em 2016. Qual será o papel do Ministério das Cidades?

Apoiar a implementação dos projetos de mobilidade urbana. E aí já temos três etapas, entre selecionados e contratados. De todos esses recursos, temos cerca de R$ 160 bilhões para investimento. São obras que irão para o TRT [Trans Rapid Transport], que são ônibus com parada articulada, o VLT [Veículo Leve sobre Trilho] e o metrô. A grande missão é entregar essas obras para a sociedade, uma vez findados os eventos. Os grandes beneficiários não serão as pessoas que estarão vindo para assistir à Copa; são os locais, que os utilizarão no transporte do dia a dia. Transporte de massa com qualidade.

O ministério apenas disponibiliza os recursos ou também fiscaliza?

Nós discutimos o projeto, avaliamos se a estrutura modificará o contexto urbano da cidade do ponto de vista da mobilidade e, também, a demanda. As obras têm esse caráter estruturante, e a nossa visão é sempre o legado social.

Mas o senhor acredita que esse investimento ajudará a revolucionar a problemática questão da mobilidade urbana no Brasil?

Essas medidas, certamente, são imprescindíveis para que haja a continuidade de um fluxo aceitável nas cidades. Imagine 4 milhões de novos carros por ano. Foi o número de automóveis que tivemos no ano passado.

E como realizar essas implementações se a indústria automobilística continuará a produzir milhões de carros anualmente?

Passa, primeiro, por oferecer alternativas: ter um sistema de transporte público eficiente. Quem diria, por exemplo, que um dia teríamos o pré-sal? Hoje, estamos em outro patamar. Quem diria que o Brasil seria um dos maiores mercados do mundo? Há 20 anos, disse o Collor [de Mello, ex-presidente da República], “andávamos de carroça”. É um sonho que é factível e imprescindível para que tenhamos nosso ritmo de crescimento. Um país que cresce tem que ter infraestrutura. Nós temos hoje uma economia que tem seus fundamentos consolidados. O Brasil tem hoje um mercado importante que o diferencia de outros países, o que é respeitável.
 
As obras de mobilidade urbana estarão prontas até junho, para o início da Copa das Confederações?

Em cada cidade se tem diferentes intervenções. Então temos obras que não estão prontas porque não saíram da matriz, como é o caso de São Paulo, Brasília e Manaus. São obras em que o mais importante é o legado. Consideramos que são importantes para as cidades, independentemente da relevância do evento, até porque teremos cerca de quatro jogos em cada lugar. São importantes para a cidade, para a malha de transporte coletivo de qualidade da qual tanto carecemos.

Mais de 42 mil pessoas morrem anualmente  no Brasil em acidente de trânsito. O que o ministério tem feito a esse respeito?

Esta entrevista para a Rolling Stone, que atinge milhares de pessoas no Brasil todo, é deveras  importante para falarmos sobre a questão da postura do jovem no trânsito. Entendemos como uma questão de postura, ou seja, como o cidadão deve ter o seu direito e seu dever. No trânsito, é a mesma coisa. Estamos estimulando a onscientização no trânsito e, sobretudo, uma mudança de cultura. Trabalhamos de forma permanente por meio da ação “Parada Nacional pela Redução de Acidentes no Brasil – Pacto da Vida”. São três pilares: educação, mobilização e fiscalização. Temos investido muito em publicidade, em que enfatizamos a conscientização no trânsito, como, por exemplo, não beber e dirigir. Você pode causar um acidente e mudar a sua vida e também a de outras pessoas. Somado a isso, há a imprudência, a falta de atenção, de habilidade e de experiência. No final de 2012, distribuímos 1 milhão de bafômetros. Estamos, no fundo, fazendo um chamamento à sociedade, ou melhor, propondo um pacto pela vida.

 
Assessoria