19 de set de 2013

PEDRA LAVRADA: MUNICÍPIO REALIZA RECADASTRAMENTO PARA O LEITE DA PARAÍBA

A troca e substituição de cartelas acontece no dia 26 de setembro

O Município de Pedra Lavrada realiza na próxima quarta-feira (26) o recadastramento de famílias para o Programa Leite da Paraíba. A Secretária de Assistência Social Marilene, não poupou esforços para reativar o programa Leite da Paraíba no município, com parceria entre a Secretaria de Ação Social e Trabalho com o Governo do Estado, através da Fundação de Ação Comunitária – FAC, o programa beneficiará centenas de famílias carentes em Pedra Lavrada.
O programa atenderá famílias consideradas carentes com renda familiar per capta igual ou inferior a 1/2 salário mínimo, entre gestantes, nutrizes e crianças de 6 meses a 6 anos de idade e idosos,  contribuindo dessa maneira com a redução da mortalidade infantil através do combate a fome e desnutrição infantil.
A troca e substituição de cartelas acontece no dia 26 de setembro no prédio da Secretaria de Ação Social das 08:00 às 17:00. Os beneficiários deverão comparecer a Secretaria portando os documentos de RG, CPF, comprovante de residência, cartão de vacina, peso e altura das crianças e também no caso de gestantes ou nutriz.
O recadastramento tem o objetivo de excluir do programa pessoas que estão fora do perfil e incluir novos beneficiários. Cada família pode inscrever uma criança de até sete anos de idade. O recadastramento acontece em toda a Paraíba e tem como principal objetivo atender as famílias que mais precisam.
 O programa promove a melhoria da qualidade de vida das famílias de baixa renda, através da distribuição do leite, pão e fubá  para combater a fome e a desnutrição infantil.

Monitoramento

A Fundação de Ação Comunitária (FAC) firmou termo de cooperação técnica com Agevisa, e os laboratórios Lacen e Imeq com o objetivo de assegurar o monitoramento permanente da qualidade do produto distribuído aos beneficiários do Programa Leite da Paraíba. A fiscalização consiste na coleta e análise permanente de amostras do leite, que será examinado nos aspectos microbiológicos e físico-químicos, e na identificação de fraudes. A coleta acontecerá mensalmente, com amostras de leite (um litro de leite envasado rotulado, com data de validade e identificação do lote).



ASCOM/Pedra Lavrada

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.