29 de jul. de 2013

Líderes da gestão de Veneziano Vital se voltam contra ex-gestor de CG

Ex-chefe de gabinete, vereador e ex-deputado federal abandonaram projeto do PMDB

A pré-campanha de Veneziano Vital do Rêgo para o governo do Estado não contará com o apoio de importantes nomes que compuseram sua gestão enquanto esteve à frente da Prefeitura Municipal de Campina Grande. Insatisfeitos com o peemedebista, o ex-vereador Cassiano Pascoal, o vereador Antonio Pimentel e o ex-deputado federal, Álvaro Neto, estão dando recados de suas insatisfações ao “cabeludo”.

Cassiano Pascoal foi vereador e chefe de gabinete de Veneziano na Prefeitura de Campina Grande. Filho de Tatiana Medeiros, candidata de Veneziano nas últimas eleições municipais de Campina Grande, Cassiano pretende se filiar ao PSL, presidido por Tião Gomes na Paraíba e sua entrada na legenda está condicionada ao apoio ao governador Ricardo Coutinho.

Depois das eleições em que mãe e filho saíram derrotados, Cassiano atacou duramente os homens da confiança de Veneziano. No microblog twitter, disse que integravam uma quadrilha.

O ex-deputado federal Álvaro Neto também está deixando o PMDB para ingressar no PSL, e já revelou disposição em apoiar o atual governador.

Já o vereador Pimentel Filho desde o início do ano está se afastando do grupo quando recusou o convite da deputada federal e mãe de Veneziano, Nilda Gondim (PMDB), para a liderança do partido na Câmara. Pimentel agradeceu a confiança, mas declinou do convite.

Essa semana, em Campina Grande, Pimentel deu declarações denegrindo a gestão do ex-prefeito: “Lamentável as pessoas carentes terem de passar por mais esse constrangimento, pela má gestão dos recursos públicos”, afirmou Pimentel ao falar sobre a herança deixada pelo PMDB na saúde da Rainha da Borborema.

MaisPB

com Blog do Célio Alves

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.