13 de mar de 2015

"JAMAIS ME ALIARIA A ELE"! : JARBAS MELO FALA SOBRE ALIANÇAS!

Jarbas Melo - Tota Guedes - (Foto Internet)

O Vereador Jarbas Melo, PSD, em entrevista, após a Sessão Ordinária na Casa Egídio Gomes Barreto, confirmou, mais uma vez, suas pretensões políticas para o ano que se aproxima.

Jarbas comentou sobre as filiações de alguns jovens ao seu partido para a disputa ao legislativo nas eleições de 2016. Questionado sobre possíveis alianças, o Vereador foi firme quando falou que: “Jamais” se aliaria ao ex-prefeito, e, atual presidente da FAMUP, Tota Guedes. Em relação ao atual vice-prefeito Alexsandro Buriti e os Vereadores: Guri, Neguinho do Cordeirão e Jr, ele falou que existe sim, essa “possibilidade”. Afinal, são pessoas que tem o seu potencial, apesar de não vê-los com coragem de sair de perto do poder, já que para o vereador, estão presos a ele.

Sobre o Prefeito Roberto, ele falou que não se aliaria a ele neste momento. Jarbas, falou que: “estaria sendo contraditório, além estar derrubando o seu discurso de toda uma vida publica, ao qual, procura ser coerente”. Ele enfatizou que isso não significa que Roberto não mereça o seu apoio ou que ele não mereça o apoio de Roberto, mas, que não seria decente eles estarem no mesmo palanque no ano que se aproxima.

O vereador não quis opinar se a oposição aceitaria Roberto em seu grupo. “as alianças, ainda, estão sendo formadas e não adiantaria está fazendo uma afirmação dessas” ponderou Jarbas.

Lá vem Anderson!

Jarbas, não esconde de ninguém sua pretensão em representar o seu grupo na majoritária, assim como outros nomes,que de forma “tímida”, também não escondem isso. O líder do grupo, o ex-prefeito Tinan, “POSSIVELMENTE”, antes de pensar em apoiar qualquer um daqueles que tenha essa pretensão, deve esta fazendo uma verdadeira busca dentro de casa por alguém que leve o seu sobrenome novamente ao poder. – O Médico? O Dentista? O Sobrinho? Op’s! Parece que o Sobrinho é do amor agora! (rsrs)

Se o professor vai se lançar, ou quem irá apoia, é uma interrogação no momento. Só o que sabemos é que se a OPOSIÇÃO não estiver “UNIDA” dificilmente ela conseguirá conquistar os seus objetivos.

Enquanto isso...

Senhor Vereador! Falaria-me sobre suas pretensões políticas? - Sobre minhas pretensões?  Não, não. Muita coisa pode mudar e não sei se estaremos mais juntos”.

Quem foi, quem foi, quem foi? (rsrs)


Por Anderson Eliziário