10 de set de 2013

Maranhão esquece passado e diz que aceita parceira com Cássio nas eleições

No entanto, ex-governador impôs condição para subir no palanque com adversário político

O ex-governador e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, não descartou nesta terça-feira (10) uma parceria com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o qual o peemedebista travou os últimos confrontos eleitorais no estado.

No entanto ao ser indagado sobre essa possibilidade, o Maranhão impôs uma condicionante para que ele possa está no mesmo palanque com o tucano no próximo ano.

“Desde que o PMDB queira apoiar o nosso candidato a governador nós não temos nenhum preconceito em aceitar o seu apoio e essa sua aliança”, afirmou Maranhão em entrevista ao Correio Debate, da 98 FM.

No entanto, o dirigente partidário disse que não acha “viável” a possibilidade de ter Cássio em uma composição política, pois, segundo Maranhão, o senador tem reiterado em suas atitudes apoio aos projeto político do governador Ricardo Coutinho (PSB) mesmo diante da onda de boatos.

Mesmo assim, Maranhão cobrou por parte dos dirigentes do PSDB uma definição se terá candidatura própria ou, não, no próximo pleito eleitoral.

“O que os paraibanos esperam é que tenha maior clareza em torno desse assunto. Se os boatos estão tomando corpo e bom que os agentes venham a público para dizer com quem estão, ou estarão em 2014”, defendeu.


Roberto Targino - MaisPB

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.