31 de jul. de 2014

Registro de candidatura de Cássio entrará na pauta do TRE-PB na segunda-feira

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) analisará o pedido de registro da candidatura do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) ao Governo do Estado, na próxima segunda-feira (4), a partir das 9h, véspera da data limite para a Justiça Eleitoral se pronunciar sobre os registros. O relator da matéria, o juiz Rudival Gama, já confirmou a data.

A pauta da próxima segunda-feira está recheada de processos relacionados à aplicação da Lei da Ficha Limpa. A Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba (PRE-PB) apresentou pedido de impugnação do registro de candidatura de Cássio Cunha Lima, devido às duas cassações do mandato de governador, ambas na eleição de 2006, referentes aos casos FAC e do uso do Jornal A União.

O governador e candidato à reeleição Ricardo Coutinho (PSB) também apresentou pedido de impugnação do tucano, sob a mesma alegação do Ministério Público Eleitoral (MPE).

O TRE-PB já comunicou aos advogados, partidos políticos, coligações, candidatos e ao público que o horário de início da sessão plenária da Corte marcada para o dia 4 de agosto foi antecipada por uma hora, ou seja, às 9h, em função da perspectiva de uma maior quantidade de feitos em pauta até o prazo final para o julgamento dos pedidos de registros de candidaturas.

Defesa acredita no registro

O coordenador jurídico da coligação “A Vontade do Povo”, que tem o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) como candidato a governador, Harrison Targino, afirma que a atitude da PRE-PB era esperada. Segundo ele, no processo democrático, as instâncias se comportam de acordo suas naturezas formais e é exatamente por isso que ele não tem dúvidas sobre a vitória, no âmbito da Justiça, da legitimidade da candidatura de Cássio.

“Respeitamos a posição do MPE, mas temos a mais absoluta convicção de que, no devido tempo, a Justiça demonstrará que a tese da douta Procuradoria não se sustenta em relação a essa controvérsia relacionada ao primeiro e segundo turnos de uma eleição”, destacou Harrison Targino.

MPF quer liberação de medicamento à base da maconha para 16 pacientes da Paraíba

O Ministério Público Federal (MPF) propôs, nesta quinta-feira (31), ação civil pública com pedido de liminar contra a União e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que seja liberada a importação da substância Cannabidiol e o uso por 16 crianças e jovens paraibanos que sofrem com síndromes convulsivas. A substância, cujo uso está proibido no Brasil, é derivada da cannabis sativa, mais conhecida como maconha.

Na ação, o MPF explica que a situação dos pacientes é urgente e relata o histórico clínico individual deles, explicando que os mesmos não apresentam resultados satisfatórios ao tratamento medicamentoso tradicional. Para todos os casos, há a prescrição médica específica para uso do Cannabidiol. No entanto, falta o termo de responsabilidade assinado por um médico, documento exigido pela Anvisa. Na Paraíba, por receio, a classe médica não fornece o documento aos pacientes porque se trata de medicamento de uso proscrito. Assim, a ausência dele impede a formulação dos pedidos de liberação pelos interessados.

Para o procurador regional dos Direitos do Cidadão na Paraíba, José Godoy Bezerra de Souza, diante da história clínica dos pacientes está claro que apenas a substância conhecida como Cannabidiol desponta como tratamento viável e com resultados importantes obtidos até o momento. Inclusive, em casos isolados em Mato Grosso, Pernambuco e no Distrito Federal, a Justiça autorizou a liberação da importação e uso da substância para portadores de síndromes epiléticas, sempre condicionando a importação à requisição médica.

Na ação, o MPF quer que a União e a Anvisa se abstenham de destruir, devolver, reter e impedir a compra e obtenção ou, de alguma forma, dificultar que o objeto postal importado, contendo o medicamento, acompanhado da receita médica e endereçado aos 16 pacientes, não chegue aos destinatários. “A luta do MPF é para garantir uma qualidade de vida digna aos jovens e crianças acometidos pelas enfermidades neurológicas convulsionantes”, ressaltou o procurador. Pede-se, ainda, a aplicação de multa diária de R$ 100 mil para o caso de descumprimento.

Segundo José Godoy Bezerra de Souza, em um segundo momento, o MPF pretende ajuizar ação mais ampla sobre o tema, ou seja, para que o medicamento seja retirado da lista de proscrição, bem como para conseguir, através do Sistema Único de Saúde, o fornecimento gratuito do medicamento que possui um custo elevado, o que dificulta o acesso para todos que necessitam da medicação.

Eficácia do medicamento 

A ação referencia, também, documentos médicos e artigos científicos que apontam inexistir dúvidas sobre o uso do Cannabidiol no tratamento de crises epilépticas. “Há uma série de evidências e estudos científicos em que ficou assente a propriedade antiepiléptica do Cannabidiol. Seu uso já é autorizado em vários países como Inglaterra, Nova Zelândia e Canadá e em mais de 20 estados americanos”, argumenta o MPF.

Crises constantes 

Dos 16 pacientes paraibanos, 12 são crianças, dois adolescentes e dois adultos. Eles apresentam patologias neurológicas que têm como característica comum um quadro de epilepsia refratária a medicações. Na busca pelo controle das frequentes crises convulsivas, eles já foram submetidos a diversos tipos de tratamento e combinações de anticonvulsivantes disponíveis no mercado, sem sucesso.


30 de jul. de 2014

Mulher manda tatuar rosto de Cássio nas costas



Tem quem adore santo, tem também quem seja adepto de imagens,mas a idolatria em torno de políticos também ainda é moda, pelo menos na paraíba. Que o diga a funcionária pública estadual Walkiria Jane, de 35 anos, que além de mandar fazer uma tatuagem de Cássio Cunha Lima nas costas, ainda botou o nome da filha recém nascida de Cássia Vitória.
Residente no Conjunto Ronaldo Cunha Lima, nas Três Irmãs em Campina Grande, Walkiria conta que começou a gostar de Cássio através da sua -  dela - mãe, que era fã de finado Ronaldo Cunha Lima.

EITA!:Ministério Público Eleitoral dá parecer favorável à aliança do PT/PSB na Paraíba

Nesta quarta-feira (30), o Procurador Eleitoral da Paraíba, Rodolfo Alves Silva, emitiu parecer favorável à aliança entre o PT e o PSB, contestada pelo PMDB paraibano. Como justificativa para sua decisão, Rodolfo Alves afirma que a coligação A Força do Trabalho  teve violado seu direito de ampla defesa e do contraditório, contrariando o devido processo legal.


No parecer, a Procuradoria informa que não cabe ao Ministério Público Estadual "indagar que razões políticas teriam motivado a agremiação estadual a não firmar aliança com o PMDB".


O documento ainda informa que de acordo com a Executiva Nacional, "as particularidades de cada Estado poderiam ditar a necessidade de existência de dois ou mais palanques onde a manutenção da unidade fosse viável", existindo desta forma brecha para a formação da coligação entre os dois partidos na Paraíba.


Veja o documento:



Pedra Lavrada: Lixões devem acabar até sábado

Os municípios de todo o país tem até o próximo sábado para se adequarem à Lei Federal 12.305/10, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) e estabeleceu o fim definitivo dos antigos lixões. Na Paraíba, a grande maioria das cidades não vai conseguiu obedecer o prazo por falta de recursos financeiros, segundo a Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup). João Pessoa já se adequou com a implantação da Unidade de Gerenciamento Integrado de Resíduos Sólidos Urbanos, conhecidos como aterro sanitário, mas ainda é comum ver material descartado em terrenos.

A PNSS tem como objetivo garantir o destino correto ao lixo produzido pelas cidades, promovendo um meio ambiente sustentável, equilibrado e saudável a todas as gerações. Mas essa prática parece não ser tão simples de ser cumprida, pois mesmo nos locais onde já há o descarte adequado de resíduos sólidos, a exemplo João Pessoa, é comum ver lixo jogado em terrenos baldios, como no Jardim Esther, no bairro de Mancadaru.

O técnico em restauração João ferreira, 45 anos, que mora no local, sofre corriqueiramente com o acúmulo de lixo em frente à casa onde reside. “O carro do lixo passa sem falta três vezes por semana, mas a falta de educação das pessoas é grande e faz com que descartem o lixo na rua. E isso tem gerado grande constrangimento para mim e minha família, pois todos sabemos que onde há lixo, há pragas urbanas, como baratas e ratos.

Infelizmente, a população precisa fazer sua parte e colocar o lixo para fora de casa nos dias de coleta”, declarou.

O fim dos lixões e a implantação de aterro sanitário é o primeiro e mais discutido ponto da PNRS, mas a lei também prevê o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS), cuja data limite de apresentação por parte das prefeituras se venceu desde 2012. Em matéria publicada no JORNAL DA PARAÍBA no dia 4 de agosto do ano passado, o promotor do Meio Ambiente, José Farias de Souza, disse que dos 223 municípios paraibanos, apenas 24 deles estavam fazendo o PGIRS. Os demais não podiam mais ter acesso aos recursos disponibilizados pelo governo federal para investir na área, onde os gestores omissos podem responder por responsabilização civil de improbidade administrativa e ainda por crimes de responsabilidade.

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), José Antônio Vasconcelos da Costa (Tota Guedes), não soube informar quantas cidades do Estado ainda não se adequaram à PNRS, mas apontou a falta de recursos como o principal motivo para descumprir a lei no prazo estabelecido. “O governo federal cria as leis, mas não procura saber se os municípios têm recurso para cumpri-las. Para muitos municípios, não apenas paraibanos, falta dinheiro para implantar a PNRS”, afirmou.

Tota Guedes disse que há cerca de 45 dias participou de uma reunião em Brasília com os ministros da Casa Civil, da Economia, Fazenda e Planejamento, e de Relações Políticas onde foi sinalizada uma prorrogação do prazo de adequação. “Os municípios estão tentando se adequar, mas está difícil. E essa é uma realidade em todo o país, por isso, os ministros tiveram a consciência de que muitas cidades não conseguiram implementar o que estabelece a lei, e indicaram que haverá uma prorrogação do prazo, que apesar de ainda não ter data definida, será no final de 2015”, adiantou.

O QUE DIZ A APAM 

Para o vice-presidente da Associação Paraibana do Meio Ambiente (Apam), Antônio Augusto de Almeida, as prefeituras, na grande maioria, estão despreparadas para enfrentar situações de adequações em prol do meio ambiente, a exemplo da PNRS. “Sem o preparo, acabam cometendo danos ambientais, fazendo o descarte do lixo de forma incorreta.

Só as maiores cidades, com mais 30 mil habitantes, possuem algum quadro técnico com qualificação para atuar nessas áreas e com isso as demais deixam a desejar. Para se ter uma ideia, apenas João Pessoa possui uma secretaria de Meio Ambiente, Campina Grande apenas uma coordenadoria, as demais cidades estão totalmente alheias à questão ambiental e isso é lamentável”, declarou Antônio Augusto de Almeida.

Mesmo sem chuva, CG terá água até fim de 2015


O açude Epitácio Pessoa, que abastece Campina Grande e cidades vizinhas está com quase 30% da capacidade total que é de 411 milhões de metro cúbicos. O montante é suficiente para suprir o abastecimento até setembro de 2015, mesmo que não chova na região. A garantia veio após um estudo realizado pela Agência Nacional das Águas (ANA), em parceria com Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa) e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).

De acordo com o presidente da Aesa, João Vicente Machado Sobrinho, o cálculo simula uma situação sem recargas durante esse período, ou seja, se chover, o tempo de abastecimento deve ser ampliado. 

“Tomamos uma série de providências para garantir o abastecimento de Campina Grande e cidades vizinhas. Em parceria com outros órgãos, conseguimos a proibição da irrigação, intensificação da fiscalização sobre os irrigantes, suspensão da liberação de outorgas e ações de combate ao desperdício", destacou João Vicente.  Segundo a Aesa, no ano passado, houve uma redução de 40% no consumo da água do açude Epitácio Pessoa.
Em 2013 o reservatório teve uma diminuição de 68 milhões de metros cúbicos no seu volume total. Já em 2012 foram gastos 115 milhões de metros cúbicos e em 2011 a extração chegou a 117 milhões de milhões de metros cúbicos.

27 de jul. de 2014

Precisamos ser mais Inteligentes.

Por Anderson Eliziário




“Só voto em quem ganha.” “Não tenho o meu voto para perder.” “Seria uma ótima escolha, mas não vai ganhar, não”.

Vocês sabem que se for para listar todas as desculpas de um voto CONSCIENTE aqui, a lista seria enorme, e, provavelmente, não surtiria muito efeito. É preciso sempre lembrar que estamos em um processo de conscientização cidadã, e a maioria das pessoas, ainda, esta desenvolvendo o seu senso crítico? O problema e que os profissionais da política, seja na partidária, escolar, sindicalista e até mesmo em um simples condomínio, sabem que existe uma parcela da sociedade que, infelizmente, se deixa levar com muito pouco conteúdo ou com muito brilho em um sorriso. 

Já que estamos enfrentando um período eleitoral, já é possível ver as famosas “pesquisas eleitorais”, que a meu ver só serve para comprovar que ainda existem pessoas que se deixam enganar muito fácil, com muito pouco. Elas provam que às vezes, as pessoas não votam em determinado candidato pelas suas ideias e trajetória política, mas sim, porque ouviu falar que boa parte dos seus amigos, possivelmente, irá votar no aclamado pelo povo?

Precisamos ser mais inteligentes, começar a perguntar “porquês”, ”como é possível” e, principalmente, “Fale-me sobre seu passado”. Só um IGNORANTE para achar que não é importante conhecer nosso passado, para termos uma noção do futuro.

Aproveitando um pensamento de um ser pensante:

“… Eu não queria te dizer, mas eu vou ter que te falar: tu é esperto, mas tá sendo passado pra trás! E pode ser ,que quando tu percebas isso lá na frente,Já seja tarde demais…”

Obrigado por ter lido. Sem fanatismo agora, por favor!


Anderson Eliziário



26 de jul. de 2014

PREOCUPANTE: 43% dos açudes da Paraíba só tem 20% do volume


A situação hídrica na Paraíba continua preocupante. De acordo com o boletim de registro do monitoramento dos açudes feito pela Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), dos 123 reservatórios averiguados, 54 estão em situação de risco, ou seja, 43% dos açudes estão no máximo com 20% de sua capacidade preenchida, o que tem mantido o nível de alerta em algumas cidades no que diz respeito ao racionamento de água.

Desses 54 reservatórios que estão com pouco volume, 20 praticamente não oferecem mais qualquer tipo de fornecimento, já que a água acumulada é inferior a 5% da capacidade. Nos municípios de Taperoá e São José do Sabugi, o índice chegou a 0% de reserva.

De acordo com o setor de monitoramento da Aesa, a região mais atingida ao longo desse ano pelo grande número de cidades que sofreram sem os açudes acumularem água foi o Cariri e o Curimataú paraibanos, onde choveu apenas dentro da média esperada, que era de até 300 mm.

Prova disso foi a decisão de iniciar o racionamento de água em Cuité e Nova Floresta, no Curimataú, que estão fazendo rodízio de abastecimento, ficando 24 horas com água e 24 horas sem.

Já nas cidades de Esperança e Remígio, além dos distritos de Lagoa do Mato, São Miguel e Cepilho, são três dias consecutivos com água nas torneiras por semana e quatro dias sem, de acordo com dados fornecidos pela Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa).

Enquanto a maioria dos açudes está em situação crítica, apenas quatro dos monitorados pela Aesa estão sagrando.

Números coletados na segunda quinzena desse mês de agosto apontaram que Araçagi, com mais de 63 milhões de metros cúbicos, Gramame/Mamuaba, no município do Conde, com mais de 56 milhões, Jangada, localizada na cidade de Mamanguape, com 470 mil metros cúbicos, e Olho D'água com 868 mil metros cúbicos, no município de Mari, estão sagrando.

Já o maior reservatório do Estado, Epitácio Pessoa, que fica na cidade de Boqueirão, está com apenas 30% de sua capacidade, dos mais de 411 milhões de metros cúbicos de água, ele está comportando 124 milhões.

21 de jul. de 2014

NOVA FLORESTA PB: Peça cai de carreta na ladeira das gamelas e deixa dois feridos

Por volta das 11 horas da manhã deste domingo (20), dois homens que estavam em uma moto Honda 125cc, seguiam sentido Cuité/Nova Floresta, quando uma peça, que de acordo com informações de populares, seria uma capota de uma máquina, que estava em cima de uma carreta, e vinha no sentido contrário caiu de cima da carreta.

Testemunhas que estavam no local contaram que os ocupantes da moto teriam batido na peça, e com o impacto, os dois homens caíram da moto.

Eles foram socorridos para o hospital de Nova Floresta, mas a unidade hospitalar não forneceu os nomes das vítimas.

Segundo informações eles tiveram ferimentos leves, foram medicados e liberados em seguida.

A peça e a moto estavam próximo ao acostamento da BR. Já o carreteiro seguiu viagem.

As testemunhas ainda afirmaram que o motorista da carreta não teve conhecimento do desprendimento da peça e por isso seguiu viagem.

Central de jornalismo da 89 FM

20 de jul. de 2014

ESCÂNDALO: Folha de São Paulo diz que Governo de Minas fez aeroporto em terreno de tio de Aécio

O governo de Minas Gerais gastou quase R$ 14 milhões para construir um aeroporto dentro de uma fazenda de um parente do senador tucano Aécio Neves, no fim do seu segundo mandato como governador do Estado.

Construído no município de Cláudio, a 150 km de Belo Horizonte, o aeroporto ficou pronto em outubro de 2010 e é administrado por familiares de Aécio, candidato do PSDB à Presidência.
A família de Múcio Guimarães Tolentino, 88, tio-avô do senador e ex-prefeito de Cláudio, guarda as chaves do portão do aeroporto. Para pousar ali, é preciso pedir autorização aos filhos de Múcio.
Segundo um deles, Fernando Tolentino, a pista recebe pelo menos um vôo por semana, e seu primo Aécio Neves usa o aeroporto sempre que visita a cidade. O senador, sua mãe e suas irmãs são donos da Fazenda da Mata, a 6 km do aeroporto.

Dono do terreno onde o aeroporto foi construído e da fazenda Santa Izabel, ao lado da pista, Múcio é irmão da avó de Aécio, Risoleta Tolentino Neves (1917-2003), que foi casada por 47 anos com Tancredo Neves (1910-1985).

A pista tem 1 km e condições de receber aeronaves de pequeno e médio porte, com até 50 passageiros. O local não tem funcionários e sua operação é considerada irregular pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

A agência federal informou à Folha que ainda não recebeu do governo estadual todos os documentos necessários para a homologação do aeroporto, procedimento exigido por lei para que ele seja aberto ao público. Sem se identificar como jornalista, o repórter da Folha procurou a Prefeitura de Cláudio na última semana como uma pessoa interessada em usar o aeroporto da cidade.

O chefe de gabinete do prefeito, José Vicente de Barros, disse que Múcio Tolentino deveria ser procurado. "O aeroporto é do Estado, mas fica no terreno dele", afirmou. "É Múcio quem tem a chave."

Indicado por Barros, Fernando Tolentino logo se prontificou a abrir o portão do local. "Ele fica dentro da nossa fazenda", disse. "O aeroporto está no final do processo, mas, para todos os efeitos, ainda é nosso."

Indagado se seria necessário pagar pelo uso do espaço, Fernando respondeu: "Não, o trem é público, vai cobrar como?" Segundo ele, Aécio visita a fazenda da família em Cláudio "seis ou sete vezes" por ano e vai sempre de avião.

Procurado posteriormente pela Folha, ele negou administrar o aeroporto: "Não tenho nada a ver com isso". Indagado sobre a frequência das visitas à cidade e o uso do aeroporto, Aécio não respondeu.

Com 30 mil habitantes, Cláudio é rodeada por fazendas. Economicamente, sua importância é modesta. A vizinha Divinópolis, a 50 km, já tinha aeroporto quando o de Cláudio foi construído. A obra foi executada pelo Deop (Departamento de Obras Públicas do Estado) e fez parte de um programa lançado por Aécio para aumentar o número de aeroportos de pequeno e médio porte em Minas.

O governo do Estado desapropriou a área de Múcio Tolentino antes da licitação do aeroporto e até hoje eles discutem na Justiça a indenização. O Estado fez um depósito judicial de mais de R$ 1 milhão pelo terreno, mas o tio de Aécio contesta o valor. Seu advogado, Leandro Gonçalves, não quis falar sobre o caso.

Antes de o aeroporto ser construído, havia no local uma pista de pouso mais simples, de terra. Ela foi construída em 1983, quando Tancredo era governador de Minas e Múcio era prefeito de Cláudio, terra natal de Risoleta.

Orçado em R$ 13,5 milhões, o aeroporto foi feito pela construtora Vilasa, responsável por outros aeroportos incluídos no programa mineiro. O custo final da obra, somados aditivos feitos ao contrato original, foi de R$ 13,9 milhões.

Folha de São Paulo

18 de jul. de 2014

Diocese de Campina Grande emite nota de esclarecimento, e repudia ação do blogueiro Heleno Lima



O Padre Raniery Alves, pároco da Paróquia de São José, em Juazeirinho (PB), vem sendo vítima de uma acusação publicada no site www.helenolima.com, de propriedade do Sr. Heleno Lima Valério. Na notícia publicada nesta segunda-feira, dia 14 de julho, o referido site afirma que o Padre, recém chegado à Paróquia, comprou uma “luxuosa caminhonete cabine dupla modelo SW4 da marca Hilux, que custa algo em torno de R$ 150 mil”, em substituição à D20 utilizada há 12 anos pelo então pároco Pe. João Jorge Rietveld. Esta informação é MENTIRA!

O Padre Raniery Alves, amparado pelo conselho paroquial, adquiriu uma nova S10, no valor de R$ 75.000,00, visto que o antigo carro já estava muito danificado devido às muitas viagens por estradas de terra, a caminho das comunidades paroquiais. Além disso, é importante salientar que o carro pertence à Paróquia, não ao padre.
Heleno Lima

O referido site também faz a seguinte insinuação: “Padre Raniery goza de grande prestígio na Diocese de Campina Grande e também no meio político. Tanto é verdade que, ao assumir a paróquia de São José, uma caravana desceu a serra em direção ao Seridó para deixá-lo em solo juazeirinhense. O próprio bispo diocesano, dom Delson, fez questão de ir pessoalmente deixá-lo e dar as recomendações”. Várias transferências de padres foram realizadas este ano, conforme Cartas Circulares publicadas nos meios oficiais da diocese de Campina Grande. Em todas elas, os padres foram acompanhados de caravanas onde o povo, por livre e espontânea vontade, demonstra toda sua gratidão e admiração pelo padre que vai assumir uma nova missão. Além disso, dom Manoel Delson esteve em TODAS as posses, cumprindo sua missão episcopal.

Por fim, a notícia informa que o Pe. João Jorge está com depressão e foi “escanteado” pela diocese, que lhe ofereceu “apenas uma vaga de professor no Seminário”, mas que o padre “recusou e voltou para sua terra”. Outra MENTIRA!

Clique aqui para ver a matéria publicada pelo blogueiro.

O Pe. João Jorge não está com depressão, nem com qualquer outro tipo de doença. Há muitos anos contribui com a formação dos seminaristas no Seminário Diocesano, sendo o coordenador de estudos da casa, e o próprio padre solicitou ao bispo um ano sabático (um ano de descanso), para que pudesse voltar à sua terra natal, Holanda, para visitar familiares e descansar. 

Com esta nota, quero lembrar que difamação é crime previsto em lei no nosso Código Penal Brasileiro, Art 139, cuja pena varia entre detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano, e multa.

Encerro alertando aos leitores que nem sempre o que é publicado em sites e redes sociais condiz com a verdade, que é preciso apurar os fatos. Aliás, apurar os fatos faz parte do manual básico do jornalismo em qualquer parte do mundo. Quando se tem vontade de noticiar a verdade, é claro. 

Sem mais.

Márcia Marques
Assessora de Imprensa
Diocese de Campina Grande

Pedra Lavrada:Prefeitura publica retificação de Decreto de Homologação de Concurso Público

Pedra Lavrada(PB): A Prefeitura Municipal de Pedra Lavrada e a COMPROV publicaram uma nota de esclarecimento sobre a alteração no Decreto de Homologação do Concurso público realizado em junho passado. Vejam os documentos e a cópia da recomendação do ministério público.

Fique atento

Houve uma série de mudanças nas listas dos candidatos classificados das áreas que tinha a disciplina de "conhecimentos específicos". Vejam a cópia da Recomendação do Ministério Público:


Clique na imagem para ampliar
Clique na imagem para ampliar

. Vejam a íntegra da Nota de Esclarecimento e da nova lista de classificação:



VOZDEPEDRA
COMPROV 

15 de jul. de 2014

Procurador Eleitoral impugna candidaturas de Cássio, de Wilson Filho, de Lúcia Braga e de mais onze

A Procuradoria Regional Eleitoral na Paraíba (PRE-PB) apresentou 14 ações de impugnação de registro de candidatura de políticos que estão concorrendo ao pleito deste ano. As impugnações estão baseadas em motivos como contas rejeitadas, condenação criminal, representação por excesso de doação, não atingimento de idade mínima para o cargo (na data da posse) e prática de abuso de poder político e econômico, bem como de conduta vedada.

Foram impugnadas as candidaturas de 10 deputados estaduais, três deputados federais e uma para governador. As ações apresentadas pela PRE-PB tramitarão no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), com direito à defesa para cada um dos impugnados. Cabe ao TRE-PB decidir se os candidatos continuarão ou não na disputa eleitoral deste ano. Das correspondentes decisões, poderá caber ainda recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dependendo da matéria discutida. Até lá, os candidatos permanecem na disputa.

Procurador
A lista dos pedidos de registro de candidatura foi disponibilizada pelo TRE-PB na terça-feira (8), publicada no Diário da Justiça Eleitoral na quarta-feira (9) e o prazo começou a correr na quinta-feira, 10 de julho de 2014. De acordo com a legislação eleitoral, o prazo para qualquer candidato, partido político, coligação partidária e Ministério Público impugnar candidaturas é de cinco dias, contados da data da publicação da lista. Igual prazo teve o cidadão para dar notícia de inelegibilidade.

A PRE/PB ainda analisará 35 requerimentos de registro individual de candidatos que pediram seu registro após o prazo de 5 de julho de 2014, uma vez que partidos ou coligações não os incluíram no momento oportuno. O Edital nº 59/2014 do TRE/PB, com os nomes, foi disponibilizado hoje no Diário da Justiça Eletrônico, mas considera-se publicado amanhã. Novamente, o prazo para impugnação é de cinco dias, iniciando-se em 16 de julho.

Foco na análise – O procurador regional eleitoral Rodolfo Alves Silva explicou que a análise dos registros, em regra, abrange três aspectos: as condições de elegibilidade, a ausência de inelegibilidade e a desincompatibilização. No entanto, tendo em vista o estreito prazo de cinco dias para levantar as situações de inelegibilidade, os trabalhos da PRE/PB foram concentrados na análise desse ponto. “A estratégia é possível, pois as situações de inelegibilidade só podiam ser levantadas nesse momento. Já os outros aspectos, ou seja, as condições de elegibilidade e a desincompatibilização podem ser verificadas dentro dos processos de registro de candidatura, na condição de fiscal da lei do Ministério Público, não necessariamente dentro desse prazo de cinco dias”, esclareceu.

O trabalho de análise de 507 pedidos de registro de candidatura é resultado da união de esforços de procuradores da República, servidores e estagiários.

Número menor – Segundo Rodolfo Silva, o número de impugnações apresentadas em 2014 é menor do que a quantidade de 2010 porque nas eleições anteriores o Ministério Público só podia recorrer naqueles casos em que tivesse impugnado. “Essa restrição caiu. Por isso, não houve a necessidade de sair impugnando meras falhas formais que o candidato pode resolver no curso do processo. Elas não são objeto de impugnação, mas sim, de avaliação e, caso a PRE-PB discorde do TRE-PB serão interpostos os recursos cabíveis”.

Preparação – A PRE-PB se preparou, antecipadamente, para analisar todos os nomes da lista dos pedidos de registro de candidatura. Para tanto, a Procuradoria Geral Eleitoral lançou o Sisconta Eleitoral, uma ferramenta de coleta de dados em diversos órgãos que possuíssem algum tipo de informação sobre fatos que pudessem ocasionar o indeferimento do registro de candidatura. Além desse sistema, o Ministério Público buscou, nas mais diversas fontes de informação aberta, os mesmos dados.

EIS OS IMPUGNADOS:
EDVALDO PEREIRA DA SILVA.ANTONIA LUCIA NAVARRO BRAGA,BALDUINO CLEMENTINO NETO,IVONALDO FERREIRA GUEDES,JOSÉ HERCULANO MARINHO IRMÃO,RAONI BARRETO MENDES,GENIVAL LACERDA CAVALCANTE,JOSÉ WILSON SANTIAGO FILHO, CASSIO RODRIGUES DA CUNHA LIMA,MICHAELLY KAROLAYNE DEMELO LOPES.MARINA DE MOURA CARVALHO,SÍLVIO ROBERTO CALAÇO,JOSE PAULO VITURINO DOS SANTOS,LUCIANO BRENO CHAVES.

13 de jul. de 2014

PEDRA LAVRADA PB: Pedreiro é esfaqueado nas costas após reagir assalto e pode ficar paraplégico

O pedreiro Roberval dos Santos Silva, natural de Pedra Lavrada, reagiu a um assalto quando saiu de um bar, no bairro do Poço, em Cabedelo PB, na região metropolitana de João Pessoa.

Silva sofreu golpe de arma branca nas costas. Ele foi confundido pelos assaltantes com o proprietário de uma caminhoneta modelo Toyota Hilux.

Dois elementos anunciaram o assaltam e Roberval reagiu, dando um soco em um deles e, o outro, teria esfaqueado.

A vítima foi socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa.

Roberval passou por um procedimento cirúrgico e permanece em situação regular. Ele corre o risco de perder os movimentos das pernas.

Os assaltantes fugiram do local e até o início da manhã deste sábado (12), não tinham sidos capturados.

Da redação do pb.com.br

12 de jul. de 2014

Mulher 'pegou ar' com jogo do Brasil e explodiu delegacia

Mulher é presa suspeita de explodir prédio da PM na PB por insatisfação com a Copa

De acordo com a polícia, a mulher foi liberada depois de prestar depoimento, mas poderá responder pelo crime de dano ao patrimônio público

Uma Mulher de 20 anos foi detida nessa quinta-feira (10) suspeita de explodir uma bomba no Destacamento da Polícia Militar em São José da Lagoa Tapada, a 462 km de João Pessoa, no Sertão da Paraíba. Ninguém ficou ferido e a explosão destruiu parte do teto do local.

De acordo com informações do cabo Porfírio Lemos, comandante do destacamento, a mulher teria lançado dois explosivos caseiros no telhado do prédio, mas apenas um explodiu. A detonação foi suficiente para destruir o gesso que formava o teto do local. O outro artefato foi apreendido pelas autoridades.

O fato ocorreu na terça-feira (8), dia em que o Brasil foi historicamente derrotado pela Alemanha na Copa do Mundo. Conforme o Cabo, ela alegou que teria cometido o crime porque estaria revoltada com o resultado da partida. “Por mais de 48h, acionamos o policiamento da região para resolver o caso. A mulher apresentava sinais de embriaguez e disse que o jogo teria sido o motivo, mas isso não justifica nada”, disse o policial.

Ela foi detida em São José da Lagoa Tapada e levada para a delegacia de Polícia Civil em Sousa, cidade que fica na mesma região.

De acordo com a polícia, a mulher foi liberada depois de prestar depoimento, mas poderá responder pelo crime de dano ao patrimônio público.

Correio

Fenômeno da superlua poderá ser visto pelos paraibanos neste sábado

Fenômeno acontece devido ao formato das órbitas, que não são completamente circulares, o que possibilita que o satélite natural da Terra esteja por vezes distante e outras vezes mais perto

Um dos fenômenos astronômicos mais interessantes e fascinantes deve acontecer na madrugada deste sábado (12) e poderá ser visto a olho nu no Brasil. Trata-se da superlua, quando o satélite aparece mais brilhante e aparentemente maior.Desta vez o melhor horário para a observação deve ser entre 5h e 6h.

Segundo cientistas o ápice da superlua será às 8h25, no horário de Brasília, mas a visibilidade neste momento deverá ser prejudicada pela luz do sol, impossibilitando a visão do fenômeno.

As superluas acontecem devido ao formato das órbitas, que não são completamente circulares, o que possibilita que o satélite natural da Terra esteja por vezes distante e outras vezes mais perto. Quando a aproximação da lua coincide com o período de lua cheia, forma-se o efeito de superlua.

As próximas vezes em que a lua deve aparecer dessa forma serão em 10 de agosto e 9 de setembro.

Correio

Criança denuncia estupro na PB e acusado é companheiro da avó; casal já está preso

Exame preliminar em hospital constatou lesão no reto da vítima; casal foi autuado e já seguiu para a prisão; criança foi encaminhada para o IML da Capital para exames mais detalhados

A Polícia Civil de Mamanguape, no litoral norte da Paraíba, a 62 km de João Pessoa, realizou a prisão de um casal acusado por estupro de um menor de seis anos de idade nesta sexta-feira (11). O crime teria acontecido nesta quinta-feira (10), na residência da avó, localizada no bairro Planalto, naquele município. Os acusados pelo ato criminoso são Valdemar Barbosa da Silva, que teria cometido conjunção carnal com o vulnerável, e a companheira Maria Rosa da Silva, avó materna da vítima, que teria presenciado o fato e não o impediu, tornando-se cúmplice. Este é o segundo caso de prisão por esse tipo de crime na PB em menos de 48 horas.

Segundo a delegada Rosana Gomes, da 7ª Delegacia Seccional de Mamanguape, responsável pela prisão, o menino, após sofrer o abuso, teria tentado esconder o fato. “De acordo com nossa investigação, ficamos sabendo que a vítima passou a ter mudanças de comportamento e apresentar uma secreção e odor forte. Ela também reclamava de dores. Uma prima notou a situação e ficou sabendo do ocorrido através da própria criança”, disse a delegada.

A prima do menor comunicou o fato ao Conselho Tutelar e o encaminhou ao Hospital para a realização de exame preliminar de ofensa física. “A médica que o atendeu constatou uma lesão no reto, afirmando que era preciso chamar a polícia. Foi a partir deste momento que ficamos sabendo e fomos ao encontro dos acusados”, contou Rosana Gomes.

Ela informou que, até então, a mãe da criança tinha a guarda legal da mesma, mas, devido ao já constatado abandono moral e material que o garoto sofria, ele vivia pelas ruas, pedindo esmolas e não tinha residência fixa, ficando ora na casa da mãe ora na da avó.

De acordo com a delegada, tanto a avó quanto o companheiro já eram conhecidos na região por problemas de alcoolismo. O pai do menino é separado da mãe e vive em Guarabira. “O Conselho Tutelar, na intenção de fornecer a guarda para outra pessoa, deve procurá-lo”, afirmou Gomes. Ela ainda disse que a vítima já foi encaminhada para o Instituto Médico Legal de João Pessoa para a realização de exames mais detalhados.

A dupla foi autuada no artigo 217 do Código Penal Brasileiro, que envolve estupro de vulnerável. A avó foi encaminhada para a Penitenciária Feminina Júlia Maranhão, na Capital, e o companheiro para a Cadeia Pública de Mamanguape, onde esperarão por julgamento.

Correio

10 de jul. de 2014

Facebook cria aplicativo que descobre se você é ou já foi corno

Com o intuito de contornar a máxima "O corno é sempre o último a saber”, uma agência carioca lançou recentemente o aplicativo “Faceboi”. O polêmico recurso é, como o nome já diz, restrito para homens, que também podem usá-lo para avisar aos amigos, de forma anônima, sobre supostas traições. Com o lema “amigo mesmo, avisa”, o aplicativo - somente disponível para celulares Android - procura pistas sobre possíveis casos das namoradas no Facebook e cria uma rede anônima para que amigos informem casos de traição sem estremecer a amizade.

Desde a descrição, o "Faceboi" põe a "pulga atrás da orelha": “Longe da gente fazer inferno na vida dos outros, mas será que aquele ‘chopinho com as amigas’ terminou numa noite de queijos e vinhos entre a sua gata e aquele carinha novo do trabalho?”, diz. Para que o aplicativo funcione, é preciso que o usuário associe sua conta do Facebook. A dinâmica de funcionamento para identificar a traição não é revelada, mas acredita-se que há um cruzamento de informações relativos ao número de likes dados a uma pessoa específica, quantidade de comentários ou o próprio conteúdo das mensagens.

Na tela inicial, há a opção de buscar por indícios de traição (“Você está em dúvida se foi traído?”) ou avisar amigos sobre traições alheias (“Vai avisar um amigo do chifre?”). As mensagens só podem ser enviadas para contatos no Facebook.

Para avisar os amigos, o app fornece uma série de hashtags bastante explicativas e bem humoradas, como #amigogay (“que não conhece uma música da Madonna, toma cerveja no gargalo e sabe a escalação do Megão de 81”), ou #cartãovermelho, (“enquanto você pensa que é o Messi, tem atacante, zagueiro e gandula balançando o capim no fundo dela").

Blog do Tião Lucena

NOVA FLORESTA PB: 33 Trabalhadores são resgatados em Brasília sob a condição de trabalho escravo

Ministério Público do Trabalho no Distrito Federal (MPT-DF) e o auditor-fiscal Roberto Gutemberg Pinheiro da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) encontraram 33 trabalhadores rurais alojados em situação degradante na Fazenda Santa Isabel, na zona rural de Planaltina (DF), na localidade de Monjolo.

Os trabalhadores vieram para o Distrito Federal com a promessa de emprego por um período de 90 dias, para colheita de café. Porém, o meio ambiente de trabalho insalubre fez com que os safristas denunciassem a situação à SRTE.

Após a constatação das irregularidades, o MPT-DF convocou a empresa Rural Whittmann Agropecuária Ltda. – proprietária da fazenda Santa Isabel – para pagar todo o débito da empresa, além de determinar o aluguel de quartos em um hotel em Planaltina, tendo vista as más condições do alojamento na fazenda.

Os trabalhadores receberam suas verbas rescisórias com todos os direitos trabalhistas assegurados, tais como Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), férias proporcionais e aviso prévio indenizável. Após o recebimento das verbas trabalhistas, todos decidiram voltar para sua cidade natal, em Nova Floresta (PB).

A procuradora Paula de Ávila classificou a situação como inaceitável. “Trabalho nessas condições não pode acontecer nunca. Não aceitem.”

O procurador-chefe do MPT-DF/TO, Alessandro Santos de Miranda, que participou da audiência fez coro: “São diversas irregularidades: aliciamento de trabalhadores, alojamentos superlotados e em péssimo estado de higienização, ausência de concessão de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e falta de assinatura da Carteira de Trabalho. Para piorar, ainda foi encontrado um menor de 15 anos trabalhando na colheita.”

O presidente Orlando Motta de Jesus do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Distrito Federal enalteceu a atenção dedicada a este caso e agradeceu ao MPT pelo que classificou como “excelente trabalho”.

MPT DF

8 de jul. de 2014

RS: vaca fica em cima de poste após enchente baixar



Uma vaca morta foi encontrada em cima de um poste de energia elétrica em São Borja, na fronteira do Rio Grande do Sul, após água da enchente que atingiu o município baixar alguns metros. O município é um dos 146 afetados pela chuva forte que atingiu o Estado nas duas últimas semanas e está em situação de emergência devido à cheia do rio Uruguai.

De acordo com a Defesa Civil estadual, 400 pessoas estão desabrigadas (em abrigos) e 2,5 mil desalojadas (na casa de parentes ou amigos) na cidade. "Jamais imaginei uma cena destas", escreveu o administrador Luiz Roberto Jacques, que postou nesta terça-feira as imagens tiradas ontem pelo amigo Michel Mariano da Rocha no Facebook na página São Borja, criada por ele em 2006 para divulgar informações do município e tem quase 10 mil curtidas. 
Local onde vaca foi encontrada ainda está alagado

"A água na região que essas fotos foram tiradas ontem chegou a ficar uns três metros acima dos postes", contou Jacques, explicando que o lugar fica no interior de São Borja, a cerca de três quilômetros do cais, junto a uma propriedade rural. "O rio chegou a atingir 17,34 metros segundo as medições da prefeitura naval de São Tomé", informou. O dono do animal não foi encontrado. "Não se tem ideia de que altura do rio esse animal veio. Não tem como saber", ressaltou. 

A vaca ainda não foi retirada de cima do poste. "O rio lá ainda está cinco a seis metros acima do nível", completou. 

Número de pessoas fora de casa cai para 19,3 mil

O número de pessoas fora de casa no RS por causa da chuva caiu para 19.325 pessoas, segundo boletim divulgado às 11h desta terça-feira pela Defesa Civil estadual. Ao todo, 122 municípios decretaram situação de emergência e dois estão em estado de calamidade pública. Duas pessoas morreram e uma está desaparecida. 

Ontem, o governo estadual publicou decreto de situação de emergência em 13 rodovias estaduais que foram interrompidas por deslizamentos e inundações nos meses de junho e julho. O decreto irá viabilizar a recuperação de trechos rodoviários com maior rapidez. Os recursos necessários somam R$ 38 milhões e já foram informados ao governo federal.

Terra

Cancelamento automático de telefone, TV e internet começa a valer na terça

A partir desta terça-feira (8) os consumidores poderão cancelar assinaturas de TV, telefone e internet sem precisar ligar para a central de atendimento  - ou, pelo menos, sem precisar convencer um atendente.

As operadoras desses serviços deverão oferecer a possibilidade de cancelamento automático em seus sites e, nas centrais de atendimento telefônico, por meio de uma opção que precise apenas ser digitada. Caso o consumidor prefira falar com um atendente, esse terá de cancelar o serviço no momento do pedido.

De acordo com as novas regras, divulgadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em fevereiro, o contrato deverá ser rescindido em no máximo dois dias úteis.

Também na terça-feira (8) começam a valer outras cinco regras estabelecidas pela agência reguladora para esses serviços.  Veja quais são elas:

Operadora deve entrar em contato com o consumidor se ligação cair

Caso a ligação do consumidor para  a central de atendimento caia, a operadora deverá ligar de volta. Se o retorno não for possível, ela deve mandar uma mensagem de texto com o número do protocolo. As conversãs devem ser gravadas e o consumidor pode solicitá-las em até seis meses.

- Operadora deve resolver problema com a conta em até 30 dias

 Quando o consumidor questionar o valor de uma conta, a operadora deve dar uma resposta em até 30 dias ou terá de corrigir a fatura automaticamente. Caso o consumidor já tenha pago o valor questionado, tem direito a receber a quantia em dobro. É possível questionar as faturas até três anos após a emissão.

Todo crédito de celular deve ter validade mínima de 30 dias e o consumidor deve ser avisado pouco antes de o prazo expirar. As operadoras também devem oferecer opções com validade de 90 e 180 dias, inclusive nas recargas em supermercados e outros locais fora da loja  própria.

- Promoção vale para todos, inclusive assinantes

Quem já é assinante pode se beneficiar das promoções feitas pelas operadoras. Atualmente, muitas limitam essas ofertas a quem não é cliente. O consumidor deve ficar atento a uma eventual multa por mudança de plano.

 - Operadora deve explicar melhor os contratos

As operadoras tem de deixar claro, por exemplo, se um valor inicial é ou não promoção e, caso seja, quando sobe e para quanto.

- Fim da cobrança antecipada

Os consumidores só podem ser cobrados por um serviço após utilizá-lo. Hoje, algumas operadoras fazem cobrança antecipada de serviços que serão prestados até o fim do mês. Com a mudança, o cliente que cancelar o serviço no meio de um mês só pagará ovalor proporcional.

Além dessas cinco mudanças, em março de 2015 entram em vigor outras duas normas:

- Faturas antigas, contratos e histórico têm de ficar disponíveis na internet

As operadoras terão de disponibilizar em seus sites os contratos, as faturas de até seis meses atrás e o histórico de utilização de cada cliente, que poderá acessar e baixar as informações mediante uso de senha. Caso o consumidor rescinda o contrato, os dados poderão ser acessados até seis meses depois.

Gravações de atendimento e protocolos estarão disponíveis na internet

As operadoras também deverão disponibilizar em seus sites o histórico de demandas de cada consumidor nos últimos seis meses. O consumidor poderá solicitar as gravações de atendimentos feitos via central telefônica. Caso o contrato seja rescindido, os dados poderão ser acessados até seis meses depois.

Preços deverão ser apresentados de forma padronizada

Todas as operadoras terão de disponibilizar, de forma padronizada, os preços de seus serviços e as condições de oferta. O objetivo é facilitar a comparação de preços por parte do consumidor.

Por fim, em setembro de 2015 as operadoras terão de unificar o atendimento no caso de combos: ou seja, o consumidor poderá resolver questões relativas a quaisquer dos serviços do pacote em uma única central de atendimento.

O regulamento dos direitos do consumidor de serviços de telecomunicação pode ser consultado no site da Anatel.

7 de jul. de 2014

Motoqueiro é arremessado durante acidente e fica em cima de carro na BR-230

A greve no transporte coletivo em João Pessoa, que parou 100% dos ônibus da cidade, provocou congestionamento no trânsito em vários pontos da BR-230, no trecho urbano da Capital. Em virtude do aumento do fluxo de veículos cinco acidentes foram registrados no intervalo de pouco mais de três horas nesta segunda-feira (7).

Leia mais Notícias do Portal Correio 

“Os acidentes considerados leves ocorreram entre os trechos do KM 20 ( trevo da Pedro II) e KM 30 ( Acesso Oeste). Foram cinco entre 6h e 9h45. Porém, eu não tenho – no momento – como saber se houve um aumento devido a greve”, comentou Anderson Poddis, assessor de imprensa da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Um dos acidentes envolveu um carro e uma moto no sentido João Pessoa/ Cabedelo, no trecho da rodovia federal no bairro Água Fria, na Capital. Um veículo corsa freou bruscamente e o motocicleta, que vinha atrás do automóvel, não teve como parar a tempo de evitar o acidente.

Com o impacto da batida, o motoqueiro ficou em cima do veículo. O parabrisa traseiro do carro foi destruído. Parte da lataria do carro ficou danificada. O motociclista teve ferimentos leves, foi socorrido e passa bem.

Portal Correio

CAÇA PREDATÓRIA: 9º BPM PRENDE ACUSADOS EM CUBATI

A guarnição policial militar composta pelo Sargento Salomão e pelo Soldado Lima Andrade, quando em deslocamento, no último dia 2, nas imediações do sítio Logradouro, município de Cubati-PB se deparou com dois elementos em uma motocicleta portando duas espingardas, certa quantidade de pólvora, além de mais de 100 aves provenientes de caça predatória.

Os acusados são: Júnior Sérgio de Almeida, 21 anos e César de Lima Bezerra, 40 anos, ambos residentes no município de Cubati. Diante do flagrante, os mesmos foram conduzidos à presença da autoridade policial competente que adotou as medidas cabíveis ao caso. A pena para caça ilegal é de seis meses a um ano de prisão ou multa.

O Comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar, Major Afonso Antônio Galvão, afirmou que, de acordo com a lei número 5.197, de 1967, que foi renomeada, modificada e novamente promulgada em 1988 com o nome de Lei de Proteção à Fauna, “Os animais de qualquer espécie, em qualquer fase do seu desenvolvimento e que vivem naturalmente fora do cativeiro constituindo a fauna silvestre, bem como seus ninhos, abrigos e criadouros naturais, são propriedade do Estado, sendo proibida a sua utilização, perseguição, destruição, caça ou apanha”.

Redação e Ascom

Irmão de Ruy Carneiro é servidor da Prefeitura de Campina mas mora em João Pessoa

Depois de chamar o senador Cícero Lucena de “presidiário” através do WhatsApp, o irmão do deputado federal Ruy Carneiro (PSDB), Júnior Belchior, voltou a se envolver em uma nova polêmica nas redes sociais. Desta vez, o imbróglio foi registrado neste final de semana no Facebook, após uma postagem feita por ele criticando a nomeação de uma irmã do governador Ricardo Coutinho (PSB) na Prefeitura de Conde.

Após ironizar a nomeação da irmã do governador, Belchior passou a ser questionado por internautas pelo fato de residir em João Pessoa e ocupar um cargo comissionado na Prefeitura Municipal de Campina Grande. No primeiro momento, o irmão do deputado Ruy Carneiro repudiou a informação, mas acabou confirmando a denúncia, quando viu um dos usuários postando um documento extraído do Sistema de Acompanhamento da Gestão dos Recursos da Sociedade (Sagres) do Tribunal de Contas do Estado (TCE) comprovando que ele ocupa um cargo na Secretaria de Finanças de Campina Grande.
“Pra quem tem um cargo na Prefeitura de Campina e mora em João Pessoa, até que você tem bastante moral para cobrar algo né (não é) amigo Junior Belchior???”, questionou o internauta Nildo Lacerda. “O meu trabalho é feito em JP (João Pessoa) amigo Nildo Lacerda pois é feito dentro de uma empresa contratada pela PMCG (Prefeitura Municipal de Campina Grande) ta (está) vendo vc (você) falando besteira”, retrucou o irmão de Ruy.
“Quer dizer que não trabalha na PMCG? Bem, não é isso que diz o Sagres. (veja o documento logo abaixo)”, comentou Lacerda, ao postar o documento extraído do site do TCE. “Eu disse q (que) trabalho Nildo Lacerda mas numa empresa q (que) faz o serviço da PMCG nas redes sociais e eu tomo conta disso para o prefeito é pq (porque) vcs (vocês) estão em desespero é compreensível”, tentou minimizar Júnior Belchior. “Vou a CG (Campina Grande) toda semana entregar relatórios”, completou. 
“Como diz Cássio (Cunha Lima): ‘As escrituras públicas não mentem!! Ta (está) no Sagres. O que eu vejo é um funcionário da PMCG que mora em JP e recebe por Campina”, insistiu Nildo Lacerda. “Eu trabalho por Campina em JP, pq (porque) a empresa fica em JP será q (que) a inteligência do amigo n (não) chega até aí?”, se defendeu o irmão de Ruy.
Não satisfeito com as respostas de Belchior, o internauta fez outros questionados. “Tudo bem então Junior Belchior. Já que vc (você trabalha nessa Empresa que presta serviços para a PMCG, por que você não recebe da empresa que já recebe para prestar o serviço? Por que que você é lotado na Secretaria de Finanças da PMCG, mas trabalha em uma empresa de Mídias Sociais em João Pessoa??”. “Eu não consigo entender! Ora, se vc (você) trabalha na Empresa de Mídias Sociais, deve receber por ela e não pela PMCG, que já paga a Empresa de Mídias para executar o serviço”, acrescentou Larcerda.
“Fácil amigo Nildo Lacerda quando foi feito o contrato com a empresa se subtraiu do contrato o valor do meu salário pq (porque) eu já recebia pela PMCG e o Prefeito queria uma pessoa da confiança dele lá! Agora lhe digo o meu salário nem perto o da irmã de RC (Ricardo Coutinho) segundo a Prefeita do Conde me disse na convenção do PT do B isso lhe garanto!”, respondeu Júnior Belchior.
Nesse momento do debate, surge um outro internauta, que acusa a Prefeitura de Campina Grande de cometer improbidade administrativa. “Como é, Lacerda Moura????? O cara trabalha numa empresa privada e a Prefeitura de Campina Grande é quem paga o salário??? Onde já se viu uma coisa dessas? Seria um caso de improbidade administrativa???”.
Ameaças
Encurralado pelos questionamentos, o irmão do deputado Ruy Carneiro passou a ameaçar o internauta Nildo Larcerda, a quem chama de amigo. “Agora se vamos continuar nessa toada tenho coisas aqui guardadas q (que) prometi não usar para não descer o nível da campanha até pq (porque) sou amigo de Nildo Lacerda e n (não) vejo necessidade disso mas depende de vcs (vocês)!”, postou Belchior.
“Se essas coisas guardadas, é sobre a minha pessoa. Lhe dou autorização para poder expor tudo aqui e agora”, rebateu Lacerda, que finalizou o debate acusando o deputado Ruy Carneiro da prática de nepotismo. “Agora, o que me espanta é o irmão do autor da Lei de Nepotismo no Estado da Paraíba, fazer Nepotismo Cruzado com a anuência do Prefeito de Campina Grande. Com que cara você pode cobrar algo, se vc (você) mesmo esta todo errado??”
Paraíba Já

AGORA: CANDIDATURA DE LUCÉLIO CARTAXO É DEFERIDA PELO TRE

O TRE e a Receita Federal acabou de divulgar o CNPJ da Candidatura a senador do petista Lucélio Cartaxo . A candidatura foi deferida e já está nas ruas.

O presidente do PT estadual , Charlinho anunciou que irá recorrer na justiça contra a determinação da Nacional do PT em se coligar com o PMDB.

Com o registro das atas no TRE  agora são seis (6) candidatos a governador e senador , os candidatos que tiverem o CNPJ já podem divulgar ser números de campanha.

DEma Macedo

Ricardo Coutinho e Cássio tiraram um fino em Cubati; Vejam

Imagem da internet
Ricardo e Cássio ficam frente a frente pela primeira vez após o rompimento

Cena do encontro dos candidatos ao governo causou frisson e parou público em suspense

Os candidatos a governador Ricardo Coutinho (PSB) e Cássio Cunha Lima (PSDB) estiveram frente a frente, neste final de semana, pela primeira vez, após o rompimento político entre o PSDB e o PSB no mês de fevereiro.

O encontro entre o tucano e o socialista aconteceu durante um evento de MotoCross, na cidade de Cubati, Curimatú paraibano.

De acordo com informações do jornalista Heron Cid, publicada no Jornal Correio da Paraíba, desta segunda-feira (7), os semblantes dos dois políticos mudaram repentinamente, quando se avistaram.

Ricardo e Cássio ficaram muito próximos, a cerca de um metro um do outro. Os presentes teriam parado para observar o que poderia acontecer.

Roberto Targino - MaisPB

São Vicente do Seridó: Motorista em alta velocidade capota carro na PB 177.

São Vicente do Seridó - PB: Por volta de 19h20min deste domingo 06, mais um acidente foi registrado na PB 177, conhecida como Rodovia do Minério, no Sítio Cardeiro, zona sul do município, divisa com Soledade - PB.

Segundo informações apuradas pela reportagem no local do acidente com um dos ocupantes do veículo Pólo, de cor vermelha e placa de Campina Grande - PB, eles estavam indo de Cubati - PB onde aconteceu neste domingo o circuito de motocross, com destino a Campina Grande - PB onde residem.

Nas imediações do km 10, na descida da Serra do Cardeiro, o motorista que estava em alta velocidade, "sobrou" na curva e o veículo capotou, parando a cerca de 20 metros do asfalto.

Apesar de o carro ter ficado bastante destruído, os ocupantes que usavam cinto de segurança na hora do acidente, milagrosamente não tiveram ferimentos graves.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) de São Vicente do Seridó foi acionado, mas apenas um dos passageiros que ia no banco do carona, precisou ser removido pela equipe de socorrista para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, por ter  apresentado dores nas costas.

São Vicente Agora e Paraíba Geral
Fotos: Paraíba Geral

Mãe perde bebê, toma 2 abortivos e descobre estar grávida de gêmeos

A irlandesa Michelle Hui ficou muito abalada ao saber que havia perdido seu bebê na sexta semana de gravidez. Mas, dez dias depois, a alegria voltou ao seu lar, quando um exame detectou um leve batimento cardíaco enquanto ela se preparava para fazer a limpeza do útero. Sem saber, ela estava grávida de gêmeos, e a irmãzinha do bebê abortado estava viva, segundo ela contou à reportagem do jornal britânico "Daily Mail".

Michelle caminhava perto de sua casa no Estado de Kildare, na Irlanda, quando sofreu um aborto espontâneo. Era o dia 19 de julho de 2013. Ela realizaria seu primeiro ultrassom no dia seguinte.

Seguindo orientação médica, ela buscou atendimento em um hospital na capital Dublin. Segundo ela, dois médicos do hospital Rotunda realizaram cinco exames e concluíram que ela não estava mais grávida.

A irlandesa recebeu então duas pílulas abortivas e foi liberada para voltar para casa após ter ficado uma noite internada. "Eu estava arrasada por ter perdido o bebê. Saí com alguns amigos e tomei uma garrafa e meia de vinho. Não sou de beber, mas estava muito triste", conta Michelle.

Os médicos que a atenderam pediram que ela fizesse outro teste de gravidez após dez dias. O exame serviria para indicar se coágulos prejudiciais à sua saúde tinham permanecido no útero. Como deu positivo, Michelle voltou ao hospital para realizar uma curetagem (procedimento cirúrgico para limpeza do útero).

Foi aí que os médicos ouviram o batimento cardíaco que fez renascer as esperanças de Michelle.

"Os dez dias entre o aborto e a minha volta ao hospital foram muito difíceis. Eu estava arrasada. Mas então eu ouvi aquele pequeno coraçãozinho. Pensei que não poderia estar certo. Depois de tudo o que eu tinha passado, era difícil ter esperanças de volta", afirma.

"O médico consultou outro mais experiente, fizeram checagens e me disseram: 'Você não vai acreditar, temos um batimento cardíaco de um bebê no seu útero'", acrescenta. Foi a melhor notícia de sua vida.

A pequena Megan Hui - que, segundo a mãe, significa "forte" - nasceu em 25 de fevereiro deste ano, com 2,721 kg. Ela é a caçula de mais dois irmãos. A bebê está forte e saudável. "Os médicos dizem que foi uma bênção, que nunca viram nada semelhante."

Erro Médico?

Ao mesmo tempo que ficou muito feliz, Michelle diz que sentiu raiva dos médicos por não terem identificado o feto antes, nos exames que fizera após o aborto. "Eles disseram que o sangue e os coágulos produzidos pelo aborto causaram uma espécie de 'sombra', que impediu a identificação da existência do bebê sobrevivente", conta Michelle. Procurado, o hospital não quis se manifestar.

UOL

Ricardo Coutinho e Luciano Cartaxo dão largada para campanha no motocross de Cubati


O candidato à reeleição ao governo da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) e o candidato a senador, Lucélio Cartaxo (PT), deram a largada para a campanha vitoriosa da Coligação A Força do Trabalho, prestigiando a 24ª etapa do Cubati Supercross, tradicional evento do motocross do Nordeste, na tarde deste domingo (6). Ricardo e Lucélio foram recebidos pelo prefeito de Cubati, Dudu Dantas (PMDB), vários prefeitos e lideranças da região do Curimataú e sentiram de perto o carinho do público.

Este ano o evento reuniu nos três dias cerca de 40 mil pessoas que lotaram a cidade estimulados pelas três estradas que foram construídas pelo governo do Estado ligando os municípios de Sossego a Cubati, Nova Floresta a Picuí e Picuí a Carnaúba dos Dantas.

O governador Ricardo Coutinho destacou o sucesso de mais essa etapa do Supercross que só vem crescendo e se profissionalizando sob o comando do prefeito Dudu Dantas e com o apoio do governo do Estado. Ricardo disse que o Estado não poderia deixar de apoiar um evento que reúne pilotos de todo o Norte e Nordeste e visitantes de cidades e estado nordestinos gerando renda no comércio formal e informal e fazendo o dinheiro circular no próprio município. 

"Piso no Curimataú com a certeza de que nenhum governo fez tanto pela região com investimentos em estradas, adutoras,construção de escolas, hospitais e incentivos a mineração. Por isso, ficamos felizes com uma recepção tão calorosa do povo que nos dá a certeza que a Paraíba quer seguir em frente e diz não ao atraso. Gente do trabalho que quer um governo que mostre trabalho",completou.

O candidato a senador, Lucélio Cartaxo, afirmou que inicia a campanha com o pé direito acompanhado o candidato à reeleição Ricardo Coutinho em Cubati e unindo forças progressistas para dar continuidade a este projeto que o povo já entendeu que é o melhor para a Paraíba. "Estamos apresentando um nome novo com novas práticas em benefício dos paraibanos", destacou. 

O prefeito de Cubati, Dudu Dantas, lembrou que o município recebe o governador Ricardo Coutinho e toda a sua comitiva de abraços abertos em retribuição ao trabalho do governo em benefício do municípios com a construção de uma grande escola, da estrada para Sossego e de várias outras que integram os municípios da região.

Dudu afirmou que este é o segundo ano em que o evento, já realizado há 24 anos, se profissionalizou com bandas nacionais, nova pista, mais de 300 pilotos e com o apoio do governo do Estado. "Hoje Cubati é a cidade do motocross no Nordeste e isso importante porque movimenta a economia no comércio formal e informal, restaurantes, hospedagens já que a população triplica nestes três dias de evento".

Blog do Tião Lucena