30 de abr de 2013

PEDRA LAVRADA NUNCA FOI, NÃO É E NUNCA SERÁ O 'RABO DA GATA'!


NENHUMA ESCOLA ESTADUAL DA PARAÍBA TEM CONSEGUIDO, COM TÃO POUCO RECURSO, RESULTADOS MAIS IMPORTANTES DO QUE O GRACILIANO FONTINI LORDÃO DE PEDRA LAVRADA .

O Governo do Estado da Paraíba anunciou com grande alarido, a entrega de tablets a todos os alunos matriculados no 1° Ano Médio das escolas estaduais paraibanas. Isso criou uma expectativa gigantesca no alunado e nos professores da rede estadual de ensino.

A entrega parece ser por ordem crescente das regiões Geo-administrativas do estado. Como Pedra Lavrada e boa parte do Seridó “pertencem” à 4ª Região, imaginava-se que, após a entrega dos equipamentos à região de Campina Grande(3ª), nós seríamos os próximos a serem contemplados. Todavia, logo após a visita do governador Ricardo Coutinho à Picuí, espalhou-se por blogs e pelo facebook de alunos e gestores das Escolas Estaduais de Picuí (Professor Lordão) e Cuité (Orlando Venâncio), fotos e textos em que aparecem os tais tablets.

Coisas que se tem dificuldade para entender

Os alunos da Escola Estadual Graciliano Fontini Lordão(PEDRA LAVRADA) procuraram a redação do www.vozdepedra.com para encaminhar um apelo à 4ª Região de Ensino e à Secretaria de Educação do Estado da Paraíba. A indagação é de, o porque da demora para essa entrega.

Considerando que os equipamentos já foram comprados e estão na Secretaria de Educação Estadual, o que se faz necessário para cidades que estão afastadas dos núcleos administrativos receberem essa ferramenta tão importante?

Por que criar expectativa?

Será que as escolas de Picuí e Cuité tem algo muito especial em relação às outras escolas da 4ª Região?

Qual o critério que se usa para se entregar primeiramente os tablets àquelas instituições?

São escolas “mais iguais que outras”?

Vou dar três motivos para a escola de Pedra Lavrada nunca ser esquecida:

1- A Lavradense Rossana Costa, aluna da Escola Graciliano Fontini Lordão(PEDRA LAVRADA), foi Campeã Nacional nas Olimpíadas de Língua Portuguesa (2010), superando “apenas” 7 milhões de concorrentes; Doando à escola um laboratório de informática com dez computadores e uma biblioteca.Vejam a matéria do UOL: <http://educacao.uol.com.br/noticias/2010/11/30/confira-os-textos-vencedores-da-olimpiada-da-lingua-portuguesa-2010.htm>

2- A Escola Estadual de Ensino Médio GRACILIANO FONTINI LORDÃO de Pedra Lavrada, na avaliação do Enem - 2011 (Exame Nacional do Ensino Médio), obteve o SEGUNDO melhor desempenho entre TODAS AS ESCOLAS ESTADUAIS DA PARAÍBA e o SEXTO(quatro são institutos federais) entre todas as escolas públicas do Estado.

O resultado da avaliação foi divulgado em novembro de 2012 pelo Ministério da Educação. A média obtida pela Escola Graciliano Fontini Lordão foi de 568.53 pontos, acima da nacional com 494,8.

3- Em 2010, os alunos da escola não tinham prédio próprio para estudar e frequentavam  precariamente(AQUI e AQUI), uma escola não utilizada pelo município. Foram à luta e, com apoio da população lavradense, fez um protesto inédito fechando a Rodovia PB-177 nos dias 22, 23 e 24 de março de 2010 para chamar atenção para o abandono do prédio da escola(AQUIAQUI e AQUI). Conseguiram a reforma e a escola, com exceção do ginásio, funciona confortavelmente.

O PROEMI – Programa Ensino Médio Inovador- foi iniciado no final de 2012 e funciona muito bem neste início de 2013. Há uma aceitação muito forte dos alunos e das famílias com o ensino integral. Há, também, um comprometimento intenso dos professores, gestores, orientadores e funcionários com o bom funcionamento do programa. Inclusive, o próprio Governo do Estado, através da Assessoria de Comunicação, já deu destaque importante a um dos eventos-“O Festival de Paz”- promovidos por alunos e professores. Clique AQUI para ver a matéria no site do Governo da Paraíba e, AQUI, para ver a cobertura do evento.

Para não parar por aqui, a escola inovou mais uma vez fazendo o primeiro “Simuladão” para o ENEM. A instituição foi toda preparada para  parecer, o máximo possível, com o que os alunos enfrentarão em sua vida acadêmica. Para ver a matéria completa, clique AQUI.

Observem que os alunos, os professores e funcionários da Escola Graciliano Fontini Lordão de Pedra Lavrada estão fazendo sua parte. Mesmo, com grandes dificuldades, a comunidade escolar tem conseguido destaques relevantes a nível nacional e estadual. Por isso, é importante salientar aos gestores, que não tratem as cidades menores e mais distantes dos grandes e médios centros como os últimos da fila.

A escola tem feito a sua parte! Esperamos agilidade -com ênfase, por favor- na entrega dos tablets, das mesas do refeitório e na reforma do ginásio.

Obs.: "Rabo da gata" é uma expressão popular nordestina que remete a lugares distantes dos centros das cidades e desprovidos de serviços públicos básicos.

PEDRA LAVRADA NUNCA FOI, NÃO É E NUNCA SERÁ O 'RABO DA GATA'!

Ex-prefeito de Soledade tenta matar vereador do mesmo partido em frente ao fórum


O ex-prefeito, Ivanildo Gouveia (2005 – 2011), é acusado pelo atual vereador, Márcio do Caminhão (PR), de tentativa de homicídio contra a sua pessoa. De acordo com o vereador, que concedeu entrevista ao jornalista Heleno Lima na noite desta segunda-feira (29), o ex-prefeito estava dentro do seu carro parado em frente ao fórum da cidade com a porta aberta e teria chamado Márcio para um particular.

Sem desconfiar de nada, Márcio se aproximou e Ivanildo já começou a desferir palavras de baixo calão, chamando-o de “vereador desmoralizado”. Porém o vereador disse que apenas lhe cobrou uma dívida que o ex-prefeito lhe deveria, fruto de uma sociedade desfeita em dezembro do ano passado.

“Ivanildo disse muitos palavrões comigo e afirmou que não me devia nada. Em seguida, após me agredir com palavras difamatórias, engatou uma marcha a ré no seu carro e me arrastou por cerca de 10 metros. A minha sorte é que Deus estava comigo naquele momento e consegui me desvencilhar do carro”, explica Márcio.

O vereador sofreu escoriações em ambas as pernas, no braço direito e uma pancada na cabeça. Após passar por exames de corpo delito e pegar um atestado médico por 7 dias, ele foi até a Delegacia de Polícia Civil e prestou uma queixa contra o ex-prefeito por tentativa de homicídio.

Vale salientar que tanto Ivanildo quanto Márcio são filiados ao mesmo partido político, o PR que tem como presidente na Paraíba o deputado Federal. Wellington Roberto.

Política acirrada

Nos últimos anos, a política soledadense vem ficando bastante acirrada, com diversas ações tramitando na Justiça, insultos e violência física e psicológica.

O próprio Ivanildo foi agredido alguns anos atrás no meio da rua por um ex-vereador adversário.

O outro lado

Nossa equipe de reportagem tentou entrar em contato com o ex-prefeito por diversas vezes. Mas ele não atendeu o celular.

Mantivemos ainda contato com alguns correligionários seu, como o atual presidente da Câmara de Vereadores, Louro Delfino (PTB), mas ele também disse que Ivanildo estava incomunicável.

De Olho no Curimataú
Com Heleno Lima

Anderson Eliziário: Em Resposta: “Rádio Boa FM "fecha" portas aos professores de Pedra Lavrada”

Em meio à tamanha repercussão da matéria: “Rádio Boa FM "fecha" portas aos professores de Pedra Lavrada” me dirijo a esse espaço para mostrar a minha versão sobre esse episodio, que está sendo bem forte para min.

Imagem Facebook
Na última quarta, 24 de Abril de 2013, Os professores da Escola Municipal Maria Elenita Vasconcelos Carvalho e da Escola Estadual Graciliano Fontini Lordão aderiram à paralisação nacional dos servidores da educação, programada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Conforme noticiado pelo site vozdepedra.com.

Como foi noticiado na matéria: “Rádio Boa FM "fecha" portas aos professores de Pedra Lavrada”. De fato, alguns docentes solicitaram um espaço no programa “Central de Noticias”, o qual comando, um espaço para a divulgação da adesão a paralisação nacional. Porém, devido a um mal entendido, tal espaço para debatermos sobre esse assunto, a meu ver, ultrapassaria o tempo do Jornal, entrando no horário do programa que vem logo a seguir.

Os Professores: Wagner Tavares, Silvana Dias e Daniel Robson Gomes estiveram no estúdio, onde conversamos e entramos num acordo de fazermos “um programa em especial” na quinta-feira, 25 de abril de 2013, para que além de comunicarmos sobre a paralisação dos professores, pudéssemos explicar a toda à população Lavradense o que significa cada reivindicação que estava sendo feita.  Ou seja, seria bem mais do que um informativo, mais sim, um programa para tentarmos mostra a sociedade a real situação dos professores, tanto a nível municipal quanto a nível nacional, e desmistificar que professor só faz greve ou paralisação por que quer ganhar mais dinheiro, Quando sabemos que a realidade não é bem essa.

Após conversamos, por aproximadamente cinco minutos, isso durante o Jornal, voltei ao ar e expliquei o motivo da demora. Em seguida, li a matéria: “Pedra Lavrada: Professores cruzam os braços e aderem à paralisação nacional” noticiada pelo site vozdepedra.com. Ou seja, ouve a comunicação sobre a paralisação dos professores e das escolas citadas nessa matéria.

Trecho em que comento sobre os Professores:



Depois do Jornal, conversei com os Professores Roberto Solon e Wagner Tavares, onde ficou acertado, entre nós três, que viríamos à rádio, logo mais à tarde, para entrarmos no ar e falarmos sobre o assunto. “Sim, eu marquei para que viéssemos à rádio, também na tarde da quarta, 24 de abril de 2013”.  Só que, nós sabíamos que antes que viessem para a rádio, aconteceria uma reunião entre os professores da rede estadual.

Agora quero explicar o que me aconteceu.

Depois de conversar com os Professores, Roberto Solon e Wagner Tavares, O Vice-Prefeito do município entrou em contato para saber se havia condições de fazer uma gravação, no Centro Profissionalizante, de uma reunião com “Prefeitos e Assessores”, sobre o Consórcio Municipal de Saúde e o Aterro Sanitário, que virá a ser instalado em nossa região.

Pensando que daria tempo de gravar essa reunião, e logo em seguida, fazer um Bate-Papo na Rádio com os Professores, eu confirmei com o Vice-Prefeito que teria condições Sim, e marquei o compromisso. Porém, aconteceu tudo ao contrário. A Reunião dos Professores terminou primeiro e a reunião dos Prefeitos atrasou. Quando estava no Centro Profissionalizante, reparei que os professores, Roberto Solon, Antonio Cordeiro Rodrigues, Daniel Robson e Romana Meira Sampaio, estavam se aproximando da Rádio. Então, fui até o encontro deles e fiquei sem saber o que fazer. Pois, eu havia marcado dois compromissos ao mesmo tempo.

“A Rádio estava Fechada” não por causa dos Professores, mas, por me encontrar no Centro Profissionalizante.

Aqui eu enfatizo: “Por ter quebrado o compromisso com os Professores, peço mil desculpas”. Não tive, e não tenho nenhuma intenção de negar vez e voz no meio de comunicação que faço parte. Nem a professores ou a qualquer outro integrante da minha comunidade. Aqui, ficam meus mais sinceros pedidos de Desculpas. 

Mostrado esse lado do episodio.

Eu não concordo com alguns pontos da matéria: “Rádio Boa FM "fecha" portas aos professores de Pedra Lavrada”. Desde que faço parte desta emissora, sempre lutei pela “Democracia” na Rádio. Sendo essa “Democracia” a característica principal que sempre á destacou das demais da região, vocês mais do que ninguém deveriam ter consciência disso. Eu errei por ter quebrado o compromisso, mas, se vocês ouvirem o áudio do jornal, exibido naquele dia, irão ver que fui á favor de vocês, e que só queria ajuda-los. Não prejudica-los.

Agradeço pelo espaço, e só quero que agora possamos olhar para frente. Pois, um cara pelo qual tenho grande estima, uma vez me falou: “Que quando agimos de maneira certa, tudo pode dar certo”. Espero ter agido de forma correta, dessa vez, utilizando esse espaço.

Atenciosamente:

Anderson Henrique Eliziário da Costa
Diretor Operacional da Rádio Boa Esperança FM

Ouça o áudio do Programa Central de Noticias na Integra, exibido no dia 24 de Abril de 2013.

Vejam o quadro de chuvas em toda Paraíba em abril


Paraíba(PB): As chuvas voltaram à Paraíba após um longo período de escassez. O quadro abaixo mostra qual foi o volume de precipitação em todos os municípios do estado entre os dias 21 e 29 de abril de 2013.

Para visualizar em tela cheia, clique AQUI.
Vejam o quadro de chuvas em todos os municípios paraibanos:

vozdepedra
AESA

CHUVAS: Governo reabre Ponte da Batalha em caráter emergencial até esta terça-feira


O Departamento de Estradas de Rodagem da Paraíba – DER vai abrir, até a manhã desta terça-feira (30), em caráter emergencial, o tráfego de veículos de pequeno porte pela Ponte da Batalha. A decisão foi motivada pelo aumento das águas do Rio Paraíba em consequência das chuvas, o que danificou o desvio construído para o tráfego de veículos em decorrência das obras de ampliação da ponte, atualmente em fase final.
Com a interdição do desvio, a diretoria do DER acionou a empresa responsável pela obra para execução de serviços emergenciais nas duas cabeceiras que darão condições de tráfego aos veículos de pequeno porte. Vale salientar que a parte física da ponte, tanto a antiga como a nova, não sofreu quaisquer danos.
A ponte foi ampliada de 90 para 160 metros de comprimento, com investimento de R$ 2,8 milhões,com recursos próprios do Estado. A obra, que está em fase final, visa eliminar o rompimento dos aterros de encontro da ponte nos períodos de chuvas, evitar interrupções do tráfego da rodovia, reduzir os índices de acidentes rodoviários e oferecer maior segurança à população usuária.
Milhares de veículos trafegam diariamente entre a Capital e o Brejo paraibano pela PB-004 e, consequentemente, pela Ponte da Batalha. Com a obra serão beneficiados diretamente os municípios de Santa Rita, Cruz do Espírito Santo e Sapé, contemplando uma população de 186.741 habitantes.
SECOM-PB

Animais também podem ser terapeutas e ajudar no tratamento de doenças


Na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença. O juramento dos matrimônios se encaixa muito bem na fidelidade dos animais de estimação. Inclusive, hoje a última parte pode ser levada ao pé da letra: está se tornando cada vez mais comum que os pets colaborem para a recuperação de pacientes dos mais variados casos clínicos. "A Terapia Assistida por Animais (TAA) consiste em tratamentos na área da saúde, onde um animal é co-terapeuta e auxilia o paciente a atingir os objetivos propostos para o tratamento", ensina Laís Milani, psicóloga e membro da diretoria da área de Terapia Assistida por Animais do Instituto Nacional de Ações e Terapias Assistidas por Animais (Inataa).

No Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, a entrada de bichos de estimação é liberada desde o ano de 2009, desde que autorizado pelo médico responsável de cada paciente. "Na verdade sempre existiu essa solicitação, que partia de pacientes e familiares. Como existia demanda e isso até encurta a permanência das pessoas no hospital, de acordo com diversos estudos, criamos esse fluxo e o transformamos em uma rotina, com procedimentos claramente definidos e institucionalizados", explica Rita Grotto, gerente de atendimento ao cliente do hospital.

Muitas instituições e ONGs também trabalham levando esses animais até escolas, hospitais e centros de recuperações, como no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas e Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia em São Paulo, e na APAE de Nova Iguaçu e na Casa Abrigo Betel, ambas no Rio de Janeiro. E em muitos casos o animal terapeuta não precisa ser disponibilizado por uma organização não governamental, pode ser o próprio bichinho do paciente.

Qual o animal certo para a pet terapia?
Nem todo animal nasceu para ser um terapeuta, por assim dizer. "Ele precisa ser tranquilo, ter uma personalidade que as pessoas possam abraçar, beijar e apertar, sem que ele reaja", explica o adestrador José Luis Doroci, fundador do Projeto Novo Guia. Os animais mais comuns são os cães e os cavalos, que no geral tem um temperamento mais dócil. Mas gatos, jabutis, peixes, coelhos e aves também podem e são usados nesse tipo de projeto. Até mesmo botos, cobras e aranhas, animais bem mais exóticos, são terapeutas. Quando o pet pertence ao dono, um profissional especializado em TAA pode ajudá-lo a fazer a terapia em casa com o bicho de estimação.

Animais que curam
O benefício terapêutico dos bichos já vem sendo observado há algum tempo. "Em 1955, no Brasil, a psiquiatra Nise da Silveira já relatou os benefícios desta interação observados no convívio de seus pacientes esquizofrênicos com cães e gatos adotados pela instituição aonde trabalhava", relembra Cristiane Blanco, também psicóloga do Inataa.

Não há uma recomendação específica de quem pode ser ajudado pela pet terapia. "Qualquer paciente pode ser beneficiado, desde que não haja alguma contraindicação, como por exemplo, medo de animais, alergia ou problemas de respiração, entre outros", observa a psicóloga Fabiana Oliveira, do Instituto para Atividades, Terapias e Educação Assistida por Animais de Campinas (Ateac). Porém, alguns tipos de pacientes e alguns quadros clínicos têm um resultado já atestado. Confira quais são eles.


   



Estimula crianças

Diversos problemas infantis podem ser melhorados com o convívio com animais. Um exemplo é a melhora do quadro de portadores de autismo. "Elas têm muita dificuldade no contato social e a simples presença de um animal treinado associada a atividades adequadas para eles auxiliam nesse desenvolvimento", relata Paula Lopes, neuropsicóloga da Associação Brasileira de Hippoterapia e Pet Terapia (Abrahipe) e do Centro de Reabilitação Gessy Evaristo de Souza. Estudos mostram que as crianças autistas apresentam diminuição nos comportamentos negativos, como agressividade, alienação, isolamento, entre outros com a presença de cães nas seções, por exemplo.

Hiperativos também encontram benefícios com essa terapia. "O bicho pode deixar a criança mais calma, eu mesmo trabalho com uma que até diminuiu a dose do remédio", conta José Luis Dorici, professor de educação física, adestrador de cães e fundador e coordenador do Projeto Novo Guia, que trabalha com TAA há 13 anos.


Benefícios para os idosos

Os animais são usados principalmente em idosos que apresentam o mal de Alzheimer, mas não existem ainda muitas pesquisas corroborando essa relação. "Observamos, porém, que o contato com o animal proporciona alguns benefícios que podem ajudar na diminuição do impacto emocional desta patologia", descreve a psicóloga Laís Milani. Entre os benefícios estão a melhora do humor, relaxamento e diminuição da agressividade e do estresse, proporcionados pela doença.

O contato é muito benéfico para pessoas mais velhas em geral. José Luis Doroci, fundador do Projeto Novo Guia, de São Carlos, observa isso na prática. "Eles podem estar estressados, revoltados, mas quando você chega com o animal, começam a contar a vida dele, falar de seus problemas e melhoram", explica o educador físico e adestrador. À longo prazo, atividades e terapias com animais podem ajudar em sintomas depressivos, aumentar a socialização de alguns idosos e ate incentivar a adesão a outras terapias.


Tratamento contra o câncer

O tratamento do câncer, principalmente quando envolve radioterapia ou quimioterapia, resulta em muitos efeitos colaterais e desgastes para os pacientes. Nesses casos, há uma grande melhora terapêutica no convívio com animais, com uma série de benefícios. "Dentre eles podemos citar a maior interação com os profissionais envolvidos no tratamento, alívio da dor e desconforto, redução da ansiedade e de sintomas depressivos, diminuição da sensação de solidão ocasionada pelo tratamento, entre outros...", lista Cristiane Blanco, psicóloga do Inatta.


Tratamento de doenças cardíacas

Há uma literatura médica extensa sobre a relação entre animais e o tratamento de doenças cardíacas. Uma pesquisa realizada pela Baker Medical Research Institute comprovou que proprietários de cães e gatos apresentam taxas menores de colesterol e triglicérides que aqueles que não tinham animais. Ambas as taxas favorecem a aterosclerose, formação de placas que entopem as artérias, possibilitando infartos e outros problemas no coração. Além disso, ter um animal de estimação faz com que pacientes com maiores riscos de problemas cardiovasculares, por apresentarem fatores de risco como fumo e excesso de peso, melhoram seus hábitos ao possuírem um animal de estimação.

"Já existe um vínculo formado entre o animal de estimação e seu dono. Há de se pensar na empatia estabelecida entre ambos, o que reforça aspectos psicológicos positivos nesta interação, pois envolve emoções, lembranças", acredita a psicóloga Fabiana Oliveira, do Ateac.


Reduz o estresse

É comprovado que o contato com os animais ajuda a liberar diversos hormônios do bem: endorfinas beta, prolactina e oxitocina. Eles todos atuam regulando as taxas de cortisol, hormônio relacionado ao estado de alerta, o que reduz o estresse. A psicóloga Laís Milani, da Inataa, relembra outros benefícios: "Estudos indicam que a interação homem-animal traz uma sensação de bem-estar e conforto, resultando na diminuição dos níveis de adrenalina, relacionado ao aumento da pressão arterial". Além disso, essa convivência libera outro hormônio, a acetilcolina, que está relacionada ao estado de tranquilidade, diminuição da pressão arterial, frequência cardíaca e respiratória, todos sintomas do estresse.


Melhora o quadro de depressão

É um consenso entre os especialistas que estar com um animal de estimação aumenta a autoestima, senso de valor próprio, o estabelecimento de hábitos positivos e o interesse pelo outro. Tudo isso pode beneficiar pacientes depressivos, que apresentam problemas nessas áreas. "Estudos verificaram um aumento da produção e liberação da serotonina e dopamina, hormônios responsáveis pela sensação de prazer e alegria, após 15 a 20 minutos de interação com o cão", reitera a psicóloga Cristiane Blanco.


Ajuda no tratamento de paralisias

A pet terapia pode ajudar na reabilitação de pacientes de um derrame cerebral, vítimas de acidentes ou portadores de paralisia cerebral, entre outros quadros que envolvem a paralisia. São casos que envolvem muita fisioterapia e também uma queda de autoestima dos pacientes, portanto a interação com os bichos pode ser fundamental para evoluir a parte motora e também atuar no aspecto emocional do paciente. ?As crianças com paralisia cerebral se beneficiam demais, principalmente nos aspectos cognitivos, motores e emocionais?, relata Paula Lopes, neuropsicóloga da Abrahipe. Os cães, por exemplo, podem ser usados durante os exercícios inclusive, o que tira o foco do tratamento para a doença, e o torna uma brincadeira, mesmo para o adulto.


Minha Vida

JUAZEIRINHO: TCE bloqueia contas de duas prefeituras e três Câmaras Municipais da Paraíba

O presidente do Tribunal de Contas da Paraíba (TCE-PB), conselheiro Fábio Túlio Nogueira, determinou o bloqueio das contas bancárias de duas prefeituras e três Câmaras de municípios paraibanos na tarde desta segunda-feira (29). Com a decisão, as prefeituras de São José dos Ramos e Tavares, e também as Câmaras Municipais de Catolé do Rocha, Curral de Cima e Juazerinho, ficarão impedidas de movimentar os recursos dos municípios.

O bloqueio foi determinado porque os prefeitos e os presidentes das Câmaras desses municípios não encaminharam as prestações de contas anuais, referente ao exercício de 2012 ao Tribunal. O prazo legal para a remessa ao TCE-PB era o dia 31 de março último.

Com a medida, as atuais gestões podem apenas realizar depósitos ou transferências para aplicação financeira que preserve o poder aquisitivo dos recursos, e somente podendo ser levantado dito bloqueio por autorização do Tribunal. As prefeituras e as Câmaras de Vereadores ficam impedidas de movimentar suas contas bancárias por meio de cheque ou qualquer outro documento hábil.


WSCOM

29 de abr de 2013

Protesto:Prefeituras da Paraíba fecham as portas dia 13 e vereadores aderem a protesto contra Governo Federal

Buba Germano

Representantes dos nove estados do Nordeste decidiram fechar as portas das prefeituras no dia 13 de maio, em protesto por ajuda para o enfrentamento à seca. A reunião dos prefeitos de cidades nordestinas ocorreu paralela à reunião do Conselho Político da Confederação Nacional de Municípios.

Nesta terça-feira (30), em Maceió (AL), um encontro para definir as ações do dia 13 de maio. O objetivo dos dirigentes da região é mostrar ao país o “tamanho do problema” trazido pela estiagem. A maior dos últimos cinquenta anos.

Os prefeitos vão contar com o apoio da CNM que fará estudos técnicos sobre o tema. Eles querem mostrar as perdas, os “produtos da seca”. No protesto, serão usadas imagens chocantes, como as divulgadas pelo Boletim CNM, nesta edição de abril

De acordo com Buba Germano, presidente da Federação dos Municípios da Paraíba (Famup), a 'greve' dos prefeitos não deverá afetar o atendimento à população. “A orientação da CNM é para fechar as portas das prefeituras, mas é claro que os serviços essenciais à população serão mantidos. Os prefeitos vão parar simbolicamente para demonstrar a insatisfação na forma como o Governo Federal tem tratado as prefeituras na questão da seca”, informou.

Algumas Câmaras de Vereadores também programam  protestos no mesmo dia, aproveitando o movimento dos prefeitos municipais. O presidente da Câmara de Vereadores de Santa Luzia, Marconi Negromonte, confirmou que também vai aderir ao protesto.

O vereador de Santa Luzia disse que irá ainda solicitar a adesão dos vereadores do Vale do Sabugi e já lançou a proposta para os vereadores de toda a Paraíba, através da União dos Vereadores e Câmaras Municipais da Paraíba (UVC-PB). “Vamos apoiar os prefeitos, precisamos que o Governo Federal tem um olhar mais atendo para o Nordeste, para a seca, e os vereadores também precisam encampar esta luta, este momento”, disse o vereador de Santa Luzia.


Portal Correio

Programa Estiagem: Agricultores da Paraíba poderão renegociar dívidas

Dez das 17 agências do Banco do Nordeste (BNB) na Paraíba estão funcionando, a partir desta segunda (29), com horários diferenciados. Serão mais duas horas diárias de atendimento, até 10 de maio, para proporcionar a renegociação de dívidas e a contratação de novas operações financeiras dos agricultores prejudicados pela seca. De acordo com o superintendente do BNB na Paraíba, José Maria Vilar, será possível contratar um crédito novo de até R$ 200 mil para liquidar operações adquiridas até 30 de dezembro de 2012 ou que estejam inadimplentes até 30 de junho de 2012.

Superintendente e gerente executivo do Banco do
Nordeste na PB falam sobre Programa Estiagem
(Foto: Andréia Martins / G1)
O Programa Estiagem, conforme foi nomeado pelo BNB, também terá agências itinerantes, em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural da Paraíba (Emater) e Sindicatos dos Trabalhadores nas regiões que serão atendidas, conforme a demanda dos municípios.
De acordo com Silvio Carvalho, gerente executivo da superintendência do BNB na Paraíba, a ação busca dar mais suporte ao setor primário, responsável por cerca de 6% do Produto Interno Bruto (PIB) do estado e que teve a produção comprometida com o período de seca. O prejuízo revoltou os trabalhadores, que protestaram na porta das agências do Banco do Nordeste em João Pessoa, Campina Grande e Guarabira, reivindicando também a renegociação das dívidas.

Com juros de 1% ao ano e prazo de pagamento de até 10 anos, o Programa Estiagem ainda prevê 40% de adimplência e poderá retirar até 85% do valor total da dívida na renegociação ou quitação. Este valor será oferecido para trabalhadores da região do Semi-Árido, o que compreende 87% dos municípios da Paraíba.
Os recursos que serão empregados nesta ação são oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e possibilitará que o agricultor junte todas as suas dívidas em uma operação de negociação única.
Agricultores familiares poderão renegociar o saldo devedor de seus contratos com o primeiro vencimento em 2016. Neste formato, cada parcela paga até o vencimento terá bônus de adimplência de 80%, mesmo percentual de desconto aplicado em caso de liquidação. Os produtores rurais que não são classificados como produtores familiares também poderão parcelar seu saldo devedor em dez vezes, mas o primeiro vencimento será programado para 2015.


G1 PB

“Faço porque gosto”, diz garota de programa recém graduada

Lola Benvenutti mantém blog em que relata experiências com seus clientes.


Ela tem 21 anos, é recém-formada em letras pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), exibe em tatuagens pelo corpo frases de Guimarães Rosa e Manuel Bandeira, adotou como pseudônimo um nome que faz referência a um personagem do escritor russo Vladimir Nabokov e assume, sem problemas, ser garota de programa. Gabriela Natália da Silva, ou Lola Benvenutti, mantém um blog em que escreve contos baseados nas experiências com seus clientes e chama a atenção ao tentar quebrar o tabu do sexo. “Sempre gostei de sexo, então tinha um desejo secreto de trabalhar com isso e não há nada mais justo, faço porque gosto”, afirmou em entrevista ao G1.

A realidade de Gabriela sempre foi diferente da vida de uma parcela das garotas de programa que são universitárias e optam por se prostituir para manter as despesas com os estudos. "Tem uma categoria nos sites de acompanhantes que são de universitárias e fazem isso porque fazem faculdade particular e precisam pagar, mas eu nunca precisei disso, sou inteligente, fiz faculdade, optei por isso, qual o problema?", questionou. Natural de Pirassununga (SP), se mudou para São Carlos para fazer faculdade, mas por temer algum tipo de retaliação resolveu manter sua identidade como prostituta com discrição até concluir o curso. “Fiquei com um pouco de medo de isso reverberar de alguma forma na faculdade, então achei melhor terminar a graduação para colocar o blog no ar”, disse.

O site recebe cerca de duas mil visitas por dia e é nele que Lola posta sua rotina como prostituta. Entretanto, vê diferença entre sua história e o fenômeno Bruna Surfistinha, pseudônimo de Raquel Pacheco, ex-prostituta que fez fama na internet e teve sua história publicada em livro e roteirizada em um filme. “Ela teve uma vida diferente da minha, com outras oportunidades”, comentou.

Além de manter seus contos e servir como contato entre seus clientes, que chegam a cinco por dia, o blog serve também para levantar discussão sobre o prazer no sexo. “As pessoas são hipócritas, vivem de sexo, veem vídeo pornográfico, mas não falam porque têm vergonha. Um monte de mulher entra no blog e fala que adoraria fazer o que eu faço, mas não tem coragem; e dos homens escuto as confissões mais loucas e cada vez mais esse tabu do sexo é uma coisa besta”, avaliou.

SE VOCÊ FOR MAIOR DE 18 ANOS E QUISER CONHECER O BLOG, CLIQUE AQUI.

Barreiras

Apesar da escolha em ser uma profissional do sexo, Gabriela não desistiu de seguir carreira acadêmica ou dar aulas após a conclusão do curso de letras. “Também quero dar aula, mas por hobby, e além disso também tem a questão financeira, porque dando aula hoje você quase não se sustenta”, analisou. “Acho que as duas coisas são difíceis de casar, é muito difícil que uma escola que sabe o que eu faço me permita trabalhar com eles, vou ter que derrubar barreiras”.

Ainda este ano, ela pretende se mudar para São Paulo, onde vai continuar trabalhando como garota de programa e acumulando um mestrado na Universidade de São Paulo (USP). “Cansei um pouco de São Carlos e agora quero outras coisas, tanto que o mestrado para o qual estou estudando é na USP, converso com alguns professores e quero pesquisar na área de prostituição ou fetiche”, considerou.

Esse tipo de assunto, segundo ela, já é seu objeto de estudo desde a adolescência. “Desde os 14 anos estudo o sadomasoquismo, que hoje está ficando mais popularizado com ajuda do livro ‘Cinquenta Tons de Cinza’, que é marginalizado para quem curte, mas abriu um leque para as pessoas que não conheciam”, explicou.

Interesse pelo sexo

O interesse precoce por sexo começou com uma vontade íntima de deixar de ser virgem, o que considerava ser um ‘fardo’. “Desde os 11 anos queria me livrar desse fardo, mas perdi a virgindade com 13 anos e a primeira vez foi péssima, com um homem de 30 anos que conheci pela internet”, relembrou. No início, Gabriela ficou em dúvida sobre o prazer causado pelo sexo.“Não fiquei confortável, fiquei um tempo sem fazer pensando em como era possível as pessoas falarem tanto disso, mas aí depois de um tempo eu fui gostando e a percepção mudou”, revelou.

Segundo Gabriela, nunca houve um episódio em sua vida que despertasse um interesse incomum para sexo. “Todo mundo fica me perguntando qual foi o fato que desencadeou isso, eu respondo que nada, meus pais foram ótimos, tive uma ótima educação, entrei na faculdade direto, fiz uma boa universidade e só”, garantiu.

Relação com a família

Como a personagem Tieta, da obra de Jorge Amado, Lola causa alvoroço quando retorna para sua cidade natal, mas a relação com a a família atualmente é estável. “Eu não vou muito pra lá, sinto que toda vez que vou, levanto uma poeira de discórdia e os vizinhos ficam comentando. Minha mãe já desconfiava porque nunca pedia dinheiro para ela e a relação foi muito mais difícil porque ela se importa muito com o que os outros dizem, mas a gente se fala”, disse.

Com o pai, militar da reserva, há uma relação de respeito e separação entre Gabriela e Lola. “Meu pai ficou seis meses sem falar comigo, eu achei que fosse pra vida toda, mas aí teve a minha formatura e ele veio. Na ocasião, disse que a filha dele era a Gabriela, não a outra, deixando bem claro que não compactua com isso. Mas ele ficou do meu lado e acho ele um herói porque não me abandonou”, confessou.


G1

Vereador propõe aumento aos professores especialistas

Tota Cordeiro
Pedra Lavrada(PB): Na última Sessão Ordinária o vereador Antônio Cordeiro Rodrigues, Tota Cordeiro, apresentou requerimento na Câmara Municipal de Vereadores, com intuito de atender uma antiga reivindicação de todo o magistério lavradense.

A propositura reza sobre a alteração do PCCR da categoria, onde, a título de valorização do magistério e incentivo à constante atualização profissional aumenta, dos atuais 10% para 20% sobre o salário, a gratificação para os profissionais que fizerem cursos de Especialização. A iniciativa é importante pois, o município de Pedra Lavrada é o que paga um dos menores valores aos professores especialistas da região. 


Vejam o requerimento:

Estado da Paraíba
Câmara Municipal de Pedra Lavrada
Casa de “Egídio Gomes Barreto”
SECRETARIA PARLAMENTAR



Requerimento Nº 53/2013, de 23 de abril de 2013.


AUTOR: VEREADOR ANTONIO CORDEIRO RODRIGUES

ASSUNTO: FAZ APELO AO CHEFE DO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL PARA FAZER UM ESTUDO TÉCNICO DE DISPONIBILIDADE DE RECURSOS FINANCEIRO RELATIVOS AO FUNDEB, PARA GARANTIR UM AUMENTO DE GRATIFICAÇÕES, E UMA REFORMULAÇÃO DO PLANO DE CARGO SALÁRIO E REMUNERAÇÃO DO MAGISTÉRIO DO MUNICÍPIO DE PEDRA LAVRADA/PB.

              Excelentíssimo Senhor Presidente,
             Requeiro a Vossa Excelência, com base no Regimento Interno desta Casa, e depois de ouvido o plenário que seja feito apelo ao Chefe do Poder Executivo Municipal, Sr. Roberto José Vasconcelos Cordeiro, para um estudo técnico de disponibilidade de recursos financeiro relativos ao FUNDEB (Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica), para garantir um aumento de gratificações, e uma reformulação do plano de cargo salário e remuneração do magistério do município de Pedra Lavrada/PB. Sendo 20% (vinte por cento) para os Professores com Especialização, 30% (trinta por cento) para os Professores com Mestrado, e 50% (cinquenta por cento) para os Professores com Doutorado.
             Certo que o meu pedido é justo e viável, peço a aprovação e o encaminhamento para as providencias necessárias.
            Atenciosamente,
                    _________________________________
ANTONIO CCRDEIRO RODRIGUES
VEREADOR



Rua 13 de janeiro, nº 105 – Pedra Lavrada – Estado da Paraíba – CEP.: 58180-000
CNPJ 41.210.139/0001-47 - TELEFAX: 0**83.3375.4060

Chuva forte volta à Nova Palmeira


Nova Palmeira(PB): A chuva que começou por volta das 17h00 teve duração de mais de um hora. 
A queda d'água fez com que a população de Nova Palmeira se enchesse de esperança para os próximos dias. 

Muita gente conseguiu encher as cisternas de suas casas, aliviando um pouco a situação, que anda complicada por causa da seca. 

Informações chegadas, dão notícias que no Abreu (comunidade quilombola) a chuva chegou a passar os 80mm. Choveu também na Papa-Fina cerca de 35mm, onde todas as cisternas ficaram cheias e o barreiro tomando água.

Blog de Nova Palmeira

28 de abr de 2013

"Festival da Paz" foi um sucesso!

Turma "Lumos" - 3° Ano Médio - PROEMI - Festival de PAZ
Escola Graciliano Fontini Lordão - Pedra Lavrada - Abril 2013
Pedra Lavrada(PB): A Escola Estadual de Ensino Médio Graciliano Fontini Lordão promoveu, exitosamente, no dia 19 de abril último, o 1° “Festival da Paz”. A iniciativa foi da turma “LUMOS” (3° ANO “A”) do “Programa Ensino Médio Inovador (PROEMI) e da professora Mariclécia Gomes(Inglês e ICP). O evento ocorreu no Clube Mário Vasconcelos entre às 8h e 12h.
O convite para o 1° Festival da Paz foi destinado a toda comunidade lavradense. 

O evento teve o seguinte roteiro:

1.  Louvor de abertura com apresentação de vídeo e músicas cantadas e tocadas por alunos e ex-alunos da escola;
2.  Abertura e acolhimento com as alunas Karmem Valnice e Daylla Souto Silva;
3.  Apresentação da música Imagine de John Lennon com os alunos Genivaldo Geyffison(violão e voz)  e Esthela Dalvanice(voz). A música foi traduzida pelas alunas Jayne Almeida, Erlane Macêdo, Fernanda Lima, Ingrid Silva,  Rayssa Raquel, Aline Marta, Kaliny Bruna e Rayanna Felipe,  para Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS);
4.  Fala das alunas Bruna de Oliveira e Rayane Joice;
5.  Soluções: Opiniões/Depoimentos/Violência;
6.  Momento de reflexão com a Psicóloga, compositora e cantora Edna Costa;
7.  Abraço da Paz – Louvor
8.  Apresentação da música “É PRECISO SABER VIVER” de Roberto Carlos  com o músico Márcio Souto e Anderson Eliziário;
9.  Interação com realização de brincadeiras sobre a “Cultura de Paz”;
10. Louvor;
11. Lanche;
12. Encerramento com soltura de bolas brancas para simbolizar a PAZ;

Alunos das escolas municipais João da Mata Lucena e Maria Elenita de Vasconcelos Carvalho, do “Mais Educação”, “PRO JOVEM”, PETI e EJA participaram do evento. A comunidade lavradense também compareceu em bom número e, o Clube Mário Vasconcelos ficou completamente tomado pelo clima de tolerância e fraternidade que foi amplamente pregado pelos organizadores do Festival.

Além do “Voz de Pedra”, o evento foi divulgado no site oficial do Governo do Estado da Paraíba (AQUI)  e em vários blogs da Região do Seridó Paraibano.


CLIQUE AQUI PARA VER AS FOTOS.

Vejam o vídeo:




Leiam o discurso inicial:

A Paz sempre foi um assunto que esteve em evidência no mundo todo. Talvez na atualidade tem sido mais abordado. Não importa o local ou a classe social, lá está em pauta.
Digo que não devemos lutar contra a guerra e sim permanente e incessantemente buscar a paz. A luta contra algo, por si só já traz a falta de paz. Só de pensarmos em guerra, estamos usando energia e ambiente para que ela ocorra.

Comecemos analisando do ambiente macro para o micro. Tomemos o panorama global e observamos guerra e violência por toda parte. Ambientes amistosos tornaram-se exceção. É verdade que desde os primórdios da humanidade, os povos se digladiaram, muitas vezes por causas estúpidas e ignorantes do verdadeiro sentido da vida, como também ocorre hoje. Também é verdade que muitas pessoas dedicam suas vidas em busca da paz pelo mundo afora. Algumas conseguem maravilhas, mas parece-nos que a maioria não obtém êxito nesta empreitada.

 Tarefa muito árdua conseguir a paz entre todos os povos, não é mesmo? Poucos acreditam que seja possível.

 Busquemos um ambiente menor, o nosso país. Muitos em discursos excitados defendem que no Brasil não há guerras desde a metade do século passado, que Deus é brasileiro, que vivemos em um país abençoado e por aí vai. Esses inflamados discursos caem por terra quando observamos o comportamento da população, da polícia e dos governantes, na maioria dos estados, principalmente nas grandes capitais. Chacinas, violência contra o patrimônio e a vida, narcotráfico, contrabando e outros tantos itens de uma imensa e repugnante lista. Também parece-nos muito difícil mudar esse quadro e, muitas vezes, apontamos quem seriam os verdadeiros culpados por tanta crueldade.

Vamos observar um ambiente ainda menor, nossa cidade, nosso bairro. Agora podemos notar vários casos de sucesso em busca da paz e harmonia entre as pessoas. Infelizmente, sabemos que essas exemplares ações são muito pequenas diante da necessidade da população. Ações governamentais, projetos desenvolvidos por grupos religiosos, empresas, escolas e outros organismos, que têm a sua frente seres abençoados que não se calam diante das injustiças e unidos conseguem mudar a vida de muitas pessoas.

 Parece que estamos chegando a analisar ambientes onde a paz é mais palpável, eu digo que sim. Olhemos para a nossa família, para o nosso ambiente familiar, para o nosso convívio. Somos uma família que vive harmonicamente e em paz? Cada um de nós é responsável por esse ambiente ideal. Respeitamos a nossa esposa, o esposo, os nossos filhos, os nossos pais? Aqueles que convivem conosco, como gostaríamos que nos respeitassem? Como podemos fazer isso? Devemos agir com calma e serenidade e não nos deixarmos abalar com pequenas coisas. Assim descobriremos que a paz, que tanto almejamos está tão perto, aqui dentro de nós. Sempre esteve aqui. Se só pensarmos coisas boas, fazemos coisas boas e atraímos pessoas afins.

 Digo que a solução para a paz mundial é micro, está em nós. Não custa nada tentar e, digo mais, não esperemos chegar em casa para iniciar essa inebriante experiência. Comece agora, já. Olhe para quem está ao seu lado, não precisa dizer nada, apenas de um sorriso, que é a maior demonstração de paz. Pense duas vezes antes de olhar para alguém com desprezo por causa de seu comportamento, classe social ou qualquer outro motivo. É necessário virar o rosto e ter uma resposta na ponta da língua quando alguém lhe pede esmola ou qualquer ajuda? Procure não revidar uma ofensa, por mais contundente que ela pareça ser. Um dia depois, ela já não terá tanta importância para você.

 Pense paz, aja com paz e sua vida estará repleta de paz. Por consequência sua família, seu bairro, sua cidade, seu estado, o país, o mundo respirarão paz.
 Seja um exemplo de paz.

 Por fim digo: Siga o maior exemplo de paz que já pisou na terra, o de Jesus Cristo. Nem de longe estou dizendo que devemos agir como ele. Se bem que ele disse que somos capazes de fazer obras tão grandes ou maiores que as dele, basta acreditarmos. Peço que simplesmente pense nele quando diante de uma situação de controvérsia. E a solução, a paz, aparecerá.

 Fiquemos em paz!
Alex Dahlke

VOZDEPEDRA
TURMA LUMOS

Primeiro casamento gay da Paraíba pode ser autorizado na terça-feira


O primeiro casamento civil entre pessoas do mesmo sexo pode estar prestes a ser realizado na Paraíba. Depende apenas do resultado de um estudo que vem sendo realizado pelo corregedor-geral do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos. O estudo pode resultar na edição de um provimento com orientações sobre casamentos homoafetivos e que deverá ser seguido pelos cartórios de registro civil em todo o Estado. O provimento, que não precisará passar pelo Pleno do TJPB, será publicado até esta terça-feira no Diário da Justiça eletrônico.

O estudo do corregedor atende a pleito formulado pelo presidente da Comissão da Diversidade Sexual e Direito Homoafetivo da Ordem dos Advogados da Paraíba, Seccional Paraíba (OAB-PB), José Baptista de Mello Neto, que defende a regulamentação do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo com base no que estabelece a Constituição Federal e em decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

O desembargador Márcio Murilo disse que ainda está estudado o caso, com base no que dispõe a lei e a jurisprudência, e prometeu um posicionamento no início desta semana. “A Corregedoria Geral está fazendo um estudo jurídico detalhado do caso, sempre respeitando a Constituição Federal e as decisões das cortes superiores. Não temos e não devemos ter posicionamentos pessoais e nem religiosos sobre a essa questão”, afirmou.

De acordo com José Neto, desde maio de 2011, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou casamento entre pessoas do mesmo sexo. Além disso, o Supremo Tribunal Federal (STF), no mesmo ano, em decisão unânime, reconheceu a união estável entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar, atribuindo-se aos conviventes homoafetivos os mesmos direitos e deveres decorrentes da união estável heterossexual.

“O casamento civil homoafetivo é legal, só precisa de uma regulamentação, como vem ocorrendo nos demais Estados da Federação, nos quais em 11 já houve disciplinamento por meio de provimentos, instruções normativas e até mesmo ofícios circulares emitidos pelas Corregedorias de Justiças dos respectivos Tribunais”, comentou o advogado.

José Neto informou que os Estados em que o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo está regulamentado são: Paraná, Bahia, Alagoas, Ceará, Sergipe, Piauí, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

O advogado acredita que não há razões para que o Estado da Paraíba se mantenha neste impasse, sem disciplinar a matéria, e siga o exemplo que vem ocorrendo nos demais Estados brasileiros.

“Acreditamos que a Paraíba não vai apresentar um perfil retrogrado, conservador e vai editar este provimento autorizando o processamento dos pedidos de habilitação de casamento entre pessoas do mesmo sexo”, declarou José Neto.

Advogado vê fundamentação legal - De acordo com José Neto, a regulamentação do casamento entre pessoas do mesmo sexo tem fundamento legal na Constituição Federal, nos artigos 3º e 5º, que estabelecem princípios e referências para legalidade e para não discriminação, no que diz respeito à dignidade da pessoa humana e da igualdade de todos perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, inclusive o sexo.

Na prática, como explicou o advogado, o provimento permitirá que todo casal homoafetivo possa solicitar junto ao cartório de registro civil, a habilitação direta para o casamento civil, sem se deparar com resistências ou qualquer tipo de discriminação.

O advogado revelou que a luta da Comissão da Diversidade Sexual e Direito Homoafetivo da OAB-PB começou no ano passado, quando um casal homossexual (dois homens) foi ao cartório para se habilitar para o casamento, foram tratados com desdém e preconceitos.

“Nós recorremos da decisão, o juiz deferiu o pedido, mas o Ministério Público pediu impugnação, com base no artigo 1.514 do Código Civil, de que o casamento deveria ser entre homem e mulher. O caso está em grau de recurso junto ao Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça da Paraíba”, revelou.

De acordo com José Neto, além deste caso, que se encontra em grau de recurso, há pelo menos 18 outros casais que já procuraram a Comissão, só em João Pessoa, aguardando uma decisão favorável em relação ao casamento homoafetivo no Estado, e todos eles recebem apoio e atendimento gratuito. “O que eles querem todos é que a conversão da união que mantém em casamento, não estamos pleiteando casamento no religioso, mas sim, no âmbito civil, como já vem ocorrendo em vários Estados da Federação”, comentou o presidente.

O advogado revelou ainda, que assim que houver disciplinamento regulamentando o procedimento para o casamento homoafetivo pela Corregedoria Geral de Justiça, deverá haver uma cerimônia coletiva com dezenas de casais na Paraíba, a exemplo do que vem ocorrendo nos demais estados.

“Em São Paulo, assim que houve a regulamentação houve um casamento coletivo com 40 casais. No Rio de Janeiro já houve três sessões coletiva, com casamentos de pelo menos 50 casas, em cada sessão. Aqui devemos contar com mais de 100 casais”, informou. (AR)

Na Câmara e no CNJ - Além dos provimentos e resoluções normativas baixadas pelas Corregedorias de Justiça de vários Estados, o casamento entre pessoas do mesmo sexo, tem outros aliados que estão em tramitação no âmbito da Câmara dos Deputados e no Conselho Nacional de Justiça.

Na Câmara dos Deputados há em tramitação um projeto de lei de autoria do deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ), que prevê alteração de vários artigos do Código Civil brasileiro e está em curso, mediante a coleta de assinaturas, a apresentação Projeto de Emenda Constitucional (PEC), que prevê alteração do artigo 226 da Constituição Federal, para instituir o ‘Casamento Civil Igualitário’, também de autoria do parlamentar.

As propostas do parlamentar, que é coordenador da Frente Parlamentar Mista pela Cidadania LGBT, é resultado de ampla campanha realizada com militantes do movimento que teve como slogan “Quem ama tem o direito de casar – Pela aprovação da PEC do Casamento Civil entre Homossexuais”.

O projeto de Lei, que foi protocolado no mês passado, e ainda não tramitou nas comissões da Casa, prevê a alteração de 11 artigos da Lei 10.406/2002, o famoso Código Civil brasileiro. Os artigos passíveis de alterações são: 551, 1.514, 1.517, 1.535, 1.541, 1.565, 1567, 1598, 1.642, 1.732 e 1727.

Na justificativa do projeto os autores defendem que o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo deve ser o mesmo, deve ter os mesmos requisitos e efeitos, deve garantir os mesmos direitos e deve levar o mesmo nome que o casamento civil entre pessoas de distinto sexo. Além disso, que a única maneira de garantir igualdade em relação ao casamento civil é que todas as pessoas tenham a ele, sendo, imperiosa e justa, a necessidade da aprovação do projeto.

Artigo 226 da Constituição - A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) prevê a alteração do artigo 226 da Constituição Federal. A frase que afirma que o casamento será entre homem e mulher será alterada para “o casamento será entre duas pessoas”. Para apresentar a proposta na Câmara dos Deputados, Jean Wyllys precisa da assinatura de 172 parlamentares. Mas até agora só conseguiu 100 subscritores, cujos nomes preferiu não divulgar, antes da formalização da proposta.

O projeto de Lei e a PEC, que têm o objetivo de fazer com que o direito ao casamento gay e as garantias decorrentes dessa união saiam da esfera do Judiciário, ganharam força e vários apoiadores depois da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu, em 2011, a união estável em relacionamentos homoafetivos.

De acordo com Jean Wyllys (PSOL-RJ) que continua buscando assinaturas dos colegas deputados para apresentação da PEC, no início, foi muito difícil, quase impossível, mas está conseguindo grandes avanços.

O deputado afirmou que houve grandes avanços na Justiça, principalmente após a sentença do STF, que reconheceu que os casais do mesmo sexo podem constituir uma família e têm direito à união estável com os mesmos requisitos e efeitos que as uniões estáveis de homem e mulher, e do STJ, que reconheceu o direito ao casamento civil de um casal de lésbicas do Rio Grande do Sul -, vários estados regulamentaram o casamento civil entre pessoas do mesmo sexo por decisões do Judiciário. “Em todos esses estados, qualquer casal tem direito ao casamento civil. É só ir ao cartório e marcar a data do casamento e casar”, comentou, ressaltando, que ainda falta que esse direito chegue ao resto dos estados brasileiros.


Portal Correio

Estudante inventa estupro coletivo para esconder da família homossexualidade


Caso na Paraíba chegou a ganhar repercussão nacional

A Polícia Civil da Paraíba concluiu neste sábado (27), o inquérito policial sobre o suposto estupro coletivo envolvendo uma adolescente de 14 anos, na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, no dia 10 de abril deste ano. De acordo com o delegado Pedro Ivo, que presidiu as investigações, ficou comprovado que a estudante criou a história para esconder a homossexualidade.

“Não ocorreu o crime. A estudante confirmou durante depoimento que não foi sequestrada na frente da escola, não foi colocada em van e nem foi estuprada por cinco homens. Ela criou a história para esconder da família que é lésbica. Ela estava em Campina Grande onde foi encontrar com uma ‘namorada’, após marcar um encontro no facebook”, revelou o delegado de Homicídios, Pedro Ivo.

Delegado
O delegado revelou que após o crime ser noticiado todo o efetivo investigatório da Secretaria de Segurança Pública da Paraíba foi mobilizado para elucidar e, possivelmente, prender os envolvidos.

“Durante semanas, a gente se debruçou no caso e a medida que as investigações iam se aprofundando, o desfecho nos levava para um caso inusitado. Ouvimos 12 pessoas entre famílias, amigos da estudante e comerciantes, onde a vítima disse que foi levada, e coletamos muitas provas”.

De acordo com o delegado, a estudante foi submetida a exames periciais onde foram coletados materiais genéticos para prender os supostos estupradores. “A adolescente passou por exames, mas o resultado não ficou pronto. Como ela percebeu que a gente estava perto de descobrir o caso, a estudante abriu o jogo e disse que não foi estuprada”.

Segundo Pedro Ivo, como não houve crime, o caso foi encerrado. “Foi um ato de irresponsabilidade da menor inventar um estupro que não aconteceu. O caso ganhou proporção nacional”.

No dia 10 de abril, a estudante procurou a Polícia Militar informando que foi estuprada por cinco homens quando ela saía do Colégio Carlos Chagas, no bairro do Tibiri II, em Santa Rita. Segundo a PM, a menor disse que estava nas proximidades da escola quando foi abordada por dois homens que a obrigaram a entrar em uma van onde mais três rapazes a esperavam. Em contato os policiais, a adolescente relatou que os acusados colocaram um pano no rosto dela e a doparam.

À época, o pai da garota confirmou que ela teria sido levada para um matagal e estuprada pelos criminosos. Após a consumação do estupro, os acusados teriam deixado a adolescente na avenida Campina Grande, três horas depois, no mesmo bairro onde foi raptada.


Portal Correio

Revolta do povo da Paraíba a Neymar pode prejudicar em 50% suas finanças

“É caro usar o Neymar”, diz diretor da Nielson Sports; “Ele não teve respeito com a Paraíba”

Escolhido como principal garoto-propaganda nas ações ligadas à Copa de 2014, Neymar começa a ser tratado como vilão até por parte da torcida do Santos, é o que afirma o jornalista esportivo do Blog Uol, Perrone. Após as vaias em Belo Horizonte com a seleção, ele voltou a ser apupado por sua própria torcida neste sábado, contra o Palmeiras. O novo cenário gera incertezas no grandioso projeto de marketing construído em cima de sua imagem.

“De repente, o jogador que mais aparece nas propagandas de TV do país viu crescer a rejeição a ele”, afirmou o comunicador, lembrando o episódio ocorrido na Paraíba, quando ao chamar um jogador de “Paraíba” causou revolta entre os paraibanos.

“É natural que as marcas se retraiam num momento assim. Nenhuma marca quer escândalo, nenhuma quer se associar a algo ruim. Chamar os outros de Paraíba é preconceito. Se a marca puder não se envolver, não vai se envolver”, disse ao blog do comunicador o diretor da Nielesn Sports, Rafael Plastina, especializada em pesquisas de mercado.

“Não sei se o impacto disso vai ser direto, se ele logo terá 50% da sua receita de marketing cortada. Neymar deve ter cuidado com a maneira como age. Ele não teve respeito com a Paraíba e com os torcedores em geral quando disse estar nem aí para as vais em Belo Horizonte”, completou Plastina.

Ainda de acordo com o blog do Perrone, na opinião do diretor da empresa de pesquisas, o jogador terá problemas se alguma empresa nesse momento estiver negociando um contrato de patrocínio com ele.

“É caro usar o Neymar. O profissional que neste momento quer fechar um contrato com ele,vai ter dificuldade para convencer o chefe. Você acha que o cara vai querer se arriscar?”, disse o especialista. Para ele, independentemente das críticas, a imagem do santista ficou banalizada pelo número de comerciais que fez. Já na opinião de Ricardo Hinrichsen, diretor da Golden Goal Sports Venture, empresa de gestão esportiva, é cedo para detectar danos à imagem de Neymar.

“Claro que não é bom ser vaiado, não importa a circunstância. Acho apenas, que no caso dele, pelo menos por enquanto, as consequências em termos de marketing são limitadas”, afirmou.

Ainda na matéria em seu blog, Perrone afirma ter telefonado para o pai de Neymar e para o agente Wagner Ribeiro, mas eles não atenderam ao celular.

“Patrocínio é algo especialmente importante para Neymar, pois a maior parte de seus rendimentos mensais é gerada pelos contratos de patrocínio”, afirma Perrone, que completa: “A situação atual coloca em risco o império publicitário construído pelo craque. Veja abaixo dados de pesquisa realizada pela Nielsen que confirmam a popularidade do santista. Em 2011 e 2012, ele foi o mais lembrado e admirado pelos entrevistados”.


MaisPB
com Blog do Perrone

Governo discute ações de saúde voltadas para população LGBT


As ações de saúde voltadas para a população LGBT foram discutidas nesta sexta-feira (26), durante seminário promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (SES). O I Seminário Estadual de Saúde da População LGBT aconteceu durante todo o dia no auditório do Centro Formador de Recursos Humanos (Cefor) e reuniu aproximadamente 100 pessoas, entre representantes das Gerências Regionais de Saúde e representantes de Organizações Não Governamentais (ONGs).
A representante do Ministério da Saúde e coordenadora do Comitê Técnico Nacional de Saúde Integral da População LGBT, Kátia Souto, participou do seminário, proferindo a palestra “Atualização sobre os avanços da Política Nacional de Saúde Integral da População LGBT e desafios para o Estado da Paraíba”. Para ela, o evento marca um dia importante não só para a população LGBT, mas para toda a sociedade. “A nossa sociedade ainda é discriminatória, não só para a sociedade LGBT, mas para os negros, os indígenas, pessoas com deficiência, e até com relação aos idosos. A política LGBT procura dialogar com as demais políticas, para assim elegermos prioridades”, comentou.
De acordo com a presidente da Associação dos Travestis da Paraíba (Astrapa) e representante do Comitê Nacional de Saúde Integral da População LGBT, Fernanda Benvenutty é extremamente importante reunir gestores para o diálogo em torno da população LGBT. “Nós buscamos aqui um dia de boas propostas e de resolutividade para essas propostas. Que os gestores possam dialogar e conhecer cada vez mais a população LGBT, que é uma população ampla e diversa. Eventos como esse são importantes para reunir as cabeças pensantes desse movimento e trazer políticas efetivas de saúde LGBT na Paraíba”, disse.
Segundo a gerente operacional das DST/AIDS e Hepatites Virais da Secretaria de Estado da Saúde, Ivoneide Lucena, o seminário faz parte das ações do Comitê Estadual de Saúde Integral da População LGBT. “O nosso objetivo aqui é fortalecer o diálogo e as ações de cuidado para com essa população, que não é pequena no Estado. Queremos dar visibilidade a essa população, que infelizmente ainda é vista com muito preconceito pelas pessoas e para isso devemos colocar em prática o que vem ocorrendo na atual gestão em todas as Secretarias Estaduais, que é o respeito à individualidade humana, e incluir essa população nos serviços de saúde”, ressaltou.
Ivoneide Lucena destacou que o Estado, por meio da Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana (Semdh), implantou o Espaço LGBT, onde são disponibilizados atendimentos com psicólogos e advogados para as pessoas que fazem parte da população LGBT. “Além disso, nos próximos dias a SES estará implantando um Ambulatório Estadual de Saúde da População TT (Travestis e Transexuais), no Hospital Clementino Fraga. Nesse local as pessoas terão o acompanhamento de fonoaudiólogo, ginecologista, endocrinologista, psicólogo, dentista, entre outros. Dessa maneira, acredito que estamos avançando, resignificando e propondo formas de cuidado para as pessoas LGBT do Estado”, completou.
“É um momento de pensarmos e implementarmos políticas de acesso à saúde integral para lésbicas, travesti ou mulher trans, homem trans e gay”, enfatizou a gerente executiva de Direitos Sexuais e LGBT, Roberta Rocha Schultz.
Também estiveram presentes ao evento a secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Gilberta Santos Soares; a diretora do Complexo Hospitalar Clementino Fraga, Adriana Teixeira; e o representante do Fórum de Entidades LGBT da Paraíba, Luciano Vieira.
SECOM-PB

Escola realiza "Simuladão" preparatório para ENEM; Vejam o gabarito

Pedra Lavrada(PB): A Escola Estadual Graciliano Fontini Lordão, promoveu na última sexta-feira(26) o primeiro "simuladão" preparatório para o ENEM. 


Toda a escola preparou-se para realização da "prova" nos moldes que são realizadas todas as provas de vestibular e concursos públicos. Onde o objetivo principal é preparar o alunado para situações de estresse que, certamente, passarão no seu futuro acadêmico. Outra finalidade igualmente importante, é fazer os alunos se habituarem a administrar o tempo em situações como essa. 



A aplicação das provas foi baseada nos moldes, já estabelecidos, dos grandes certames que são frequentemente realizados no Brasil. O rigor no cumprimento dos horários e a postura disciplinar nas salas -onde foram aplicadas as provas-, que são exigidos em todo concurso, foram pontos destacáveis na atividade.


A distribuição dos alunos nas salas foi feita de forma randômica e obedecendo a proporcionalidade de alunos por série. Onde, cada carteira foi antecipadamente identificada com o respectivo nome.



O "simuladão" foi realizado da seguinte forma: pela manhã foram aplicadas as provas de Física, Matemática, Inglês, Filosofia e Sociologia e, à tarde, as provas de História, Língua Portuguesa, Biologia, Geografia e Química.


 Cada disciplina tinha dez quesitos e quatro alternativas para respostas a serem marcadas em seu respectivo gabarito.


O resultado será apresentado aos alunos e alunas da escola na próxima semana. Onde, haverá uma avaliação do trabalho realizado destacando os pontos positivos e os negativos. Alem da avaliação rotineira entre os professores, equipe pedagógica e direção, o alunado também será ouvido. Para que os mesmos também emitam opiniões que possam vir a trazer melhoras e, corrigir eventuais desvios.


A realização do "simuladão" é bimestral e, corresponde a última nota a ser considerada para encerramento de cada bimestre.

Vejam o gabarito do simulado:

VOZDEPEDRA.COM
EEEM GRACILIANO FONTINI LORDÃO - PEDRA LAVRADA
Fotos: Professora Priscila Dias