21 de jul de 2013

Mulher tem filho no chão em hospital da PB; Vice-prefeito e irmão do Senador Cássio diz que lugar é ¨limpinho¨

O vice-prefeito de Campina Grande pode até ter o nome do pai, mas não tem o traquejo e amor pelo povo. Ronaldo Cunha Lima Filho é irmão de Cássio, mas não pensa antes de falar e, achando que administrar uma cidade é igual a tocar congas no Biquíni Cavadão, tem atravessado o compasso.

Como se já não bastasse esconder o edital para licitar atrações do Parque do Povo, que desafiei a dizer onde publicou e ele deu calado como resposta, agora o noviço se meteu em querela desvantajosa.

Quis justificar o injustificável e disse que aquela mulher que deu a luz no chão no ISEA o fez por opção própria e - pasmem! - "o chão é limpinho!".

A médica Tatiana Medeiros, ex-secretária de Saúde da gestão Veneziano, ficou indignada com o que ouviu o vice-prefeito declarar e saiu em defesa do ISEA, que foi chamado de hospital sem excelência e com equipe sem compromisso.

Ela lembrou que o ISEA conquistou conceito A em sua gestão e que Veneziano investiu 4 milhões naquela maternidade. "Nosso estado precisa de uma rede de obstetrícia e o ISEA acaba sendo o gargalo ao atender 70% dos municípios paraibanos. Some-se a isso o equivoco da decisão dessa gestão que fechou a maternidade do Hospital Pedro I, transformado exclusivamente em retaguarda do Hospital de Trauma de Campina. Toda essa demanda foi jogada para o ISEA atender e o resultado é a perda da excelência conquistada em nossa gestão", disparou Tatiana.


Veja agora o vídeo onde Ronaldo Cunha Lima Filho diz que a paciente teve filho no chão por opção própria e que o chão é limpinho.




0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.