2 de dez de 2013

Mulher acunha uma surra no marido e acaba presa no Sertão

Após a briga, Manoel Lacerda e Rita Vieira fizeram as pazes e voltaram juntos para casa

O pescador Manoel Lacerda, de 58 anos, foi agredido pela própria esposa Rita Vieira Lacerda, na tarde deste domingo (01), quando os dois bebiam em casa. Rita, que é mais nova do que o marido 10 anos, acabou presa, mas pagou fiança e foi solta.

Segundo o pelotão da cidade, o desentendimento do casal foi motivado por futilidades: marido e mulher beberam e a bebedeira terminou em briga, que progrediu para um embate físico entre os dois.
Durante a briba, Rita derrubou o companheiro e acertou sua cabeça com uma pedra. Ferido e ensanguentado, ele foi socorrido para o hospital, onde recebeu dois pontos e foi liberado.
Já com relação à acusada, ela foi presa por homens da Polícia Militar e encaminhada ao delegado plantonista José Pereira. Autuada por violência doméstica, a mulher pagou R$ 340 de fiança e vai responder ao processo em liberdade. A informação é que eles já estão em casa e bem.
Eles, que têm três filhos, vivem em uma casa na Rua Isidro de Paula Leite, em Coremas.

Folha do Vale
WSCOM Online

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.