28 de fev. de 2014

Afinal, foi Cássio quem elegeu Ricardo ou Ricardo quem elegeu Cássio?

A infantaria do governador Ricardo Coutinho segue produzindo mais combustível pra incendiar ainda mais a complicada relação com o senador Cássio Cunha Lima. A última fagulha partiu da ex-secretária Estelizabel Bezerra, de forma surpreendente afirmar que o tucano se elegeu a senador, na eleição de 2010, graças ao apoio de Ricardo.

O problema é que um dos dogmas dos tucanos em relação de 2010 reza precisamente que o senador Cássio foi o responsável direto da eleição de Ricardo. As declarações de Estela, aparentemente, vêm como parte de uma estratégia maior do governador RC de minimizar o apoio de Cássio, depois que houve o rompimento na semana passada.

Há poucos dias, o vereador Renato Martins já havia afirmado que o senador Cássio cometeu “um ato de traição” ao romper com Ricardo, dizendo ainda que a consulta anunciada pelo PSDB seria, antes, “um factoide”, já que o senador Cássio é quem realmente manda no partido. O deputado Tião Gomes chegou a afirmar que Cássio “não era nenhum Deus”.

Números – Nas eleições de 2010, somente para relembrar, enquanto Cássio obteve cerca de 158 mil votos em João Pessoa, na disputa ao Senado, Ricardo Coutinho obteve 213 mil votos, na disputa de primeiro turno. No contraponto, em Campina Grande, se Cássio obteve 145 mil votos, contra os 130 mil conseguidos por Ricardo.

Helder Moura

0 comentários:

Postar um comentário

Faça seu comentário aqui.