17 de ago de 2015

Anderson Eliziário: Ex-Prefeito Tinan Porto diz: “Eu e os eleitores de Jerry nos sentimos traídos”.

Jerry - TInan 

Depois de anunciar quê: Filho do ex-prefeito Tinan será candidato nas eleições de 2016, volto a falar dos candidatos da família do principal nome da oposição em solo lavradense.
Quem não se lembra da eleição de 2012, quando o ex-prefeito Tinan subiu em palanque acompanhado do sobrinho Jerry Porto (PSD)? Pois é! Jerry Porto foi o que gostamos de falar: “o candidato da família”. Jerry obteve 209 votos e conquistou a suplência na sua primeira disputa a um cargo publico. Entretanto, as conquistas parecem não ter sido o suficiente para mantê-lo no grupo que, atualmente, é liderado pelo seu tio.

Lembro-me como se fosse ontem à noite, a campanha para o Governo do nosso Estado, quando Jerry ao lado do ex-prefeito Tota Guedes, que, “ATUALMENTE”, é rival político do seu tio Tinan, estavam em cima de um palanque pedindo votos para Ricardo Coutinho e Buba Germano. O que aconteceu para Jerry ter abandonado o projeto político do seu tio e, em breve, se filiar ao DEM, ao qual já se tem como certo quê Tota Guedes será o presidente, é o que Jerry ainda vai explicar aos seus eleitores e meus leitores.

Jerry não confirma a candidatura, mas, declara que a convite do Prefeito Roberto e do Ex-Prefeito Tota vai se filiar ao DEM. A sua candidatura ainda está sendo analisada. Mas, o que pensa Tinan sobre esse posicionamento do sobrinho e ex-companheiro de grupo?

Confira o que me respondeu quando questionado sobre essa e outras questões.


Anderson: O que pensa sobre Jerry abandonar seu grupo político e ir para o grupo de situação?

Tinan: Confesso que fiquei surpreso com a decisão dele, pois até então, Jerry não agia com clareza e transparência, tanto que tomei conhecimento da sua decisão por terceiros, pois nunca tivemos uma conversa sobre sua opção por outro grupo político, principalmente por um grupo que tentou derrota-lo na eleição. Além disso, eu e os eleitores de Jerry nos sentimos traídos, pois achávamos que ele fazia parte da oposição lavradense, no entanto, já planejava aliar-se aos adversários. Por fim, sempre fiz política respeitando o contraditório e as opções de cada um, até mesmo dentro da família, mas tenho a convicção de que o caminho traçado por ele dentro do cenário político será curto.

Anderson: Como enxergar ter hoje vários nomes dentro do seu grupo querendo ser o candidato na majoritária, teme que esses conflitos “internos” possa atrapalhar o objetivo das oposições?

Tinan: Eu nunca deixei o meu nome como imposição, digo sempre que se tiver um nome mais forte que o meu para ganhar as eleições, tenho humildade para apoiar àquele que se apresentar mais preparado em conhecimentos e propostas. É muito bom para as oposições ter bons nomes, demonstra que estamos fortes e com condições de ganhar as eleições, tanto nas eleições majoritárias quanto nas proporcionais. Acredito que a pluralidade de nomes não atrapalha, pois a Democracia é forte dentro das oposições, respeitamos todos que colocam o seu nome à disposição para ir ao enfretamento com a situação. Deixo claro que a minha pré-candidatura é referendada pelos vários mandatos que exerci como gestor desse município, considerando as obra que realizei em benefício da comunidade lavradense. Entretanto, só definiremos o candidato no momento certo.

Anderson: E finalmente, como recebeu a notícia da candidatura de Gilbran, e porque nunca ouvimos menção ao seu nome?

Tinan: Meus filhos são jovens talentosos que amam Pedra Lavrada. Nunca quis nem incentivei que os meus filhos entrassem na vida Pública, pois eu sei o quanto é duro e árduo enfrentar uma campanha, principalmente quando se enfrenta adversários inescrupulosos, que deixam o debate das ideias e partem para o ataque pessoal. Sempre conversamos a respeito de política e principalmente da situação que Pedra Lavrada se encontra hoje. Gilbran coloca o seu nome como pré-candidato a vereador e eu respeito a decisão dele. Lembro-me que em 1988, cheguei à casa do meu Pai e falei que iria sair candidato a Prefeito de Pedra Lavrada, naquele momento o meu pai pediu e insistiu que eu não fosse candidato, mas o amor pela minha terra e a vocação política falou mais alto. E meu pai me disse: “Vá, faça a sua vontade e dê o seu melhor”, e são essas as palavras que eu digo ao meu filho Gilbran: “Vá, faça a sua vontade e dê o seu melhor”.

Lá vem Anderson!

Sabe, às vezes, eu sinto que Jerry gostaria que tudo ficasse bem entre Tinan e Tota. Mas, isso não vai acontecer, ao menos agora não. Politicamente falando, Tinan e Tota são ótimos políticos e sabem que uma união agora iria provocar desordem em ambos os lados. Os do grupo do ex-prefeito Tota não aceitariam, e os do lado de Tinan então… Faltou muito pouco para que Jerry tivesse sua cadeira na Casa Egídio Gomes Barreto. Acredito que essa mudança de grupo vai pesar muito, caso ele venha disputar a eleição de 2016. Vamos aguardar o anuncio!

Repararam que eu falei: “Grupo do ex-prefeito Tota?” Algumas pessoas vão falar que isso é “coisa da minha cabeça”. Mas, dentro do grupo de situação existe o grupo do ex-prefeito Tota. Alguns desse grupo são responsáveis por estarem “criticando a ferro e fogo a administração do Prefeito Roberto José Vasconcelos Cordeiro”! E se caso você tiver alguma duvida, basta perguntar á… (rsrs) Mas, calma! A Relação entre Roberto e Tota é tranquila. Até aqui, tudo bem. Por que Tota iria entra em conflito com Roberto agora????????

Por falar em conflito, houve comemoração de aniversário esse final de semana. A mesa estava cheia, mas, por algum motivo, o Vice-Prefeito Alexsandro Buriti e o suplente a Vereador Droguinha discutiram. Não sei o motivo da discussão. Alexsandro classificou como: “Nada de mais, apenas um mal entendido. Mas, já superado.” Como eu falei: Está tudo ocorrendo na maior paz! Todos de mãos dadas esperando as eleições. (rsrs)

Preciso comentar o posicionamento de Tinan. Tinan tem personalidade forte e é reconhecido também por essa característica. Se Jarbas Melo, Cirilo Neto ou outro nome quiser mesmo ocupar a posição de líder tão sonhada dentro do grupo, terão que aprender com o professor a como se mostrar forte para disputar uma eleição dentro e fora do partido.

Já ia me esquecendo!

- Anderson, ele é uma pessoa que quer ter VANTAGEM em tudo! Ele está queimado dentro e fora do grupo.


Anderson Eliziário